Na casa do Augusto



Cheguei à casa do Rafa, fingindo não saber que só seu Augusto estava lá, ele me recebeu muito
bem, convidou-me a entrar, fomos à cozinha tomamos café, e ele falou que já sentia saudades da
minha presença se seria recíproco isso, eu sorri e falei que já tinha pensado nisso varias
vezes mas achei que todos estariam lá e não seria legal. Você esta certo garoto, com eles por
aqui não poderíamos transar a vontade e seu cuzinho é muito fogoso merece levar muita rola e
acho que você veio no dia certo estou sozinho ate a noite. Sorri e ele entendeu que o caminho
estava aberto para uma verdadeira farra de rola, ele convidou-me para tomarmos banho e lá fomos
nos ao banheiro onde começamos os amasso, ele não se contentava em ver minha bundinha, passava
a mão e apertava-a, modéstia a parte é muito bonitinha e redondinha mesmo. Ao voltarmos à sala,
perguntou-me se eu tinha algum desejo, então lhe contei que sonhava um dia ficar a vontade com
uma bela rola igual à dele ate beber seu caldinho, ele mais do que depressa, sentou-se no sofá,
abriu bem as pernas, colocou os braços em cima das costas do sofá e falou - é todo teu meu
garoto fique a vontade- ao ver aquela verga dura em minha frente, e poder sugá-la à vontade
senti ate um calafrio e fui logo ficando de joelhos e comecei a enfiar a cara e a boca naquele
saco gostoso e chupei-lhe os grãos, comecei a subir lambendo e cheguei ao topo da vara. Ele nada
falava, só observava a minha gula e se retorcia, levantava de leve a bunda do sofá, demonstrando
estar muito excitado, fruto do trabalho feito pela boca gulosa que descia lentamente engolindo a
vara toda e quando ela já estava totalmente agasalhada, a língua fazia seu trabalho, rodopiando
o saco, pressionando os grãos e subia de novo ate o ponto mais alto onde a língua outra vez
percorria os arredores da cabeçuda, deixando-a completamente vermelha de tanta excitação. Esse
vai e vem durou alguns minutos e logo percebi pela respiração ofegante do meu servido que algo
estaria para acontecer e foi nessa hora que ele encheu minha boca de leitinho, que bebi e o
restante comecei a esfregar no rosto, no peito e na barriga. O que ainda saia eu fui sugando e
bebendo ate deixá-lo completamente limpo. Era um desejo antigo que eu alimentava ficar
completamente lambuzado por que seu cheiro me faz ficar mais excitado do que já fico.
Adorei a experiência e o lambuzei também, enfiei meu rosto no meio de suas pernas e lambendo
todo aquele belo conjunto de saco, grãos e pau, fomos nos lavar e voltamos para a sala. Essa é a
diferença entre um parceiro novo e um com mais idade, se fosse um jovem, não daria tempo nem de
sair do banheiro já teria me comido lá mesmo sem qualquer preparação ou paciência e sem cautela,
o de mais idade já vai com mais calma e prepara bem sua presa, deixa-a mais carente e depois
oferece o que ela ansiosamente procura. Eu estava feliz por ter realizado o meu desejo, mas,
agora eu teria que realizar os seus - Bem agora começa os meus desejos, falou e eu consenti com
a cabeça quero comer sua bunda aqui no sofá, deite aqui, e colocou-me deitado com a barriga nas
costas do sofá e a cabeça ficou no assento, minha bunda ficou direcionada para cima, meus pés
quase nem apoiavam no chão, ele abriu bem minhas pernas, lascou gel no rabinho e na ponta da vara e encostou a cabecinha bem na porta de entrada, esfregou varias vezes na portinha e no rego abriu minhas nadegas com as mãos e depois foi empurrando e a bichinha deslizou cu adentro. Eu nunca tinha feito sexo nessa posição, onde só o ativo tem acesso a tudo, você acaba ficando a mercê do pau sem poder oferecer qualquer resistência. Foi fenomenal a posição, adorei, por que não fica absolutamente nada para fora entra tudo, tudo mesmo, uma delicia. Tudo atolado, bombava pausadamente tirando o maximo prazer do meu cuzinho, quando puxava o pau, apertava minhas nadegas e quando empurrava, abria minhas nadegas ao extremo para poder ver a vara deslizando e sumindo cu adentro a medida que sua excitação aumentava, os movimentos tornavam-se mais rápidos, de repente puxa-me, fico em pé na sua frente com a vara no rabo e rebolando sem parar,ele me abraça me aperta e começa a morder e chupar meu pescoço minha orelha, a falar besteira em meu ouvido, vai descendo as mãos pelo meu corpo ate chegar ao meu pau, segura, aperta e começa a massageá-lo. Sinto que seu pau aumenta de tamanho dentro de mim, começo a morde-lo com o meu cuzinho e logo recebo jatos de leite quente que acabam escorrendo pelas pernas. Ele continua a apertar minha vara que começa a dar sinais de vida e quanto mais ela endurece mais ele a massageia chegando a deixá-la dolorida de dura. Minha bunda toda melada, leite escorrendo perna abaixo, seu pau mole esfregando-se em meu reguinho ele falando no meu ouvido que quer sentir o prazer de minha vara e vira-se para mim oferecendo sua bunda. Forço-o a ficar de quatro encostado no sofá, passo gel no seu rego e começo uma massagem com os dedos que o faz delirar e suplicar a entrada da vara. Depois de uma boa sessão de dedos, aponto a ferramenta e ele alucinado força seu trazeiro no meu pau que entra rasgando suas pregas e ele fica paralisado sentindo nas profundezas do rabo o pulsar da minha vara. Começo a bombar devagar, com calma e à medida que ele vai se acostumando eu aumento o ritmo levando-o ao extremo prazer. Ele urra de dor e prazer ao mesmo tempo e eu despejo meu caldinho no fundo do seu buraquinho, ele espera as ultimas ejaculações, se volta para mim, me abraça e carrega-me ate o banheiro onde fomos nos lavar novamente. Ele esta radiante por ter experimentado minha vara e fala que de agora em diante sabe o que é bom e vai querer sempre, que eu o satisfaça dando-lhe o caldo quente. Ficamos um pouco conversando sentados no sofá e logo começamos novamente a mexer em nossas ferramentas e lá vai seu Augusto deliciar-se na minha vara chupetando-a, virei-me e fizemos um excelente 69 bebi e lambuzei-me todo novamente fiquei com o cheiro intimo daquele macho que logo se abasteceu do meu cuzinho de novo. Fomos ate o canto da sala onde há uma escrivaninha com tampo forrado de fórmica branca, forrou a mesa com um feltro e pediu que eu deitasse, deixando a bundinha uns trinta centímetros para dentro, encostou-se na mesa colocou o pau lambuzado com gel na borda da escrivaninha, ergueu minhas pernas colocando-as em seus ombros e puxou-me, escorreguei de costas pela mesa e meu cuzinho foi em direção de sua vara ele a encostou na portinha e puxou-me, meu cuzinho a engoliu todinha, empurrou-me de volta e lá fui eu ate o meio da mesa e assim nesse vai e vem eu engolia sua vara por inteiro, era o túnel que vinha de encontro à ferramenta. Depois de algumas brincadeiras fomos para a sala, deitei de costas no tapete ele colocou-me de frango assado e meteu a vara ate sentir o saco ser espremido em minha bunda, gozou em cima de minha barriga e ele mesmo espalhou o leite por todo o meu corpo, pelo meu rosto e ainda lambi seus dedos.Ficamos deitados por um tempo, nos banhamos e fui embora prometendo e já sentindo vontade de voltar, depois eu conto mais.


                                


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


536 - Iniciação - Categoria: Gays - Votos: 37
537 - Meu amigo Rafael - Categoria: Gays - Votos: 18
538 - O substituto do Rafa - Categoria: Gays - Votos: 18
539 - Pai do Rafael - Categoria: Gays - Votos: 18
546 - Adolescente - Categoria: Gays - Votos: 63
547 - Voltando a ser feliz - Categoria: Gays - Votos: 9
9020 - Voltando a ser feliz 2 - Categoria: Gays - Votos: 9
9021 - Reparos no forninho - Categoria: Gays - Votos: 2
9247 - minha irmã caçula - Categoria: Incesto - Votos: 9
9248 - Confirmação - Categoria: Incesto - Votos: 4
9879 - O flagra da mamae - Categoria: Gays - Votos: 7
9881 - Mutirão no sitio - Continuação - Categoria: Gays - Votos: 10
9882 - 1ª viagem - 1ª noite - Categoria: Gays - Votos: 10
9883 - Saida da oficina - Categoria: Gays - Votos: 5
9884 - Na oficina - Categoria: Gays - Votos: 10
9887 - O sonho - Categoria: Gays - Votos: 3
9888 - A revisão - Categoria: Gays - Votos: 6
9889 - No motel - Categoria: Gays - Votos: 5
9890 - Novo emprego - Categoria: Gays - Votos: 4
9891 - Iniciado - Categoria: Gays - Votos: 5
9892 - Passei apertado - Categoria: Gays - Votos: 6
9893 - Esperando para carregar - Categoria: Gays - Votos: 9
9895 - Nosso grupo - Categoria: Gays - Votos: 5
9902 - Mutirão no sitio - Categoria: Gays - Votos: 14
9921 - Extras no domingo - Categoria: Gays - Votos: 6
9992 - Substituindo o titular - Categoria: Gays - Votos: 2
9993 - De ferias na praia - Categoria: Gays - Votos: 5
9994 - De ferias na praia - Cont. - Categoria: Gays - Votos: 2
9995 - NA PRAIA uma semana - Categoria: Gays - Votos: 3
9996 - Praia a três - Categoria: Gays - Votos: 3
9998 - Aconteceu por acaso - Categoria: Gays - Votos: 4
9999 - Aconteceu de novo - Categoria: Gays - Votos: 2
10000 - Mais uma vez - Categoria: Gays - Votos: 4
10001 - Viagem doida - Categoria: Gays - Votos: 5
10002 - Vinte dias depois - Categoria: Gays - Votos: 4
10003 - Assim foi o começo - Categoria: Gays - Votos: 4
10004 - Pesqueiro sem peixe - Categoria: Gays - Votos: 7
10005 - Robson do pesqueiro - Categoria: Gays - Votos: 7
10006 - Olha o que aconteceu - Categoria: Gays - Votos: 3
10007 - Olha o que aconteceu 2 - Categoria: Gays - Votos: 3
10008 - Carro quebrado - Categoria: Gays - Votos: 3
10009 - 1ª viagem - 2ª noite na fazenda - Categoria: Gays - Votos: 7
10010 - 1ª viagem - 4ª noite No posto - Categoria: Gays - Votos: 9
10012 - Filha da visinha. - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
10013 - A filha da visinha - cont. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
10014 - Continuando o trabalho - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
10015 - Aventuras de Rosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
10016 - Rita, Ritinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
10067 - O sócio - Categoria: Gays - Votos: 4
10091 - Primeiro domingo com os socios - Categoria: Gays - Votos: 3
10092 - Depois da Confirmação - Categoria: Gays - Votos: 0
10111 - Assistencia tecnica - Categoria: Gays - Votos: 2
10112 - semana legal - Categoria: Gays - Votos: 4
10124 - A volta do Juca - Categoria: Gays - Votos: 1
10136 - Encarando os fatos - Categoria: Gays - Votos: 0
10146 - 1ª viagem-3ª noite - Categoria: Gays - Votos: 7
10255 - Quebrando o combinado - Categoria: Gays - Votos: 0
10256 - amigo Barros - Categoria: Gays - Votos: 0
10266 - Futuro cunhado - Categoria: Gays - Votos: 4
10267 - Futuro cunhado 2 - Categoria: Gays - Votos: 4
10269 - Quebrando o combinado 2 - Categoria: Gays - Votos: 2
10274 - Barros e o Padre - Categoria: Gays - Votos: 4
10357 - O retorno - Categoria: Gays - Votos: 1
10390 - Outra viagem do Nosso grupo - Categoria: Gays - Votos: 4
10422 - Final de expediente - Categoria: Gays - Votos: 4
10423 - Cobrindo as ferias - Categoria: Gays - Votos: 2
10452 - Novo professor - Categoria: Gays - Votos: 4
10486 - A primeira vez com o lolão - Categoria: Gays - Votos: 8
10487 - Acompanhando Lourival - Categoria: Gays - Votos: 8
10564 - Futuro cunhado 3 - Categoria: Gays - Votos: 3
10589 - Por causa do lolão - Categoria: Gays - Votos: 4
10619 - A historia do Lori - Categoria: Gays - Votos: 5
10819 - Papai e eu no curral - Categoria: Gays - Votos: 23
10841 - Novo professor parte 2 - Categoria: Gays - Votos: 2
10842 - No curral a revelação - Categoria: Gays - Votos: 7
10843 - No curral A provocação - Categoria: Gays - Votos: 4
10943 - A volta do Lori e da escola - Categoria: Gays - Votos: 1
10945 - O buraco da minhoca - Categoria: Gays - Votos: 9
11225 - Feliz de novo - Categoria: Gays - Votos: 2
11226 - Feriadão prolongado - Categoria: Gays - Votos: 2
11234 - Segunda viagem com Lori - Categoria: Gays - Votos: 4
11249 - Quase mecânico - Categoria: Gays - Votos: 1
11272 - Pega, pega... - Categoria: Gays - Votos: 3
11365 - Idade crítica - Categoria: Gays - Votos: 9
11689 - O segundo patrão - Categoria: Gays - Votos: 2
11711 - Aconteceu fazer o que - Categoria: Gays - Votos: 4
11712 - Aconteceu na biblioteca - Categoria: Gays - Votos: 2
11787 - Na rolateca - Categoria: Gays - Votos: 2
11829 - O Pequeno, grande. - Categoria: Gays - Votos: 6
11830 - A volta do Pequeno, grande - Categoria: Gays - Votos: 3
12163 - No escritório do Pequeno. - Categoria: Gays - Votos: 3
12164 - O caseiro do Pequeno - Categoria: Gays - Votos: 6
12165 - Fazendo um dique - Categoria: Gays - Votos: 2
12166 - A falta do caseiro - Categoria: Gays - Votos: 5
12173 - Certa vez... - Categoria: Gays - Votos: 3
12251 - O Susto - Categoria: Gays - Votos: 4
12252 - Por causa da mala - Categoria: Gays - Votos: 5
12735 - Virei caseiro - Categoria: Gays - Votos: 4
12825 - Bairro novo - Categoria: Gays - Votos: 5
12826 - MAMAE TEVE QUE VIAJAR - Categoria: Gays - Votos: 10
13078 - No quartinho - Categoria: Gays - Votos: 7
13079 - Nossas andanças - Categoria: Gays - Votos: 4
14209 - Outro fim de semana - Categoria: Gays - Votos: 4
14240 - A terrível primeira vez - Categoria: Gays - Votos: 7
14251 - Tá nervoso vai pescar. - Categoria: Gays - Votos: 2
14408 - Viagem com titio - Categoria: Gays - Votos: 6
17498 - A volta do pedreiro - Categoria: Gays - Votos: 5
17611 - Mais um dia... - Categoria: Gays - Votos: 1
18070 - A reforma do banheiro - Categoria: Gays - Votos: 13
19475 - Periodo de Coroinha - Categoria: Gays - Votos: 9
19599 - Fora da rotina - Categoria: Gays - Votos: 5
35485 - O enorme do Pqueno - Categoria: Gays - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico deuarosa

Nome do conto:
Na casa do Augusto

Codigo do conto:
10093

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
31/07/2010

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos FuiComidaPeloMeu pastorcontos eróticos lesbicos colando os velcrosconto primera vez submisso do negaocontoerotico esposa e o mulequeconto pornoconto eeotico esposa realizadaconto erotico.mao.amiga heterosconto erotico negao 20117filha e as amigas na praia conto eroticocontos real picantes com fotos de mae fihocontos eroticos insestu com viuva gostosa dormindoporno mulher pega punheta e fode em homem esguiocontos eroticos sentei no fuzilcontos erotico chantagiei e depilei minha sograMamei varios paus contoHistorias eroticas de meninas pequenas perversas quadrinhoscontos erotico comtarado"[email protected]"comeram minha mulher na festa conto esposa tentou resistir mas entrou buceta cornohq porno irmãosconto minha esposa e o amantecontos minha mulher mim traiu na lua de meu eu vi ela nao sabseduzida por uma novinha em contagem contos eroticoscontos de como de homem virei putaconto insesto ferias com mae e tiacontoseroticos cacetudos dos amigos enrabando a mulher do cornos no churasco ate as bolasquadrinho MEUS 2 MACHOS sobrinho coemdo titiaporno casada de saia humilhando o corno no onibus lotadomarinheiro parrudosContos de sexo anal pai tira o cabasor da filha em segredo fotoscontos eroticos bixanoconto erotico de neta sendo castigado pelo avo taradoay papi volume 17 parte 3conto incesto filho comendo mãe pela primeira vezContos eroticos de moleques de treze anos emos dando bunda para amigos em casacontos eroticos kasalpaulistacoroa hostosa contos eroticosjulia chupeteiracontos eróticos patraoContinuço do conto erotico fui fuder o cu virgem d minh filh no motelComto erotico meu finlo me viu batendo ciriricagrávida do amante contocontos heroticos gays, dormindo na mesma cama que o primorelatos e contos de loira que trai publicacao revista privateconto erotico mae bate uma punheta pra mimcontos eroticos traindo marido no festacomendo nerdisinha contosfotos de dibujos atrevidosA minha esposa mim traiu e eu castiguei ela contos eroticoscontos eroticos comendo sua madrasta gostosaquadrinho erotico entao negra e mulata dando o cuconto erótico gay ubersexo casal chifre puta esposabuceta com buceta grudadinha gozando bem gostosos imagem lesbiscas conto erotico buceta da namorada slconto comendo a filha da vizinha no onibos perto da mae delacunhada toda sertinha mas nao aguentou ver o pal duro do cunhado e pede pra xupacontos o encanador pica ggcontos eróticos patraoconto erotico-tomei 3vezes no cu de saiaajudando minha filha contos incestocontoseroticos minha mulher de o cuzinho para o capataz roludoConto erotico maridinho e meu microshortinhoas novinhas brancas filunhas de papai sexocontos o cuzinho por dinheirocontos eróticos delícia ver outro homem fuder minha esposaporno com corno humilhadoConto erotico meu marido mi comeu na ruacontos eroticos reaisse engasgou com agosadafodendo novinha gostosacontos eroticos a garotinha no clubeContos erotico esposa ouvindo a cunhada chorando na pica do marido arrombador