Primeira vez em um cinema pornô de Manaus



Oi pessoal, primeira vez como escritor mas acompanho todo dia os contos escritos no site. Espero repassar através da escrita, tudo aquilo que me aconteceu.
Eu sou de Manaus e atualmente tenho 27 anos. Vou iniciar pela minha primeira vez no cinema pornô.
Tinha um amigo que fiz na época do curso de inglês, eu tinha 17 anos e ele 23, falávamos de tudo no finado MSN, dentre uma conversa e outra, lendo uma notícia que o cinemao o mais antigo iria fechar, mandei o link pra ele e depois de muito tempo ele me responde: pô cara, vai fechar e a gente nunca foi, aliais nem sabia que tinha, deve ser legal né? Deve ter um monte de sala com o pornozao Rolando. Disse ele meio que zoando.
Eu logo disse que se ele topasse ir eu iria com ele de boa. Qualquer coisa se chegasse alguém ele me defendia e vice e versa. O tempo passou eu já tinha esquecido e ele me diz: ei mano quando a gente vai lá naquela parada?.
- que parada rapaz?. Eu disse pq realmente não lembrava.
- a parada do filme pornô, pra gente conhecer e se rolar ver como funciona, só pra dizer que a gente foi.
Eu disse que tava de boa, que iríamos.
Ele como havia dito tinha 23 anos, branco 1,87 era todo torneado, lábios grosso, já era um homem formado, ao contrário dele eu era magro 75kg, 1,80 moreno claro, eu era mirrado na frente dele. Voltando ao assunto, marcamos de nos encontrarmos no centro da cidade para irmos ao cinema, caminhamos um pouco pra chegar lá, um lugar bem discreto, que um desavisado que passar por alí não vai perceber que é um cinema adulto. Entramos pagamos nossas entradas e a recepcionista dá uma camisinha pra cada um, nos olhamos e rimos. Até aí tudo bem. Adetramos no local e de entrada tinha um barzinho tocando música ambiente, o local tava todo em meia luz, as pessoas se viam mas não claramente, depois que nossos olhos se acostumaram com o local vimos a suposta sala onde passava filme. Entramos e tudo muito escuro o que clareava era a tela enorme como de cinema mesmo. Ficamos parados um colado no outro esperando nossa vista acostumar. Logo vimos as cadeiras e sentamos, ficamos analisando o movimento, vendo as pessoas. Não estava lotado, por se tratar de um dia de semana, mas tinha gente bastante pra dar movimento no lugar. Teve uma hora que eu vi um cara meia idade, charmoso até, tava de social, acredito que tava resolvendo as coisas pelo centro e resolveu aliviar, o coroa tava danado socando uma bronha enquanto rolava o filme de uma loira sentando na rola de um negao, logo chega um rapaz bem mais jovem que o coroa e senta do lado dele, sem cerimônia alguma o rapaz pega no pau do tiozão, bate uma e depois cai de boca e lhe oferece uma Sra mamada, o coroa levantou a cabeça e ficou olhando pra cima enquanto jovem se empenhava na mamada, o coroa esperto que foi, meteu a mão na cabeça do carinha, naquele momento vinha porra e ia ser na boca do cara. O coroa deu uma urrada anunciando seu gozo..o menino levantou e foi embora, provavelmente se lavar. Depois dessa cena de pornô ao vivo eu olhei pro meu colega e ele me olhou e rimos, discretamente olhei pra sua calça e vi que ele tá excitado, eu não pude negar que me excitei também. Conversamos bem baixinho um no ouvido do outro, eu pude sentir sua respiração de perto, aquilo me excitava. Em certo momento, vimos que era um entra em sai de homens de todas as idades e classes sociais, saiam de dentro de uma porta que ficava de baixo do telão de onde passava o filme, decidimos ir lá pra conhecer, entramos e tava tudo muito escuro, depois descobri que era chamado de "darkroom" famoso lugar onde ninguém é de ninguém rs. Estamos lá um grudado no outro, o combinado era não desgrudar mesmo pra não sumir nos pertences. Nisso eu encosto nele, ele fala algo sem nexo do tipo: tá escuro aqui, não dá pra ver nada, fica colado em mim. Isso ele de frente pra mim falando no meu ouvido e me pegando pela cintura. Teve uma hora que ele veio falar comigo e "sem querer" me deu um beijo, como se fosse falar em meu ouvido mas mirou minha boca. A gente tava tão colado que eu senti a excitação dele e que volume gente, era volumosa eu senti sua rola na calça, fiquei excitado. Eu fui esfregando minha mão sem querer no pau dele sob a calça. Fomos mais a dentro do lugar e certo momento alguém ficou passando a mão na gente depois tinha mais duas mãos, tinham pessoas próximas, nessa apalpação meio que ficou liberado rs, ele pegou no meu pau e me deu um beijo eu retribui e peguei no pau dele e dei um beijo. Tive a brilhante ideia de abrir o zíper dele e depois desabotoei a calça. Peguei na rola dele, rola pesada e grossa, olha que eu tenho a mão grande, eu pude sentir o pau pulsar na minha mao, era macio, quente e veiudo. Fiquei masturbando ele e beijando, tava tudo muito gostoso, logo ele fez o mesmo e me masturbou, pra minha surpresa ele se ajoelha e começa a fazer um oral em mim, cara pense numa boca gostosa, ele usava os lábios grossos que deixava o boquete macio, levantei ele e dei um beijo na boca e ajoelhei também pra retribuir o presente, desci e senti o cheiro de rola de macho com cheiro de sabonete misturado com o cheiro de rola natural, sabe?! Cheguei perto da rola que melou meu lábio com a babinha, lambi a babinha e comecei a mamar sua rola, fiquei lá por um generoso tempo, ele fazia carinho na minha cabeça enquanto o mamava e fazia movimento de vai e vem bem rápido, o intuito era dá prazer a ele. Ele me levantou e disse pra em meu ouvido que tava muito bom mas se continuasse assim ele iria gozar. Pensei comigo mesmo, porra eu ia tomar a porra dele, seria minha primeira vez de tomar porra. Ficamos nos beijando e nos masturbando depois vimos que tinha mãos que não eram nem minha e nem dele. Deixamos rolar, nos beijávamos enquanto as mãos nos masturbavam. Eu notei que uma pessoa se ajoelhou e pelo que eu entendi tava mamando ele. Ele não parava de me beijar enquanto era mamado, outra pessoa também começou a me mamar. Tava muito bom, ser beijado por ele e ser mamado por outro, uma hora eu me espantei pois uma rola mirou meu cu, me assustei e deixei rolar, era mais um desconhecido que estava tentando meter no meu cu enquanto eu era mamado. Quando vi o cara estava línguando meu rabo, pense numa línguada boa. Foi muito bom. Meu amigo viu que tínhamos perdido o controle na situação e falou no meu ouvido: vamos sair daqui, tem muita gente. Fomos pra um lugar mais reservado e continuamos nós dois. Estávamos com muito tesão, masturbei ele verozmente e ele urrou me beijando enquanto gozada. Eu com o tesão do momento gozei também me masturbando e beijando ele na boca de língua. Ofegantes nos arrumamos e saimos do darkroom rumo a sala de cinema. Demos um tempo e fomos rumo a saída do local, mas que de pressa nos distanciamos e. Cada um foi pra sua casa.
Bom gente, espero que tenham gostado. Tenho bastante história pra contar!

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario andersonbra69

andersonbra69 Comentou em 03/12/2018

Algum amiguinho para fazermos igual no Cine República

foto perfil usuario cipriano

cipriano Comentou em 24/11/2018

Onde tem cinema por no em manaus

foto perfil usuario chup

chup Comentou em 24/11/2018

Tesão de Conto cara .você escreve de um jeito que da a impressão de estar aí na cena quase gozei. Conte mais por favor parabéns votado

foto perfil usuario rickboxer

rickboxer Comentou em 24/11/2018

Muito bom seu relato! Nos conte mais, visita o lá o meu perfil e veja os meus contos tb

foto perfil usuario greenkid24

greenkid24 Comentou em 24/11/2018

Voce conta as coisas de um jeito gostoso. O detalhe da mistura de cheiro de sabonete com cheiro natural da rola foi muito legal...Conte mais.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


128299 - Um Uber diferente - Categoria: Gays - Votos: 32
128329 - Caçando Pokémon MAO - Categoria: Gays - Votos: 20
134547 - Corridão com metida - Categoria: Gays - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico boyam

Nome do conto:
Primeira vez em um cinema pornô de Manaus

Codigo do conto:
128277

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
23/11/2018

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto mae pelada p o filhoQuadrinhos porno a semama do saco cheioconto erotico foda em familiaEu corno esposa bunduda namarra contosreencontrando uma paixão conto erótico gayTransando com o pai do meu namorado contofotocu da prima conto eroticocontos eróticos na crecheputinha de dois irmaos contoscontos gay tomei porra dormindoContos eroticos mae me ensinou a chupar meu padrastoMinha mãe nua contosvídeo foi levar presente de Natal para a sobrinha e acabou fodendocomix porno madre e hijo teniendo sexo 2contos eróticos novinho roludo judiou de mim contos gay se doer eu tiroConto porno desdi pequena pai e mae me comeputo tira a roupa da prima e ela acordaconto minha mulher eu o negãocontos eroticos gay dando para desconhecidocontos gay o colega do colegio me chamou para sua casafilhocomepornoMinha mulher gostosa e seus vestidinhos curtinhos no barcorno limpa porra de vários negros roludos na buceta de sua puta na baladacontos de filhos espiando a maedando o cucontos eroticos fudi tanto a buceta da esposa do meu irmao que ela engravidoucontos eroticos novinha dando cu chingadocontos de tia que criou sobrinho e deu banhofudeno meu primo geyavos cuzudas fotosေအာစာအုပ္vidio porno xvidio de menina de chortinho curto indo fazer sexoAi que delicia me fode gostoso mais forte mete tudo conto eroticocontos eroticos minha esposa deu a forçacontoseroticosincesto2017sexo com Anao super dotadoconto verdade transei cm minha irma n fazendacasada paga alugueo atrasado conto pornivideo porno meu sogro que delícia de machocontos eróticos ceram minha esposa na baladaMenininhas sapecas en contos reais acontecidos em 2012 gratisamiga chupando amiga contodesenho porno comendo o cuContos eroticosSogragostosa transandoconto bunda gigante carnudamete na mamae conto eroticoporno em quadrinhos escrava sexual do padrastoContos dupla vaginal pirocudoscontodevaginaperdi as preguinhas do cu quando era pequenaultimos contos sadocontos fudendo minha tia tatuada gostosagostosas chupando na praia contos eróticosPorno contos familhas incestuosas boquinas e maozinhas das suas meninas delicia dos paisContos eroticos com fotos de podolatria com a professoraConto erotico quente e dtalhado masoquismopeguei sheilinha no carromeu padrasto e seus amigos me fodem contos eroticoscontos transex fudendo com entregador de pizzacontos eroticos novos com fotos meu cunhado roludo me fodeu meu marido dormiaminha primeira broderagem conto heroticoConto erótico uberconto de mulher casada com duas pica ao mesmo tempo na bucetaconto porno da casada enrabada por cacete de 30cmminha mae me amara para meu pai me comer a bucetaconto erótico corno gaycontos eróticos garota programaeu minha esposa e uma puta contomarianaxvidioconto erotico fudendo a ninfeta a noite pegando estrupando ela ate desmaiacostume de comer parente conto eroticavelha com novinho menor contos eróticosconto erotico freira veronicacontoeroticodfFui comida igual a uma puta contoconto erotico gozada na bucetacontos eróticos viajou comigo comi ele gaymulheres casadas com picudos/contos com fotosgosadas inmensa espixadas