A Excursão 7



No sitio, Sabrina pegou sua mochila e foi uma das primeiras a entrar no ônibus. A turma se apressara em retornar com medo de que o tempo voltasse a piorar. Guilherme. Selma passou por Guilherme, olhando-o de forma provocante.
- ta feliz? Logo vc vai ver a miss... rsrs
- ei... vê se fecha essa boca, heim? Não fale nada para o Beto...
- não vou falar nada... pode confiar.. – e aproximando-se dele. – adorei fazer com vc... foi uma delicia..
Guilherme olhou para ela e sorriu. Ela era bem gostosa mesmo.
Ela se afasta e entra no ônibus.

Gisele sente os olhos do irmão percorrer por seu corpo todo. Nota que ele evita encará-la, talvez por vergonha. Mas percebe os olhos ávidos descerem pelos seus sios, seu ventre, as coxas, e, enfim, deterem-se por uma enormidade de tempo em direção a junção das coxas...
- Oi,Beto... acordaaa!! . brinca ela. – parece estar vendo alguma coisa de outro mundo...rsrsr...
Beto achava isso, realmente. Era inacreditável aquela nudez da sua irmã. Que corpo, que seios... que coxas.... que bunda... que...
- eiii... vai ter um treco ai,heim? Rsrsrsrs.... – ela continua brincando, ali de pé, exposta em sua nudez 100%. – imagine se fosse a Selma... rsrsrsr...
Ela se aproxima dele ainda mais. Beto estremece.
-mano.. tenta parecer calmo... seguro de si... dono da situação...he He He.. – diz ela, com ar professoral. – fica de pé um pouquinho? – pede ela.
Ele, meio relutante, obedece. Gisele sorri largamente ao ver o volume anormal da calça do irmão, na altura da virilha.
- não deixe ela perceber isso, quando ficarem juntos....
- isso o que...? – pergunta.
- Isso ai, ó... – diz ela, apontando o volume na sua calça.
Ele olha para si mesmo. Ela ri do constrangimento do irmão. Ele levanta o olhar, não deixando de admirar as formas maravilhosas daquele corpo nu na sua frente. Aquele triângulo cheio de pêlos sedosos é de enlouquecer... e atrai o olhar de Beto como um imã...
-mano...! preste atenção....!! – ralha ela, vendo a situação dele.
- mas eu não estou...
- está sim... eu to vendo... – insiste ela, apontando o volume da calça.
- mas...
- deixa eu ver se não está mesmo...!
- mas eu...
- larga de ser teimoso... vc mostraria pra Selma?
- si..sim...
- então...
Então Beto faz o que ela quer. E abre o zíper da sua calça... e retira, com dificuldade, um membro de dimensões anormais... Gisele abre a boca, numa exclamação de espanto.
- credoo! Beto... que é isso??!!
Beto exibe o membro durissimo... muito grosso e comprido.
Gisele desvia o olhar...
- nossa..!! vc não é deste mundo... kkkkkk
A cala de Beto cai aos pés. Gisele está de costas. Aquelas nédegas... o membro de Beto se retesa ainda mais, movendo-se, quase batendo bem acima do umbigo do rapaz... Gisele volta-se e vê aquela cena. Aquela fragrância estranha exala enlouquecidamente no ar. Gisele olha para o irmão. E este a olha, de cima para baixo. Gisele sente aquele olhar subir pelo seu corpo. Olha o membro pulsante... nisso, a buzina de um veiculo se faz ouvir, próximo..
- eles... é oônibus... eles voltaram... – diz ela,
Gisele, meio atrapalhada, busca suas roupas. Pega a calcinha na cama e começa a vesti-la, sob o olhar atento de Beto a cada movimento seu. Ele se veste também, e logo os dois saem para fora, para recepcionar os colegas.
Gisele entrou no ônibus, sendo que Beto ficou lá fora sendo zoado por alguns colegas. Selma, já dentro do veículo, sentou-se um banco a frente de Guilherme, que estava próximo a Gisele., que estava assediada por algumas amigas a respeito de todo o acontecido. Sabrina estava na ultima fila, quieta.
Beto entrou, e sentou-se um pouco a frente. Selma, ao vê-lo, levantou-se e foi até ele. Ao sentar-se ao lado do rapaz, este levantou-se, sob o olhar surpreso da moça, mudando-se para dus fileiras atrás.
- e ai, Beto..? divertiu-se por aqui?- perguntou Guilherme.
Beto olha em direção a Gisele, e esta dá um sorriso discreto.
- acho que fiquei melhor do que vcs... - responde ele.
O motorista dá a partida, e logo começa a chover de novo. Mas o veiculo logo ganha o asfalto. Alguns kilometros depois, o veículo para, abruptamente. Beto olhou e viu uma viatura da policia atravessada na pista, e alguns policiais vindo em direção ao onibus. O motorista do ônibus fica visivelmente nervoso. Levanta-se e anda no corredor, parando diante de Sabrina. Esta levanta o olhar, até encontrar o do homem. Sabrina gela. Olhas as mãos dele,e imagens fortes vem a sua mente. Seu coração acelera, ela quer falar, gritar, mas está paralisada. O homem a fixa longamente; ninguém entende nada do que está havendo. O homem então vira-se, e passos rápidos, abre a porta do ônibus. Dali a pouco, houve-se gritos e vários estampidos. Beto se levanta e olha a cena lá fora, seguido dos demais colegas. O motorista está caído no asfaltao,inerte, em direção oposta a dos policias. Logo um policial adentra no veículo.
- calma, pessoal. Ele era um fugitivo da justiça. Era um condenado por vários estupros. Há tempos estamos no seu encalço. Uma sorte ele não ter atacado nenhuma de vcs. - disse,olhando as belas garotas assustadas dentro do ônibus. Sabrina olha pela janela o corpo estendido no asfalto, sem vida. Seu corpo estremece todo.
Logo o ônibus segue seu curso, conduzido por um policial.

Vários dias se passaram, e a vida tomou seu curso normal. Selma, estranhando o comportamento de Beto, que passou a lhe evitar, passou a ligar para este repetidas vezes por dia. Beto, é claro, tava usando a estratégia ensinada por Gisele. Guilherme prosseguiu na sua tentativa de ganhar Gisele, mas esta parecia mais interessada nos seus estudos. Corria pela cidade que ela iria concorrer ao concurso da mais bela universitária a nivel estadual. Mas Gisele parecia alheia a isso. Certo dia, ela vê, numa lanchonete, Beto e Selma, juntos. Beto olha para a irmã, que lhe sorri.
- hmmm.. tomara que essa garota não enrole o meu irmão de novo... - pensa.
Uma certa tarde, ela cruza com Beto em casa.
- e ai, sumido? desde que voltamos não vi vc mais... - reclamou ela.
- é que... - tentou explicar ele.
- como vc é mal agradecido, heim? nem me procurou mais pra gente conversar...
- mana, vc anda estudando demais... rsrr
- eu sei... e vc, só com a Selma direto... e nem se dei ao trbalho de me procurar...
- tá bem, desculpe... rsrsr... eu tava mesmo precisando falar com vc...
- o que desta vez?
- é que... tem algumas coisas que não tão dando certo.. com a Selma...
- mas eu te dei as dicas...
- eu sei.. mas na hora .. eu me continuo .. bem naquela hora...
- sei.. tá metendo os pés pelas mãos...rsrsrs
- eu pensei em te pedir uma ajuda... rsrr
- ah... pensou em mim, é? rsrsr... tudo bem... a gente pode...hmmm... se ver em casa, a tarde...
- a tarde vou estar livre...
- e também papai e mamãe estarão naquele bingo ... assim ficará melhor... - completou ela. - eu te procuro... - diz ela.


Foto 1 do Conto erotico: A Excursão 7

Foto 2 do Conto erotico: A Excursão 7


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11551 - DOCE NANDA - Parte um - Categoria: Incesto - Votos: 9
11554 - DOCE NANDA - Parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 6
11560 - DOCE NANDA - Parte três - Categoria: Incesto - Votos: 7
11579 - DOCE NANDA - Parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 9
11684 - DOCE NANDA - Parte cinco - Categoria: Incesto - Votos: 8
11703 - DOCE NANDA - Parte seis - Categoria: Incesto - Votos: 6
11793 - DOCE NANDA - Parte sete - Categoria: Incesto - Votos: 8
11877 - CORPOS ARDENTES - parte um - Categoria: Incesto - Votos: 7
11950 - DOCE NANDA -Parte oito - Categoria: Incesto - Votos: 7
12019 - CORPOS ARDENTES - parte dois - Categoria: Incesto - Votos: 5
12102 - CORPOS ARDENTES - parte três - Categoria: Incesto - Votos: 4
12209 - DOCE NANDA - Parte Nove - Categoria: Incesto - Votos: 7
12225 - DOCE NANDA - Parte dez - Categoria: Incesto - Votos: 6
12334 - Corpos ardentes - parte quatro - Categoria: Incesto - Votos: 3
12345 - Corpos Ardentes - Parte 5 - Categoria: Incesto - Votos: 4
12415 - DOCE NANDA - Parte onze - Categoria: Incesto - Votos: 7
12428 - DOCE NANDA - Parte 12 - Categoria: Incesto - Votos: 8
12439 - Sedutoras e Marrentas - Um - Categoria: Incesto - Votos: 7
12440 - Sedutoras e Marrentas - Dois - Categoria: Incesto - Votos: 6
12441 - Sedutoras e Marrentas - Três - Categoria: Incesto - Votos: 7
12449 - Sedutoras e Marrentas - 4 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12475 - Sedutoras e Marrentas - Cinco - Categoria: Incesto - Votos: 6
12521 - Sedutoras e Marrentas - 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12533 - Sedutoras e Marrentas- 6 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12535 - Sedutoras e Marrentas -7 - Categoria: Incesto - Votos: 7
12691 - Sedutoras e Marrentas 8 - Categoria: Incesto - Votos: 8
12703 - Sedutoras e Marrentas - 9 - Categoria: Incesto - Votos: 8
12712 - Sedutoras e Marrentas - 10 - Categoria: Incesto - Votos: 9
12772 - Sedutoras e Marrentas 12 - Categoria: Incesto - Votos: 6
12820 - Resumo de contos escritos por Tom Jones - Categoria: Incesto - Votos: 1
12909 - Sedutoras e Marrentas - Parte Final - Categoria: Incesto - Votos: 6
12991 - A Excursão - 1 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13136 - A Excursão 2 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13188 - A Excursão 3 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13197 - A Excursão 4 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13216 - A Excursão 5 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13263 - A Excursão 6 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13298 - A Excursão 8 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13324 - A Excursão 8.1 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13334 - A Excursão - oito - Categoria: Incesto - Votos: 4
13360 - A Excursão oito-2 - Categoria: Incesto - Votos: 1
13374 - A Excursão 9 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13392 - A Excursão10 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13429 - A Excursão 11 - Categoria: Incesto - Votos: 3
13478 - A Excursão 12 - Categoria: Incesto - Votos: 6
13509 - A Excursão 13 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13520 - A Excursão 14 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13543 - A Excursão 15 - Categoria: Incesto - Votos: 4
13573 - A Excursão 16 - Categoria: Incesto - Votos: 5
13676 - Próximo conto de Tom Jones - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13787 - A ninfeta e o bad boy -1 - Categoria: Incesto - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico tom jones

Nome do conto:
A Excursão 7

Codigo do conto:
13291

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
01/08/2011

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
2


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos perdi a virgindade com trs rapazzes morganaconto erotico mulher fas esgandalo quando trepandoporno dos irmaos qui fode infelismentconto gay me colocaram pra chuparx vidio comtos eroticos flaguei mamãemulheres com pau grande e grosso na punheitaConto porno no exércitoporno 2017 novinha traidora semtira a roupacontos eroticos fudendo morena novinha em cima da moto 2011cu arrombado da minha esposa depois da noitadalactofilia contoscontos dei a buceta virgecontos excitantes puberdadeApalpar cona debaixo da saiacontos eróticos sem saber quem eraContos eroticos os negoes estruparam a avo mae e a neta juntasconto erótico rainha cheirar meias conto erotico borracheiroSogra sem calcinha no jardim seachcontos eroticos funk pesadaoconto erotico mae bate uma punheta pra mimolhando o cavalo meter na egua minha boceta melou contosconto erótico qdo ela chupou várias bucetinhas acordando a entiada pra fudelacontos dei minha xaninha branquinha no onibusa cu invocante 3 parte 2papai me fodeu com força e eu o perdoei contosporno contos patroes ver contos de sexo anal de meninas novinhas com homens velinhos kkk contos eróticos indo fazer entrevista e fez o teste do sofamarido frouxo contos eróticosConto erotico- ja que meu marido nao me satisfaz dei para o meu sogrotrai meu marido dando meu cu por dinheiro contos pornomeninos gay trabsamdogangbang namorada contome roubou e arrombou meu cu conto eroticoconto erótico deixei ele sem andarcontos eroticos alivieicontos dopou irmã fuder guadrinhoxvıdıos.comporno em quadrinho minha mae dando pro meu amigo negro na festavovo fudendo com negao70www.neguin comeu gay na praia conto eroticoContos eróticos picantes de gays com fotos ilustrativasconto erotico pedro e nandacontos incesto meu pai comeu meu cu na frente da familiafazendo minha esposa da para o uber contos eroticos porno com zeladora de curitibaquadrinhos eróticos picantescontoerotico michele baixinhacontos consulta no ginecologista"conseguiu comer minha"negao pirocudo eminha esposacontos de dei o cu p meu irmão na brincadeiraComentou que Bucetao pro tioultimos contos sadoFilha boqueteirá contoseroticosConto erotico um doce enganoconto erótico rpcontos eróticos e********* a cunhadinha de 12 aninhoscontos estrupanda a maepadrasto chupando a enteada conto ilustradofiquei na casa da minha sobrinha de 19anos e tive que come o cu dela a forca e gozei na boca delacontoerotico: tesao da gravida.Contos eróticos: Briga com o amigo rabudoContos de chantagemcontos conquistei papai pauzudoconto erotico viciei da a bunda gay na encolhafodendo irma contoconto minha esposacontos eroticos com fotosexo na infanciacontos estrupada. sogro viagemConto erotico brechamdo mae no banherohentai lucia e arthur quadrinho completocontos de sexo com caminhoneirosquero contos eroticos de incesto irmao e irmaContos de ninfetas sem calcinhaconto erotico maninhavestiram o motorista pegando gata na baladaContos eroticos de casada puta dos vizinho roludoo corno dupla