CASADINHA FODENDO NA LAN HOUSE ESPOSA DE UM AMIGÃO



MINHA QUERIDA E AMIGA LÚ ESPOSA DO BETOVEM AMIGAÇO E GRANDE FUDEDOR TAMBÉM ALÉM DE CORNO É CLARO BEIJÃO AMIGOS


Meu marido Beto as vezes chega em casa perto das 22h e para não ficar sozinha em casa gosto de dar uma volta na praia, tomar um sorvete e passar na lan house perto de casa, nos conhecemos os donos e são super legais e bonitos também.

Não costumo sair sozinha com roupas provocantes, quando o tempo esta mais quente, gosto de passear de havaina e usar um pouco menos roupa.

Na semana passada, combinei com o Beto de me pegar na lan quando chegasse, por volta das 20hr fui para lá. Fiquei brincando na internet, ouvindo musicas e coisas assim, como de costume comecei a conversar com um dos donos que estava lá, o Alexandre, e com o pessoal que eu já conheço dali, a o tempo estava ameno, nem frio nem calor e eu estava bem a vontade de havaiana colorida e usando um vestido casual, nada demais, um pouco acima do joelho e com um decote sensual, ganhei algumas boas olhadas enquanto conversava.

Eu tava no ultimo computador e na sala acabou ficando apenas eu e uma garota e dois rapazes.

Com pouco gente na lan o Alex fechou a porta e ficamos la dentro até o tempo acabar, o dos rapazes e da garota acabou primeiro porque eles já estavam la a mais tempo, eu estava distraída vendo um filme pornô num desses sites eróticos e nem percebi o Alex olhando por trás de mim e levei um susto quando ele falou: “ – Ana, Ana, seu marido sabe que você fica aqui esperando por e ele e vendo sacanagem?”. Girei a cadeira para trás e respondi sorrindo: “ Eu gosto de ver e meu marido deve estar descendo a serra agora.”

Eu estava de pernas cruzadas e na virada da cadeira minhas coxas ficaram bem expostas e sem contar que ele de pé ficava olhando meus seios pelo decote do vestido.

Ele percebendo que os bicos dos meus estavam durinhos e que eu estava excitada com a situação, pegou minha mão e levantou-me da cadeira, depois foi baixando a alça do meu vestindo deixando meus seios expostos e acariciando-os.

O pessoal que estava lá na frente percebeu e vieram para os fundos da sala e surpresos ficaram me olhando, ai o safado do Alex mandou eu soltar as duas alças do vestido e eu obedeci, meu vestido foi ao chão e eu fiquei apenas de calcinha, que era branca e bem pequena.

Fomos para uma sala que funciona como escritório da lan house e lá eles tiraram minha calcinha me deixando peladinha na frente de todos, depois me jogaram em cima do sofá e a garota tirou a roupa também e começou a chupar a minha bucetinha enquanto os dois rapazes ficaram chupando meus seios, eu comecei a achar bom demais e a gemer feito uma putinha.

Então eles começaram a me chamar de vadia, puta e outros nomes assim, um dos rapazes me perguntou se eu era casada mesmo e respondi que sim. O Alex ouvindo isso falou que meu marido era amigo dele e que adorava ser corno da esposa putinha, que era eu e que por isso poderiam abusar a vontade de mim. Eles mal acreditavam no que rolava e começaram a comer minha bucetinha, primeiro foi o mais velho que era moreno e tinha um pau quase preto e grosso, sentou numa cadeira e mandou eu sentar com minha bucetinha no pau dele , quando sentei doeu demais eu gemia muito, a garota começou a beijar minha boca e acariciar meus seios, enquanto o outro rapaz colocou o pau na minha mão para eu masturba-lo.

Ai eles trocaram e o mais novo que tinha um pau menor começou a comer minha bucetinha por trás, enquanto eu ficava de quatro para ele apoiada no sofá.

O safado do Alex, dono da lan house e amigo do meu marido ficava de pé se masturbando e assistindo eu ser devorada pelos dois rapazes tarados e a garota.

Os rapazes se revezaram comendo minha buceta sem camisinha e gozaram pelo meu corpo todo, a garota me beijava, chupava meus seios e me lambia inteira, fiquei em transe transando os três e nem sei quantas vezes gozei nesta noite, mais foram muitas.

Depois de abusarem de mim como quiseram e me deixarem com o corpo todo melado de porra, foi a vez do Alex me pegar, ele olhou-me, beijou-me na boca e falou que também ia comer minha buceta e ele enfiou aquele pau grosso dentro de mim e doeu muito, eu estava gritando e gemendo ele mandou eu rebolar e eu comecei a mexer meus quadris e empinar minha bunda com muito tesão.

Estava uma delicia, então comecei a gozar como uma louca e na hora que ele ia gozar tirou o pau de dentro de mim e me jogou no sofá, mandou eu abrir a minha boca e enfiou o pau até o fundo da minha garganta, quase vomitei, dai eu mamei no pau dele até ele gozar la dentro e depois me fez engolir tudo e limpar o pau dele com a língua, me chamando de puta e vagabunda.

A garota ficou masturbando o pau dos dois rapazes enquanto assistiam eu ser abusada novamente.

Eu estava exausta e cheirando a sexo, queria ir para casa antes que meu marido passasse na lan house, mais eles queriam mais de mim e mandaram eu transar com a garota para eles assistirem, fomos para o sofá e transamos gostoso na frente dos três homens que ficavam se masturbando para nós. Ela chupou minha buceta e meu seios e eu também a chupei e a lambi todinha, ela era muito gostosa, morena clara, uns 20 e poucos anos, cabelos pretos compridos, uma gatinha do tipo da minha filha.

Daí ela enfiou os dedos na minha bucetinha e no meu cuzinho e ficou me masturbando, ela tinha unhas compridas que arranhavam meu grelo e meu cuzinho e eu ficava gemendo de dor e tesão, mais adorando.

Eu já tinha gozando umas tantas e tantas vezes que estava com as pernas até bambas.

Aproveitando meu cuzinho e minha bucetinha lubrificados pelos meus orgasmos, um deles sentou-se no sofá e mandou eu cavalgar no pau dele, enquanto o outro veio por trás e penetrou meu cuzinho fazendo uma dupla penetração em mim, quase morri de tesão e dor e gozei aos gritos novamente, não sabia qual deles estava comendo meu rabinho, só senti quando ele saiu de dentro do meu cuzinho e o outro veio ocupar o seu lugar, era o segundo pau que invadia meu cuzinho sem dó.

Depois eles mandaram eu e a garota nos ajoelharmos no chão e ficaram em volta para que nos batêssemos punheta e chupássemos o pau deles, eu e a garota nos revezamos nos três paus, chupamos, masturbamos e recebemos um banho de porra deles no rosto e nos seios.

Ficamos as duas de pé e peladinhas nos acariciando e espalhando com as mãos a porra que tínhamos no corpo, nos beijamos na boca passando uma para a outra a porra que tínhamos na boca, depois lambemos o corpo uma da outra, mamando e sugando os bicos dos seios.

Senti minha buceta e meu grelo inchados e comecei a me masturbar gostoso com meus dedos melados de porra, eu enfiava e tirava os dedos da minha buceta e os colocava na boca da garota que os lambia.

Depois de toda esta sacanagem os rapazes e a garota se vestiram, me beijaram e foram embora, e eu fiquei sozinha com o Alex

Me sentia uma vagabunda mesmo, após ter abusada por três homens e por uma garota por mais de uma hora seguida eu ainda continuava ali completamente nua e descalça na frente do Alex, e eu estava adorando ser tratada assim como uma puta.

Ele pediu para eu ajuda-lo a fechar loja, era excitante ficar andando nua com o Alex pela lan house, as vezes nos roçava-nos pelos corredores, ajudei-o a desligar os computadores, guardar o dinheiro do caixa e apagar as luzes.

Antes de nos vestirmos ainda demos uma delicioso amasso, ele ficou atrás de mim, encoxou minha bunda e senti seu pau duro novamente, com as mãos ele amassava e apertava meus seios.

Depois me levou até o balcão de atendimento, colocou-me sentada com as pernas abertas e olhando para minha buceta falou que adorava mulheres com a buceta toda depilada assim como a minha e entrando entre elas me penetrou gostoso e me comeu novamente.

Enquanto me comia falou seu maior tesão era gozar em cima da minha buceta depiladinha e ver sua porra escorrer pela minha virilha e pelas coxas abaixo.

Ouvindo ele falar assim fiquei com o maior tesão e concordei, ele me comeu mais um pouco e antes de gozar tirou o pau para fora e eu fechei um pouco as pernas para ele poder gozar, e ele gozou um bocado em cima da minha buceta e na minha virilha também.

Depois fui abrindo as pernas novamente e senti sua porra quente escorrer pela minha buceta lisinha e pelo meu grelo, com muito tesão abri mais as pernas e deixei a porra dele escorrer para dentro da minha rachinha e me masturbei gostoso, colocando sua porra para dentro dela com meus dedos.

O Alex vendo que estava extasiada aproximou-se e enfiou seu pau ainda semiduro e ainda pingando porra dentro da minha buceta novamente e ficou com ele lá dentro até amolecer por completo e sair sozinho.

Fiquei sentada no balcão com as pernas abertas e acariciando minha buceta para que ele visse como ela estava, vermelha, arrombada e toda melada de porra.

Ele me desceu do balcão e me beijou na boca e ficamos de pé nos acariciando carinhosamente, demos um segundo e delicioso beijo na boca que deve ter durado uns 5 minutos em meio a troca de caricias.

Se pudéssemos passaríamos a noite toda transando, mais já eram 22h passadas e o Beto estava para chegar, quase sem forças, me vesti e o Alex me levou de carro para tomar banho e em recompor antes que meu marido chegasse, no caminho liguei para o Beto e disse para ele ir direto para casa, não queria que ele me visse toda melada de porra, como uma vagabunda e nem que ele soubesse que fui praticamente estuprada na lan house do amigo dele.

ATENÇÃO AMIGOS O CONTO E DE MEU AMIGO BETOVÉM MÁS AS FOTOS SÃO MINHAS FODENDENO TAMBÉM UMA CASADINHA AQUELES QUE QUISEREM TER UMA OPRTUNIDADE MESMO QUE UNICA DE SER CORNO ME CONVOQUEM PARA ESTE SACRIFICIO SOU COROA EXPERIENTEE FAREI O MAXIMO PARA DEIXA-LO FELIX COMO MEU AMIGO BETOVEM VALEU te aguardo para a festinha ok
                                


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11732 - PUTINHA CASADA DUAS TREPADAS SEGUIDAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
12324 - ESPOSA COM DOIS AMANTES UM SABE TUDO O OUTRO NÃO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
12741 - Esposa de amigo fodeu com seus dois amantes mesmo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13091 - Este domingo será de muito vara na casadinha DE BR - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
14889 - VI MINHA ESPOSA LEVAR 25 CM DE PICA UUUFA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
15004 - SABADÃO NA XOTA DA CASADINHA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
15335 - AGORA ELA SÓ TEM 2 HOMENS TIVE QUE DEIXALA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0

Ficha do conto

Foto Perfil linguado69
linguado69

Nome do conto:
CASADINHA FODENDO NA LAN HOUSE ESPOSA DE UM AMIGÃO

Codigo do conto:
13406

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
13/08/2011

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


historinha em quadrinho pornobote tu mulher pro comedor é muito eroticocontos eroticos neguinho mega pauzudo fudeu minha mulherContos eroticos avo e neta filmando com celularconto erotico dormindo com minhas irmazinhas encoxei e bulinei a bucetinhaeu quero um filme de pornô que a mulher esqueceu de fazer a chuca e colocar cor no pauvideos pornô Pinto Grosso e incerta apertadadoce nanda contos eroticoso canalizador a fuder a senhoraQuadrinhos eroticos senhorasxvideos.mobile.com/quarentao e cinquetao gozandofilhaputacontoMinha namorada e meus primos conto porno2Me insinuei para meu genro da rola grande contos femininomulheres confesando insesto 2016 contoskixx40casa dos contos eroticos o violentador de bucetas caninascontos pai estrupa e rasga cu de filho pequenocontos gay apartamentoincesto ler contos climaxcontos eroticos comadre gostosa marido cornoCANTOS FOTOS EROTICAS DE NEGAO PIROCUDO COM TRAVESTI NOVINHASconto eroctico.comfodendo memor conto erotico mozConto porno eu e minha cunhada beti e meu marido na mesma camaConto gay comido pelo coroa dominadorimagens cu sendo fudidoContos eroticos podolatria no restaurantechamei morena que caminhava na praia pra fuder pornoconto erotico gay dei cu jogar video gamedespindo a irmã dormindoincesto com meu filho confessoconto erotico hoje voce vai ser meuvídeo convencer marido ser cornoCONTOS FOTOS EROTICOS SOGRAS E GENRO PIROCUDOcontos eroticos corno bebadoConto veridico de amor entre tio e sobrinhasexo com çdu filho novinho conto eroticoconto erótico completoconto erotico estrupo gaycontos erotico rabuda descobre q marido e viado e o sogro comeu elacontos eroticos lesbica ginecologistaconto incesto no busãoconto erotico trepado no onibusconto erotico muito meladafilhaputacontocomo me tornei prostitutaconto socando rola neta contos eroticos banda desenhadanovinho fazendo sexo com barbeiro contos gayquadradinho erotico incesto COM HUMORcontos eróticos ceram minha esposa na baladatrepando conto eroticoconto porno no colocontos incesto erotico filhacontos de sexo grupal com fotosladra come buceta da muhle em codedo no quato Nuasconto erotico gay o garanhao bombeirocontos eróticos tiozao 47conto erotico arrombando o cuhentai o sogro 4em quadradinhocontos eroticos animacaoconto porno saiu sanguecontos erotico comtaradoConto erotico novinha evangelicacontos de mulheres que levam na cona e gostam de ser tratadas como vacasconto arebentei cu meu tio forcaContos eroticos seios judiadosConto erotico de bucetinha apertadacontos eroticos homens que usam calcinhasomos um casal bissexual maduro e queremos outro casal bissexual também maduro acima de 48 anos em Nova Friburgo e regiaocontos gay na pescaria com os padrinhoscontos eroticos incesto pai e filhacontos eroticos de cornos dando o cu de calcinha da mulhercontis eroticos de casadas exibicionistas que adoram homens tarando e se masturbandohistoria ti sogra transando com genro