ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL



Olá colegas!
Este relato é real e muito excitante, leiam até o final que garanto que irão gostar
Por conta das minhas atividades profissionais acabo viajando uma ou duas vezes ao mês e sempre que possível levo minha esposa Lúcia comigo e assim unindo o útil ao agradável, como meu chefe adora dar umas pegadas na minha esposa de vez em quando acaba liberando as despesas dela junto com as minhas por conta da empresa.
Há duas semanas precisava fazer uma viagem de trabalho para o Rio de Janeiro e convidei a Lúcia e como era uma viagem profissional ela vestiu um terninho feminino azul marinho, a saia era bem curta e justa, uma blusa de viscose de seda branca e por baixo sutiem branco rendado meia taça, para quem olhava parecia uma secretaria vagabunda viajando com o chefe, e nos curtíamos a brincadeira nos beijando bem gostoso na boca.
Em plena quarta-feira na hora do almoço, depois de uma rápida ponte área SP x Rio, chegamos à cidade maravilhosa, o tempo estava agradável, pegamos um táxi, deixei a Lúcia no nosso hotel e fui para meus compromissos de trabalho.
Passava das 17:00h e eu estava louco para ir para o hotel dar um trato na minha esposa, pois estávamos hospedados num confortável hotel próximo ao centro.
Lúcia me ligou dizendo que haveria um jantar dançante no hotel me perguntando se poderia reservar uma mesa para nós e eu respondi que sim e que iria adorar ir a um jantar dançante com ela.
Cheguei ao hotel passando das 19:00h, dei um beijo na Lúcia e fui direto para o banho, ao sair do banheiro me deparei com minha esposa usando um delicioso vestido noite preto de alças, não muito curto, mais que tinha um decote pra lá de provocante, nem preciso dizer que ela não usava sutiem, uma sandália alta preta completava o visual putinha chique.
Vesti-me socialmente também e descemos para o salão, pois minha esposa adora jantar dançante. Namoramos, dançamos e nos divertimos bastante, percebemos duas garotas sentadas numa mesa próxima a nossa e que desde nossa chegada nos paqueravam, uma era morena e a outra loira, ambas bonitas e muito sexy usavam vestido decotado e curtíssimo, comentei com a Lúcia que as moças deveriam ser garotas de programa.
Daí a loira levantou-se da mesa ficando a morena sozinha e ela começou a nos assediar fixamente com o olhar, até que resolvemos convida-la a sentar-se conosco em nossa mesa, seu nome era Paula.
Achava a garota atraente mais ao mesmo tempo diferente em algum aspecto mais não identificava bem em qual.
Após um bom papo e bastante vinho, já parecíamos bons amigos e a convidei para dançar.
Ao dançarmos ela se esfregava em mim, e me fazia carícias no pescoço e nas costas, continuava com uma impressão diferente a respeito da moça, mais até ai nada de mais acontecia e a situação me deixava com tesão, pois minha esposa sorrindo e visivelmente excitada acompanhava tudo da mesa.
Resolvemos nos retirar para ao quarto, e convidamos a moça para tomar uma última taça de vinho conosco e ela aceitou.
Mais antes de subirmos elas foram juntas ao toalete e após um tempo voltaram animadas e rindo, minha esposa me olhava como querendo dizer alguma coisa, mais apenas sorria com aquele olhar de putinha que conheço bem e por fim falou que eu teria uma deliciosa surpresa em breve. Fiquei na mesma e sem saber o motivo de tanta euforia por parte dela, e a morena acompanhava minha esposa na excitação.
Tão logo chegamos começamos os amassos, eu estava com muito tesão, comecei a trocar caricias com a Paula, minha esposa enciumada passou a beijar Paula e me olhando foi aos poucos a despindo, causando-me enorme surpresa ao libertar um enorme e duro pau, a deliciosa Paula na verdade era Paulo, uma travesti 99% mulher.
Ainda sem acreditar no que via, assistia minha esposa ficar peladinha se esfregando no cacete da Paula e pedindo que eu me despisse também. Em seguida minha esposa tomou aquele cacetão na mão, meus olhos brilhavam vendo aquela cena quando a Lúcia passou a punhetar a travesti, deixando seu pau duro como pedra, foi descendo o rosto até bem perto da pica da Paula, que parecia cada vez mais dura, peguei a pica dela e direcionei para boca de Lúcia que mamou com perfeição.
Paula rebolava a bunda mais ainda na minha rola, daí ela falou que queria meu pau no rabo dela, enquanto a Lúcia mamava com mais vontade ainda. Paula começou a esfregar o rabo no meu pau pedindo para eu fode-la, seria a primeira vez que eu comeria uma travesti e apesar de ser linda e muito feminina ainda assim era uma travesti.
Encapei a rola e comecei a enfiá-la no rabo da Paula que rebolava e gemia como uma vagabunda que era, comecei a fode-la e logo percebi que ela estava gozando na boca da Lúcia. Aquilo me deu mais tesão e eu gozei no cu da Paula, enchendo a camisinha de porra, e fazendo ela gozar na boca da Lúcia.
Paula pegou a camisinha cheia e derramou minha porra nas suas coxas e deixou escorrer pela sua perna, vendo a cena Lúcia sugou o resto da porra que saia do pau da Paula e veio lamber as coxas dela meladas com minha porra, foi lambendo ate chegar ao cu da Paula arrombado pela minha rola.
Rapidamente fui tomar um banho, pois para mim tudo aquilo era muito novo, e deixei as “duas” na cama.
Depois quando voltei ao quarto encontrei-as em um delicioso 69. Paula esta com a língua no rabo da Lúcia que rebolava. Aquilo me deixou com tesão de novo e botei meu pau na boca da Lúcia, que largou a pica da Paula. Ela revezava na mamada, enquanto Paula dava um trato em seu cu.
Lúcia colocou uma camisinha no pau da Paula e sentou com sua buceta em cima dele, a visão daquela cabeçona arrombando a buceta da minha esposa enquanto ela cavalgava na travesti era um delírio.
Ela desceu da rola da Paula e a punhetava com força, lambia o saco dela, que era grande e todinho depilado, até as bolas.
Daí minha esposa muito excitada falou: “- Amor segura o pau dela e sente como é duro e gostoso.” - Eu sem ter como escapar acabei tendo de pegar na rola da trevesti que era realmente grande, dura e cheia de veias, não satisfeita minha esposa mandou que eu mamasse nela e eu atendendo ao pedido dela tive de mamar naquele enorme pau, mais para compensar eu pegava nos deliciosos peitos da “morena” que eram mesmo macios e deliciosos, o que me dava um grande tesão, principalmente porque a Lúcia dava um delicioso trato no saco e nas bolas da trevesti.
Minha esposa deixou a pica da Paula comigo e foi mamar na minha, fizemos um trio gosto, todos se chupando. Coloquei a Lúcia de quatro e fui metendo a rola no seu cu, a Paula foi para frente dela e deu o seu pau para ela mamar, Lúcia gemia gostoso como uma puta no cio.
Sai do rabo da Lúcia, deitei na cama e a chamei para cavalgar com sua buceta na minha rola de frente para mim, dai abri sua bunda com os dedos e deixei seu cu exposto para a Paula que veio por atrás com a pica duríssima para fode-la.
Perguntei para a Lúcia se ela agüentava duas picas juntas dentro dela e ela sorrindo respondeu para tentarmos, daí a Paula foi metendo devagar, ate que enterrou tudo e enrabou minha esposa.
Estava muito gostoso sentia a minha rola junto com a da Paula fodendo ao mesmo tempo a Lúcia. Minha esposa pediu para mudar de posição e a Paula sentou-se em uma poltrona e a Lúcia sentou de costas com sua buceta na pica dela. Fiquei de pé na frente dela e ela mamando no meu pau, suspendi suas pernas e fui colocando minha rola no seu rabo novamente. Mais uma dose de dupla penetração na minha esposinha putinha.
Lúcia estava alucinada de tesão e pedia mais. Voltamos para cama e resolvi comer a Paula novamente, coloquei-a de quatro e a Lúcia foi para baixo dela, fazendo um 69. Lucia mamava na pica de Paula e meu saco batia em seu rosto. Em determinado momento, meu pau saiu do cu de Paula e bateu no rosto da Lúcia, ela abriu a boca e mamou a cabeça, deixei-a mamando um pouco e depois voltei a socar no rabo da Paula, Lúcia deu um puxão na Paula e meu pau escapuliu do rabo dela de novo. Percebendo o que minha esposa queria, dei meu pau para ela mamar de novo. Fiquei fazendo isso durante um tempo, com a Lúcia mamando no meu pau e enfiando ele com a mão no cu da Paula.
Parei de comer o cu da Paula e pedi para a Lúcia ficar de quatro, em cima da cama, nisso Paula se levantou e ficou em pé na cama. Veio em minha direção e botou sua pica em minha boca, enquanto eu comia a buceta da Lúcia, mamava a pica de Paula.
Paula avisou que estava quase gozando eu fiquei sem ação na hora, pois a travesti estava prestes a gozar na minha boca, e poucos minutos depois os jatos de porra começaram a jorrar do pau da Paula, Lucia vendo isto saiu rapidamente do meu pau e abocanhou o pau da Paula que ainda jorrava e chupou ele todinho, sua língua sorvia toda porra que saia do cacete da Paula.
Apos deixar o pau da trevesti limpinho minha esposa veio a mim e me deu um beijo melado na boca.
Fiquei puto da vida com a Paula por ela gozar na minha cara e disse a ela que ia foder e gozar no cu dela, daí minha esposa me encostou à parede e depois foi encaixando meu pau no cu da travesti e mandou-a vir rebolando na minha rola, segurei em sua cintura e mandei rola no rabo dela.
Minha esposa louca de tesão vendo a rola da Paula ficando cada vez mais dura veio de costas e encaixou sua buceta na rola da travesti que começou a fode-la no mesmo ritmo que recebia as estocadas da minha rola em seu rabo.
Paula rebolava na minha rola como uma cadela me deixando com muito tesão com toda esta novidade acabei gozando rápido e enchendo a caminha de porra.
Apos gozar fiquei um tempo com meu pau dentro do rabo da Paula porque ela estava louca de tesão e com o pau duríssimo todo enterrado na buceta minha esposa que gemia como uma puta na rola da travesti.
Estávamos num autêntico e delicioso trenzinho da alegria.
Tirei meu pau de dentro do rabo da Paula e a deixei se deliciar com a buceta da minha esposa, que também estava se deliciando no cacete da travesti que nesta altura estava enorme.
O mais excitante é que olhando a cena parecia mesmo que se tratava de duas gatas transando, já que a Paula era uma garota perfeita, cabelos naturais, compridos e tratados e seus peitos eram deliciosos, pois o silicone muito, bem aplicado, fazia o mesmo efeito nela como em qualquer mulher, se não fosse seu “pequeno detalhe” que deveria ter uns 18 cm de comprimento, seria uma mulher perfeita.
Depois de se deliciarem uma com a outra a Paula tirou a camisinha e esporrou no rosto e nos peitos da Lúcia que de olhos fechados curtia cada jato de porra que recebia.
Cansados fomos para a ducha, depois enchemos a banheira e ficamos curtindo um pouco mais todo aquele clima de orgia proibida, ficamos na hidro um bom tempo e depois voltamos para cama.
Lúcia falou que havia adorado a nossa transa e que nunca imaginou uma sacanagem assim e pediu para a Paula passar a noite em nossa suíte, pois ela queria muito dormir entre eu e a Paula na mesma cama e terminar nossa brincadeira com a gente fazendo um gostoso sanduíche com ela e gozando no seu corpo todo.
Paula sorriu e a chamou de putinha, depois pegou o telefone e ligou para sua amiga, elas também estavam hospedadas no hotel, conversaram e a Paula anunciou que estava tudo acerto com a amiga dela e que poderia dormir com a gente, pois elas somente iam embora ao dia seguinte após do almoço, assim como nos.
Ficamos os três pelados na cama, com minha esposa no meio e Eu e Paula revezando nossos paus na boca e na buceta dela por um bom tempo até começarmos a gozar pelo corpo dela, como ela havia pedido. Eu e a travesti gozamos quase juntos na boca, no rosto e nos peitos da Lúcia, que mais uma vez bebeu porra e depois a espalhou pelos peitos e massageando os bicos com ela.
Já era madrugada quando fomos dormir e realizando o desejo da minha esposa dormimos os três na cama com ela entre nós, eu olhava para a Lúcia e Paula dormindo e ainda não acreditava no que via uma bela e deliciosa morena nua ali dormindo com minha esposa e com um respeitável pau entre as pernas.
Na manhã seguinte acordamos por volta das 08:00h, tomamos banho e antes de pedirmos o café no quarto, ainda deu tempo de rolar mais uma seção de boquete, acabei mamando no pau da Paula novamente enquanto a Lúcia mamava deliciosamente no meu, depois trocamos e recebi um delicioso boquete da travesti enquanto minha esposa dava um tremendo trato no pau dela. Gozamos os três bem gostoso.
Durante o café Lúcia e a Paula estavam num papo descontraído e a Paula convidou-a, e a mim por tabela, para conhecer sua amiga Patrícia que estava com ela no jantar as duas são artistas e fazem fotos para revistas e show em boates no Sul e estavam a passeio no RJ.
Aceitamos o convite e nos vestimos, estava calor e Lúcia usava um short jeans, camiseta e sandália rasteira, bem descontraída e sexy.
Fomos para a suíte da Paula, ela nos apresentou à amiga e nos deixou, trocou-se e saiu para resolver alguns assuntos e nos ficamos conversando com a Patrícia que era uma travesti loira de cabelos médios, olhos claros, muito bonita e sexy, ela vestia uma mini saia jeans e blusa sem sutiem dando para se apreciar seu belo par de peitos.
Ela e Paula faziam uma bela dupla de travecos super femininos.
Pela conversa dava para perceber a excitação delas e o interesse da minha esposa pela Patrícia, isto me excitava mais eu achava que já tinha gasto minha cota de travestis pelos próximos tempos.
Não demorou muito e elas começaram a se beijar, minha esposa tirou a blusa da Patrícia e começou a acariciar e beijar seus belos peitos, depois foi à vez de ela tirar a blusa da minha esposa e se deliciar com seus seios durinhos.
Lúcia tirou a saia e depois a calcinha da Patrícia fazendo aparecer um belo pau rosado, não tão grande como da Paula mais um pouco mais grosso, minha esposa ficou mais excitada e começou a punhetar e a chupar o pau dela com muito tesão, daí a Patrícia puxou-me e enfiou sua mão dentro da minha bermuda pegando meu pau já duro me punhetando enquanto eu me deliciava com os peitos da Patrícia.
Lúcia ficou de pé e a Patrícia baixou o short dela com calcinha e tudo, depois a deixou virada para a parede e com as pernas abertas, abaixando-se entre suas pernas começou a chupar a buceta dela, fazendo-a gemer.
Depois a travesti levantou-se e começou passar sua pica pelas coxas da minha esposa, eu peguei uma camisinha e encapei o pau da Patrícia e mandei-a comer minha esposa, sem perder tempo Patrícia enterrou sua rola na buceta da Lúcia e começou a fode-la em pé por trás, apoiada no batente da porta.
Depois minha esposa baixou minha bermuda, tirou meu pau para fora e começou a mamar na minha rola enquanto era comida pela Patrícia, ficando de recheio entre nós, enquanto ela e Patrícia se beijavam na boca eu encoxava a bunda da travesti e pegava nos seus peitos por trás.
Minha esposa pegou minha mão e colocou no pau da Patrícia e mandou-me punheta-la, eu punhetava e mamava nos peitos da Patrícia enquanto elas se beijavam ardentemente, a travesti mamava nos seios da Lúcia e sugava seus bicos, depois Patrícia desceu e começou a me fazer um delicioso boquete, aquela traveca safada sabia mesmo chupar um pau e quase me fez gozar, minha esposa excitada me beijava na boca, enquanto esfregava sua buceta na Patrícia, depois ela veio e começou a dividir meu pau com a travesti.
Minha esposa continuou mamando na minha rola e eu a pedido dela, comecei a punhetar e chupar o pau da Patrícia e quando estava bem duro coloquei para foder minha esposa novamente, enquanto comia a Lúcia a travesti implorava para que fodesse seu cu, tanto pediu que encapando minha rola e metendo no rabo dela, minha esposa delirava de tesão me vendoeu enrabar a travesti e logo começou a punhetar e boquetar a Patrícia, que enfiava seu pau fundo na garganta da Lúcia enquanto levava meu pau no cu.
Perto de gozar sai do rabo da tavesti, tirei a camisinha e dei meu pau para a Lúcia chupar que ajoelhada mamava alucinada no pau da Patrícia, queria que minha esposa tomasse um banho de porra e foi o que aconteceu, logo gozamos praticamente juntos e jorramos muita porra pelo corpo da minha esposa, eu esgotei meu saco mais a Patrícia parecia não gozar fazia tempo e não parava de golfar sua porra sobre a Lúcia, que após sugar até a ultima gota de porra de nossas rolas levantou-se, encostou-se na parede e começou a massagear seus seios e espalhar toda a porra pelo seu corpo com as mãos, descendo para a barriga, passando pelas coxas, pela virilha até estar todinha melada de porra.
Patrícia dava seu pau semi-duro, para a Lúcia segurar ao mesmo tempo em que pegava no meu querendo deixá-lo duro novamente.
Era indescritível, minha esposa ainda estava extasiada, pois nunca havia tido experiência assim antes e parecia querer mais, tanto que beijava a boca da Patrícia lambendo os peitos dela, enquanto esfregando seu corpo no dela e segurando seu pau.
O lado masculino da Patrícia falava mais alto e ela retribuía o tesão da Lúcia com uma pegada forte, beijando-a na boca com tesão enquanto pau crescia e ficava duro nas mãos da minha esposa.
Daí as duas foram juntas para a ducha, neste meio tempo meu telefone tocou, era uma ligação da empresa que precisava atender e precisei voltar a nosso quarto para pegar umas informações no meu lap top e tive de deixar a Lúcia com a Patrícia no banho.
Aproveitei para tomar um banho também e depois voltei para o quarto das travestis a tempo de ver a Lúcia e a Patrícia saindo do banheiro nuas, de cabelos molhados, conversando e rindo.
Minha esposa aproximou-se e carinhosamente me beijou, perguntei a ela se o banho havia sido relaxante e ela respondeu que sim.
Lúcia estava curtindo muito relacionar-se sexualmente pela primeira vez com travestis e encantada com aquela “mulher” bonita, sexy e com um pau semi-duro e grosso entre as pernas, ali a disposição dela.
Apesar de também ter sido a primeira vez que comi uma travesti, mais como tenho uma notada queda por loiras, para mim a Patrícia chamava mais a atenção do que sua amiga morena, Paula, com cabelos naturais na altura dos ombros, pela clara, olhos esverdeados, peitos deliciosos e tão naturais quanto possível e assim como a amiga dela, ela tinha a pela macia e o corpo 110% depilado.
Lúcia aproximou-se me beijou, enfiou a mão dentro da minha calça tirando meu pau para fora, punhetou e caiu de boca nele depois chamou a Patrícia para dividi-lo com ela e as duas ajoelhadas baixaram minha calça e iniciaram um gostoso boquete em mim, enquanto a travesti engolia meu pau, minha esposa dava um delicioso trato no meu saco e nas bolas.
Depois ficaram de pé e minha esposa ficou entre nós, de costas para mim que encoxava sua bunda e de frente para patrícia que a beijava e mamava nos seus seios, daí foi à vez dela ajoelhar-se e abocanhar meu pau e o da travesti nos fazendo um delicioso boquete, enquanto eu mamava nos peitos da Patrícia.
Quando ela levantou-se inverteu as posições, fiquei encoxando e pegando nos peitos da travesti por trás enquanto ela beijava e roçava sua buceta no pau duro da Patrícia.
Daí a Lúcia falou no meu ouvido que estava louca para fazer um trenzinho novamente, eu sorri peguei duas camisinhas e passei para ela que rapidamente encapou meu pau e o da Patrícia, depois ficou de costas com as pernas abertas apoiada na poltrona recebendo a rola da Patrícia na sua buceta e deixei-a fode-la um pouco, depois entrei por trás da Patrícia e comecei e enfiar meu pau no cu dela, segurando-a pela cintura comecei a estocar forte e a cada estocada que levava a travesti jogava o corpo sobre minha esposa, que gemia alto com a pressão que recebia e as fortes entradas e saídas da rola da travesti arrombando mais sua buceta.
Lúcia gemendo e muito excitada implorou para a Patrícia foder seu cu, pois minha esposa queria sentir o mesmo tesão que a travesti estava sentindo com minha rola atolada no rabo dela.
Patrícia sem demora colocou a Lúcia de quatro na cama, passou a cabeça do pau na entrada do cu dela e tratou de enterrar sua rola, sem dó, arrancando gritos e gemidos da minha esposa.
Voltamos para o trenzinho da alegria comigo fodendo o cu da Patrícia e ela fodendo o cu da Lúcia que gemia muito, uma gostosa loucura que a gente nunca tinha experimentado até aquela viagem.
Não agüentando mais sai do rabo da Patrícia, tirei a camisinha, subi na poltrona e esporrei gostoso em cima das duas putas, minha porra jorrou mais no rosto e nos cabelos da Patrícia que continuava trepando alucinadamente com a Lúcia.
Lúcia estava totalmente submissa a travesti, que sobre ela socava seu pau com força arrombando mais e mais seu cu, minha esposa gozava seguidamente. Patrícia anunciou o gozo e saiu de dentro dela, tirando a camisinha jorrou muita porra na sua boca, rosto e nos seios da minha esposa.
Lúcia de olhos fechados se deliciava com mais um delicioso banho de porra, a travesti de pé continuava com o pau duro na altura do rosto dela, que continuava a dar um trato completo da cabeça do pau até as bolas do saco da Patrícia.
Depois as duas cansadas se beijaram, passando porra de uma língua para a outra, pois a Patrícia ainda tinha minha porra em sua boca e caíram extasiadas na cama, depois a travesti veio beijando e lambendo todo o corpo da minha esposa, mamando nos seus seios e bicos, descendo com a língua pelo seu umbigo, barriga até sua buceta, não agüentei e fui participa, enquanto Patrícia chupava sua buceta eu enfiava meus dedos dentro dela e a masturbava, fazendo minha esposa tremer de tesão e gozar novamente, deixando-a no ponto para nos fazer um gostoso boquete, dai também acabei dando outra mamada no pau da Patrícia.
Já quase atrasados, nos despedimos da “gata”, trocamos fones, deixamos um beijo para a Paula e voltamos rápido para nosso quarto, pois ainda tínhamos que nos arrumar para pegar o vôo de volta para SP.
No avião minha esposa dizia sorrindo que estava com a buceta e o cu arrombados e que teria de sentar-se de ladinho durante a viagem de volta, falamos de nossa aventura e sobre os dotes masculinos das travesti mais bonitas e femininas que já havíamos conhecido até aquele dia.
Abraços.
Foto 1 do Conto erotico: ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL

Foto 2 do Conto erotico: ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL

Foto 3 do Conto erotico: ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL

Foto 4 do Conto erotico: ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario fabio revrse

fabio revrse Comentou em 24/11/2012

bom demais entre em contato gostaria desta experiencia tambem! fabio_reverse_2012

foto perfil usuario dotado21cm

dotado21cm Comentou em 11/11/2012

sensacional

foto perfil usuario nea

nea Comentou em 10/07/2012

Maravilha... que tesão... fotos lindas

foto perfil usuario linsar

linsar Comentou em 06/07/2012

beto continuo admirando seus contos muito bom. Parabéns espero continuar recebendo seus contatos. um Abraço.

foto perfil usuario linguado69

linguado69 Comentou em 10/03/2012

TEM MAIS NADA BETOVEM PARA PUBLICAR ME ENVIE ALGO OK ABÇS

foto perfil usuario linguado69

linguado69 Comentou em 08/01/2012

BETOVEM SEU VIADINHO POR ONDE VC ANDA SUMIU VOCE E A LÚ CARA DE O AR DE SUAS GRAÇAS NÃO ME ENVIA MIAS SEUS RELATOS A LÚ NÃO ESTA MAIS TENDO TEMPO PARA OS AMIGOS SOMENTE PARA OS QUE A FODEM GOSTOSO ELA ME CHA DE SEU AMANTE VIRTUAL.

foto perfil usuario leka

leka Comentou em 05/01/2012

kra sou kzada to aki loka querend essa gata gosto muito d uma mulher mas esta ai eu qro p mim queria q meu marid me deixase fikar a vontad. Parabens viu

foto perfil usuario linguado69

linguado69 Comentou em 01/01/2012

BETOVEM ACHO QUE VCS DOIS VIRAM ALTOS FILMINHOS DE TRAVECO QUE ENVIEI A VCS DOIS PARA VEREM ACABARAM ,SE COMUMICANDO PARA EXPERIMENTAR ESTA UMA FODA ASSIM SEU CONTO ESTA MUITO GRANDE CARAR EU TENHO QUASE CERTESA QUE VOCE LEVOU TAMBÉM UMA PIROCADA DAS MENINAS, PELO QUE SEI A LU É MUITO TARADA E QUER MUITO VER VC SENDO ENRRABADO RSRSRSR CONTE A VERDADE FOI OU EMRRABADO PELAS BONECAS A VERDADE!!!

foto perfil usuario gato loiro

gato loiro Comentou em 09/12/2011

belissimo conto amigo ,,,muito tesão . parabens.

foto perfil usuario

Comentou em 01/12/2011

valeu gostei e adorei conta mais tens o meu voto

foto perfil usuario marcelo22

marcelo22 Comentou em 27/11/2011

realmente delicioso est conto kero comer estas travestis gostosas tbm, e a sua esposa puta junto

foto perfil usuario casalsampab

casalsampab Comentou em 27/11/2011

adorei o conto muito bom beijos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


11819 - Minha esposa transando no estacionamento - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
11831 - Esposa e dois homens num cine porno no Arouche - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
11832 - A primeira vez da minha esposa e nosso cão - Categoria: Zoofilia - Votos: 7
11846 - Minha esposa fodeu com meu amigo em casa - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
11862 - Sacanagem com a esposa na sexta-feira de carnaval - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
11874 - Domigo Carnaval, primeira orgia com minha esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
11942 - Transformei minha esposa numa Puta neste Carnaval - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
11944 - Esposa sendo fodida numa boate liberal no Carnaval - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
12197 - Esposa currada numa locadora de vídeos pornôs - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
12372 - Orgias com Minha Esposa no sitio do pai dela - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
12933 - Levei Minha Esposa a São Luis e Fiz Dela uma PUTA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
12935 - Esposa Puta+Praia+4 Homens= Orgia e Muita Porra - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
13099 - Meu Chefe Fodeu e Gozou na Buceta da Minha Esposa - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
13882 - Minha esposa foi PUTA novamente num cine pornô - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 10
16583 - Ele Encheu a Buceta e Cu da Minha Esposa de Porra - Categoria: Traição/Corno - Votos: 37
25699 - Esposa Grávida de Outro Arrombada pelo Caseiro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20

Ficha do conto

Foto Perfil alberto.
alberto.

Nome do conto:
ESPOSA PUTA ARROMBADA POR TRAVESTIS-REAL

Codigo do conto:
14399

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
24/11/2011

Quant.de Votos:
33

Quant.de Fotos:
4


Online porn video at mobile phone


porno conto erotico de traiçãocontos eroticos de transando com a cunhada casada e com seu marido bi sexualcontos eroticos pedi pra minha prima nao dar bandeirafodendo com bandidos mae contosporn esposa cavalonaconto erotico gay amigos adolescênciaconto erotico insaciavellimomada giibi pornogay conto amando o maconheiro cap1Conto erotico ajuda no banhocontos eroticos vi minha esposa me traiacampamento conto eroticoquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosgozando na boca da filhinhacontos eroticos trai meu marido em casa com dois negoescontos eorticos massagiador de prostataA noite que ele pediu pra,ser cornoDaniel cu contos erticos gaysconto erotico de homem come a mulher que era louco por elaconto erotico vovo postiço chupando xanaBlack Wade: O Lado Selvagemdo Amor - Parte3Quadrinhos hentais dona marcia eo mendigocontos eroticos menino adotivo pe de mesaxvideo lesbico iniciaçao lesbicocontos deixo meu filho passar a mão na tô cabeludaver conto erotico sob caminhoneiro pirocudoencoxada no onibus conto eroticonoivasputapriquito de mulhe vigemcomtos bdsmthalia conto travesti com fotoscontos eroticos gay negao chibatatitio caralhudo noivo corninho safado noiva putinha contos eroticosConto de Incesto por vingançacontos erotico icesto calca lelggcontos e relatos eroticos de traicao peguei minha esposa transando com dois negao dotadoscontos gay virei puta do molequehomem vai na casa do outro homem pegar a sucar e ele vai quando vouta ta o moreno no sofa mechedo na rola para fode o cu deleno meio da minha bundinha contos eróticosContos éroticos caseiro taradão da rolona grossa rasgando o cusinho da patroa loirinhaquadrinho erotico pai fudedo com a filhaconto de sexo meu padrinhoMeninas boqueteiras contosHq porno gaycontos heroticos comendo duas casadas crenteAsemana do saco cheio quadrinho eroticoConto erotico gay-a cueca do dentistacontos o cara comedy minha mukher na prsiawww.un jato de porrsa nsa boca maeconto gay de camisolinharasgando a buceta conto eróticoconto erotico gay o musculoso me comeuComi o cu da minha vizinha de quatorze anos a forca e gozei na cara delaSexo,com,cliente conto eroticoquadrinhos eróticos negrosconto erotico velho gato e ninfaanimal erotica analchaves fudendo dona florinda hentaiquadrinho erotico filho com ciume do amigo da maedei a bucetapromeu filhoContos eroticos gosto de estupro seiosentregador de pizza tarado e chupao de bucetaAM15 – começando a despedida conto erótico convidei a vizinha chupar meu marido jutasComendo a irmã Izabel parte 2 contosmamei na patroa contoscontos eroticos fotosgemendo e fritado como loco pau novinho gay fotosmeu primo tirou minha cueca e cheirou minha rolaConto transei com uma lesbicacontos eroticos de travestis com fotos ,e cdzinhascontos gay com estupro por guarda vidasconto no banho com tiascontos incestos como o pinto do meu filho e grande e grossofilme porno estupros mulheres estupradas em kuanto mae dormia pelo paiconto gay padrinhovideo porno negao enpura arola na novinha ante ela tremerconto erotico. menino de dez anos dandona bundaconto erotico no banho da academiaconto erotico eu e o negao velho na pescariapadres geys fodendo com paroquianosContos eroticos ilutrasdo pauzao gostoso que me fez goza muitowww.imagens de tia porno em hetaifilhaputacontosexo com profconto erotico... Tia e sobrinho menorquadrinho porno gay tedyquadrinhos eroticos de avos gostosasconto erotico taradoesposa pede para o esposo trazer bomem pausudo para fudelagay com cu cheio de porraConto no cu da vizinhahomem xhomem bhsilto a esposa na boatesexotranaei com meu irmao