Paguei peitinho na festa da empresa e fui demitida junto com meu pai



Desde pequena eu percebia que meus seios eram maiores que o das meninas da minha idade. Isso me deixava vaidosa e por isso adorava usar tomara-que-caia com bustiê e um blazerzinho por cima pra cobrir os ombros. Eu sempre fui tímida e comportada, moça evangélica, criada em família conservadora. Apesar da minha vaidade, eu sabia me controlar me exibindo sem ser vulgar. Eu nunca exagerei, mesmo assim sofri repreensões da minha mãe e até do pastor.
Eu trabalhava no caixa de uma empresa de eletrodomésticos. Pouco tempo depois meu pai foi contratado como vendedor. Desde então passei a andar de moto com meu pai pelo menos quatro vezes no dia. Eu adorava andar com os peitos colados e ralando nas costas dele, pois dessa forma conseguia ver a frente da moto, mas em nosso bairro eu me afastava pois tinha medo do que as pessoas podiam pensar em me ver como uma perereca nas costas do meu pai. Na empresa fui apelidada de Irmã, por ser evangélica e por estar sempre de blazer; e meu pai ganhou apelido de Irmão.
No fim do ano fomos a uma confraternização da empresa. Depois do almoço alguns foram embora, principalmente as moças, mas fiquei pois tinha que esperar meu pai. Fazia calor, por isso tirei o blazer deixando meus ombros pelados. Eu me sentia atraente e estava chamando a atenção de todo mundo. Lá pelas tantas fizeram um desafio para a Irmã entrar na piscina. Confesso que fiquei empolgada e com vontade de me exibir, embora ali não houvesse nenhum rapaz novo ou bonito. Meu pai era o único que não tinha bebido, mas estava “dominado” e até acompanhou os gritos de:
__Irmãã.. ãã, Irmãã.. ãã, Irmãã.. ãã.
Eu estava com um shortinho de lycra por baixo do vestido. Ainda tentei me livrar dizendo que não tinha biquíni e que estava de bustiê. Paulinha, a única mulher do grupo, comentou que “isso não era problema”. Me fazendo de boba, falei que estava de shortinho. Isso deixou o pessoal eufórico e me deixou sem saída para o desafio. Olhei pro meu pai e ele resmungou:
__você vai banhar?
Isso não era problemas pois todas as meninas tinham tomado banho na piscina, inclusive Paulinha. Vieram as apostas. 100 reais era pouco, mas era melhor ganhar que não ter. Fui no banheiro com Paulinha. Foi ela quem não me deixou desanimar. Tirei o vestido e...
__nossa amiga, que bundão eim. Você vai arrasar!
Realmente eu tinha a bunda grande. Voltei de shortinho preto de lycra exibindo minha bunda redonda e empinada, e meus seios grandes rendidos dentro de um bustiê velho, frouxo, listrado verticalmente de roxo, azul e cores aproximadas. Cheguei a pensar que estava frouxo demais, mas mesmo assim tentei me enganar. Desci as escadas da piscina e os homens se juntaram ao redor dela pra me ver mergulhar. A água chegou no meio da minha barriga. Olhei e vi todo mundo esperando meu mergulho: a Paulinha, Ricardo, Mauro, Daniel, Wesley, Jilvam, Moacir e meu pai. Nisso estava aproximando a Sheila, a Clara e o patrão comentando que eu iria mergulhar... A Clara estava com o celular na mão, parecia que ia filmar ou fotografar. Fechei a respiração e os olhos e desci o corpo emergindo na água. Subi de uma vez e senti meus seios cedendo, o bustiê desceu com tudo e meus seios nus chacoalharam na saída da água. Eu não tive tempo de acudir os seios, primeiro que meus cabelos tinham se juntado em meu rosto e estavam me afogando junto com a água; e segundo que eu não tinha visto o bustiê cair. Todos gritaram. Olhei pra baixo e vi meu bustiê na flor da água e meus seios nus pendidos balançando fora da água. Tapei os seios e puxei o bustiê, mas em 30 segundos todo mundo tinha visto. Saí da piscina sem graça e fui pro banheiro me vestir de volta. Meu coração estava acelerado. Paulinha me seguiu rindo:
__nossa Irmã, pagou peitinho pra todo mundo lá.
Me senti envergonhada para voltar junto do pessoal e pedi que chamasse meu pai pra me levar pra casa na mesma hora. De qualquer forma na segunda-feira tive que voltar a trabalhar. Eu sabia que todo mundo tinha visto, e conhecendo o pessoal da empresa tinha certeza que todos já sabiam. Na empresa perguntei pra Clara se ela tinha filmado, mas ela afirmou que não. Não fiquei convencida, mas não podia fazer nada. Pouco depois me avisaram que eu estava sendo chamada no escritório. Já fui pressentindo os problemas. Quando cheguei vi meu pai sentado junto a mesa e minha patroa atrás do patrão, disse:
__então Elaine você sabe porque tá sendo demitida né?
Meu corpo gelou. Ela continuou:
__nossa empresa é uma empresa de família e a gente não tolera esses tipos de coisas aqui não. Já pensou, justo você que é crente, Elaine.
Meu pai quis falar alguma coisa, mas meu patrão cortou ele:
__você também. Você que é o mais culpado dessa história seu Valdeir.
Pouco depois a gente voltou na loja apenas pra pegar nossas coisas e voltar pra casa. No caminho não parei de pensar, estava ofendida com as palavras duras da minha patroa. Até de puta ela tinha me chamado. Enquanto isso meus peitos quentes roçavam as costas do meu pai que pilotava sua Bros rumo a nossa casa. Que desculpas arranjaríamos em casa pra minha mãe? Pensei nisso, mas não sabia o que fazer além de pensar. Na entrada de casa meu pai pediu para não deixarmos minha mãe descobrir as razões das nossas demissões. Sei que ele inventou uma razão que não vem ao caso e ela aceitou como verdadeira.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 21/10/2019

Sem dúvida um dos melhores contos que já li. Tesão!!!

foto perfil usuario guya

guya Comentou em 11/09/2019

muito bom

foto perfil usuario ivoneteribeiro2012

ivoneteribeiro2012 Comentou em 11/09/2019

Que sacanagem, demitir so por mostrar os peitinhos.

foto perfil usuario 448044la

448044la Comentou em 11/09/2019

Muito bom Parabéns

foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 10/09/2019

delicia de conto ... só faltou as fotos




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


60603 - O galã secreto do bate-papo é meu pai. E agora? - Categoria: Incesto - Votos: 38
60873 - O galã secreto do bate-papo é meu pai. É carnaval - Categoria: Incesto - Votos: 43
61018 - O galã secreto do bate-papo é meu pai. Só assim? - Categoria: Incesto - Votos: 17
61264 - Flagrei meu pai batendo punheta na minha calcinha - Categoria: Incesto - Votos: 30
69524 - Exagerei e meu padrasto me prendeu pelada no mato - Categoria: Incesto - Votos: 20
69710 - dei pro meu pai e meu vizinho ouviu tudo, e agora? - Categoria: Incesto - Votos: 31
73314 - Dominado por minha filha até ser pego em flagrante - Categoria: Incesto - Votos: 10
73743 - Papai me amarrou pelada na árvore. Qual o segredo? - Categoria: Incesto - Votos: 8
77366 - Até pelada pareço meu pai, disse a filha do patrão - Categoria: Incesto - Votos: 8
77772 - Seria mais um escândalo, eu e meu pai em pecado - Categoria: Incesto - Votos: 11
78878 - Vingança de filha (parte1) - Categoria: Incesto - Votos: 23
84086 - a mão boba do meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 10
84088 - Depois de velha papai me comeu - Categoria: Incesto - Votos: 17
92109 - fiz tatoo, um video pelada. O pastor e meu pai viu - Categoria: Incesto - Votos: 9
125135 - acabei mostrando meus seios pro meu pastor na webcam - Categoria: Exibicionismo - Votos: 19
128607 - Cu de bêbada não tem dono: funk proibidão e whisky com papai - Categoria: Incesto - Votos: 28
128618 - O rabão da cantora evangélica novinha seduziu o pastor - Categoria: Fetiches - Votos: 22
128693 - Meu pai adotivo me protegeu e me deu carinho proibido - Categoria: Incesto - Votos: 23
129996 - Como consegui o cargo de regente dos jovens e os carinhos proibidos do meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 22
130122 - Por baixo da saia colegial pregueada: a popa da minha filha - Categoria: Incesto - Votos: 21
130343 - Tio Zezo virou mendigo, fui atrás do meu capacho e virei potranquinha dele - Categoria: Fantasias - Votos: 8
130612 - Depois que meu pai me viu pelada na clínica. Conto 1: a confissão - Categoria: Incesto - Votos: 16
131080 - Meu pai descobriu que eu gosto de ficar sem calcinha - Categoria: Incesto - Votos: 42
131082 - Fui encoxada por meu pai durante um evento gospel - Categoria: Incesto - Votos: 45
131741 - Abandonei meu marido pra fugir com meu ex-padastro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 15
137515 - Me assanhei e meu pai me passou a pica - Categoria: Incesto - Votos: 42
138353 - Tive uma experiência louca com meu pai, e ainda tenho dúvidas. - Categoria: Incesto - Votos: 14
139107 - Escondida dos pais fui conhecer a cachoeirinha e perdi meu cabacinho com um coroa - Categoria: Virgens - Votos: 19
139637 - Meu padrasto incentivou a me exibir, mas não aguentou ver e me comeu - Categoria: Incesto - Votos: 33
143962 - férias com o papi: esqueci de levar minhas calcinhas - Categoria: Incesto - Votos: 19
144352 - Ilhada numa casa de palafita com papai - Categoria: Incesto - Votos: 23

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico lawren12

Nome do conto:
Paguei peitinho na festa da empresa e fui demitida junto com meu pai

Codigo do conto:
144185

Categoria:
Exibicionismo

Data da Publicação:
10/09/2019

Quant.de Votos:
15

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


deichei esfregar e perdi o cabaco contoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaTrepando com um transman - contos eróticoscontos cornos 2017contos reais eroticos velhinhocontos eróticos 082 anos chupando o cu e o pinto do velho e idosoContos Eróticos De Gay Comi.a Bundaconto porno real na estrada com fotos conto erótico , cornoEstudante fode com professor contofodi o cu da minha ex com farinha contos eroticosconto erotico tia mentruada e com muito tesaoultimos contos sadoconto de incesto deixei minha filha de 10 da para o meu maridoVovo especial do pau grande contosmeu irmão chupou minha bucetaSexo com minha prima conto eroticopaguei caguei boca da puta sexo scat contopornô grátis só contos eróticos sogra cozinhaMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contosporno quadrinho 3ddeitada de brucos e aparecendo a bucetaas duas bundinha para o macho contoContos de incestos mamae brinca de lutar com filho ele fica com tesaocontos eróticos eu marido e amate em dupla penetração[email protected]sexo em quadrinho gay a forçavídeo ksaliniciantecontos erótico cearenseminhas bebes pequenas conto eroticocontos eroticos a crente do fretadoxvedeo anal aproveitador e comi cucontos eróticos pastoras que só da o cucalcinha da prima contos eroticoscontos eróticos esposa de meu tio bikini da minha prima praia cerveja limpezanovinha brincado de medicocontosContos erotico eu e minhas priminhas inocência perdendo a virgindade com un velhomenina conto eroticoconto foder caralho pequenosexo gay em quadrinho cacador novato virando adultoConto erótico sogra gorda atenciosaconto erotico morena maecontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaxvidiocasada fazendo sexo com pastor dotadocontos eroticos incestos orgiasyu-gi-oh sexoconto aventura no onibusentiadacontoeroticominha mulher no quarto com outro adoramos conto eroticosConto fudendo a kailaquadrinhos eroticos gay chiquititasConto erotico gravidacontos eroticos + punheta 2018bundaopeladade4Contos eroticos engravidei do meu cachorroContos eroticos de cuidador de idosoamigo negro do meu filhocontos eroticos com documentosConto erotico perdi o cabaco no terracoconto erotico sexo na trilha[email protected]peguei sheilinha no carrocontos eroticos amigo do penis grossoconto de perdi na aposta e tive que da meu cuzinho de pagamento que chorei de dormeline conto eróticocontos erotico ingravidando asogra ja que afilha nao pode te filhocontos eróticos de sexo entre mãe e filhoGoiás conto gay cu vigia 2017mãe coloca lingerie para filho incestoAmor a prineira vista conto erroticoWww.videopornoestoriacarnaval 2017 putaria de Mozdoirmaodotadogayconto erotico faveladaConto erotico cabacoconto erotico na lanhouse peguei na rola do cara do pc do meu ladocontoeroticofilhamaridocontos eroticos com netinhas e vovoContos Padrasto tirando cabaçosContos as caricias por debaixo da mesa meu padrasto