Domingo especial



Após ser muito bem comida por Michele e Bruna juntas, fui relaxar um pouco na sacada, deitada em uma espécie de espreguiçadeira. Eu estava nua e nem me
importava se alguém de algum prédio vizinho estivesse olhando, eu estava no meu espaço e não estava nem aí. Eu ouvia as gargalhadas e sons da Bruna
transando com a Michele. Nós três estávamos exaustas, mas imaginei que Michele estivesse ainda mais, pois como seu trabalho é absolutamente sexual, e ela tinha trabalhado a noite toda, transou comigo de madrugada e estava transando com Bruna desde o amanhecer, uma hora ela iria apagar. Dito feito. O barulho foi diminuindo e logo Bruna chega na sacada, usando um camisetão longo que eu adoro, bem velho, sem nada por baixo. Ela abaixou, me beijou carinhosamente e disse:
- Obrigada por tudo o que você tem feito...nunca nessa vida eu terei como retribuir. Graças à você eu realizei a maioria das fantasias sexuais que eu tinha. Fico meio envergonhada de saber que dei trabalho para vocês. E por falar em vocês, onde está a Kátia?
- Ah, Bruna, Kátia foi para casa. Ela ainda obedece àquele idiota do marido dela. Ela prometeu para ele que voltaria antes do almoço...mas a gente vai se encontrar outras vezes, pode ter certeza.
- Meu, eu amei conhecer melhor ela, além de ser uma deusa, ela é tudo de bom. Essa mulher não existe, por isso você é tão apaixonada por ela...
- Verdade, eu tenho uma grande paixão por ela, e não é só sexual, ela mexe com todos os meus sentidos...e por falar em sentidos, a Michele, perdeu os
sentidos? Apagou? Vi que a gritaria se acalmou...
- Sim, caramba Andressa, ela me deu um "pega" mais forte e logo que gozou ela estremeceu e já saiu de dentro de mim, deitou e dormiu. Deve estar exausta!
- Todas nós estamos...estou até com preguiça de ir para a cama.
- Vamos deitar lá no seu quarto. Tadinha da Michele acabou dormindo na cama molhada, que vergonha...nunca imaginei que pudesse acontecer uma coisa
dessas comigo...
- Fica tranquila, acontece mesmo. Acho que vou aceitar seu convite.
Fomos para a cama e ficamos acariciando uma a outra. Nossos corpos estavam doloridos e cansados, mas nossa mente via sexo em tudo.
- Caralho, Bruna, meu grelo está doendo muito quando fica duro. Sem contar a dor que estou sentindo na barriga.
- Nem me fala...minhas coxas estão moídas, parece que fui atropelada.
- Bruna, vou levantar, não consigo dormir, tenho que achar alguma coisa para fazer...
- Ou para beber! Pensa, ainda nem é hora de almoçar, a gente pode beber o dia todo. Daqui a pouco a Michele acorda e começa nossa festinha novamente!
Fomos até o quarto onde para ver como Michele dormia. Ela estava muito tesuda, seu pau, mesmo mole era bem grande e grosso. Suas coxas, dignas de
uma mulher que vive na academia e aqueles seios se uniam ao conjunto. Juntas, eu e Bruna ficamos lambendo o pau e as bolas de Michele. Seu pau dava pulos e suas bolas começaram a se revirar. Logo ela estava com o pau duro, ainda dormindo. Lembrei de um consolo que tenho guardado e fui até meu
quarto buscar, queria usar ele me Michele. Quando retornei encontrei Bruna montada no pau da Michele, já com todo ele atolado em sua buceta. Fiz ela se
reclinar sobre o corpo de Michele e abocanhei sua bunda, abraçando forte, beijando seu cuzinho e a todo o momento enfiando minha língua toda nele.
Coloquei delicadamente o consolo todo dentro de cu da Michele. Com os movimentos que Bruna fazia sobre ela, não levou muito tempo e nossa amiga
acordou. Ela ainda meio fora do ar, acariciou os seios de Bruna, recebeu meus beijos e eu fui ajudar elas na busca pelo prazer. Enquanto minha cunhada subia e descia, fazendo o pau de Michele aparecer e logo sumir por completo dentro dela, comecei a chupar suas bolas. Eu colocava todo o seu saco dentro de minha boca e o chupava bem gostoso, ao mesmo tempo em que movimentava o consolo dentro de seu cuzinho. O pau de Michele começou a pulsar, como faz enquanto ela goza, mas ela começou a reclamar, dizendo que não estava bom. Ela não conseguia mais gozar, seu corpo estava tão exausto que Michele disse que sentia uma forte dor cada vez que o pau pulsava.
- Nossa, suas vadias, acabaram comigo! Meu pau está doendo muito e até minhas bolas estão doendo. Vocês não tem noção de quando tem que parar?
Eu e Bruna ficamos em silêncio, apenas nos olhando.
- O pior é que agora eu não consigo gozar e o meu pau vai ficar duro por um tempão...mas pode esquecer, não quero que vocês duas nem cheguem perto de
mim hoje. Tira esse cacete do meu cu, agora eu vou pra minha casa, gente sem noção. São umas patricinhas mimadas!
- Desculpa Michele, eu não sabia que você ficaria desse jeito...fica aqui, não vai pra casa, deita e dorme, a gente promete que não vai te incomodar.
Ela aceitou, deitou novamente e voltou a dormir. Eu e Bruna fomos tomar um banho e saímos para encontrar um restaurante. Voltamos para casa perto das 14h e Michele ainda dormia. Ela só foi acordar depois das 18h, e mesmo assim não pode ir trabalhar de tão acabada que estava. Eu e Bruna levamos Michele para fazer um lanche, em um barzinho legal da cidade. Algumas pessoas olhavam atravessado para ela, e talvez não entendessem o motivo de nós duas, super conhecidas por ali, estarmos acompanhadas da trans que fazia ponto perto dali.
- Vou embora, não quero que vocês passem vergonha por causa de mim.
- Cala a boca e senta aqui do meu lado!
Falei em tom áspero para Michele. Ela sentou, fizemos nosso pedido, algumas pessoas foram embora logo que viram Michele, outras apenas fofocavam e
algumas não se importavam. Michele comentou que a maioria dos homens que saíram quando chegamos eram conhecidos dela, alguns até eram clientes de longa data. Jantamos, rimos e bebemos. Levamos Michele para casa e voltamos só eu e Bruna para meu apartamento. Dormimos nuas e abraçadas até o meio da madrugada, quando acordei com a língua de Bruna quase tocando meu útero, de tão empolgada na chupada que ela estava. Transamos até o dia clarear. Tivemos um péssima segunda feira de trabalho!

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario muitoputo

muitoputo Comentou em 08/11/2019

Hummmm....delicia de putaria...muito tesuda! Adorei meninas....adoro putaria de putas safadas...beijos!

foto perfil usuario pauzaomoreno22cm

pauzaomoreno22cm Comentou em 08/11/2019

Delicia de conto da muito tesao de ler

foto perfil usuario robertoeluiza

robertoeluiza Comentou em 08/11/2019

votado




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


142089 - O pau mais lindo do mundo - Categoria: Incesto - Votos: 83
142131 - O resultado da festa - Categoria: Incesto - Votos: 54
142299 - Curtindo meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 37
142572 - O banho do papai - Categoria: Incesto - Votos: 39
142957 - Tentando preencher o vazio - Categoria: Heterosexual - Votos: 16
143093 - Fim de ano diferente - Categoria: Incesto - Votos: 14
143541 - Mulher maravilhosa - Categoria: Lésbicas - Votos: 17
143636 - Minha primeira festa - com Kátia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 16
143925 - Finalmente fui possuída por meu pai - Categoria: Incesto - Votos: 38
144114 - Decisões - Categoria: Incesto - Votos: 13
144178 - Casa nova - Categoria: Incesto - Votos: 18
144637 - Novo Dia - Categoria: Incesto - Votos: 9
144685 - O Jantar - Categoria: Incesto - Votos: 7
144929 - A Festa - Categoria: Incesto - Votos: 12
145306 - Minha Cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 16
145317 - Dia após dia - Categoria: Incesto - Votos: 17
145360 - O Dia do Pagamento - Categoria: Incesto - Votos: 6
145362 - O Pagamento - Categoria: Incesto - Votos: 14
145569 - Recebendo Visita - Categoria: Incesto - Votos: 12
145905 - Conhecendo uma trans - Categoria: Travesti - Votos: 21
145965 - Novamente Michele - Categoria: Travesti - Votos: 13
146019 - Fazendo caridade - Categoria: Travesti - Votos: 17
146211 - Virei cliente - Categoria: Travesti - Votos: 19
146295 - Pau velho - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
146364 - Mais uma festa - parte 1 - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
146756 - Mais uma festa - continuação - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
146827 - Fim de semana com a cunhadinha - Categoria: Incesto - Votos: 9
146878 - Presente para a cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 15
146898 - Tentando entender a origem de minha putaria - Categoria: Incesto - Votos: 7
146931 - Lembranças do passado - Esperma do papai - Categoria: Incesto - Votos: 16
147008 - Irmão e Cunhada - Categoria: Incesto - Votos: 8
147012 - Realizando a fantasia com meu irmão - Categoria: Incesto - Votos: 19
147052 - Posse voltar para casa, mas não já! - Categoria: Incesto - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil amandhinha
amandhinha

Nome do conto:
Domingo especial

Codigo do conto:
146903

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
08/11/2019

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


desenrolar do Boyzinhohq pornoconto erotico pego pela irma batendo punhetaconto erótico meu primo tem um pau enormenaninhas piludascontos eroticos mae fode com filho pauzudo com downdois maconheros me comeram gaycontos erotico corno assumidoscontos eróticos meu avô cuidou muito bem de mimconto erótico o novinho da igreja me comeuconto erotico gozar dentro buceta da coroacabecinha dentro do cuzinho dela + papaiconto erotico menina novaconto erotico de mae e filho com fotoscavalo goza dentro de mulherperdi as preguinhas do cu quando era pequenaBen 10 quadrinho pornoquadrinho real xxxconto erótico o marido da minha filha mim comeu e minha filha participoucunhada visitAndo conto eroticocasa dos contos trai minha mulher dandocontos erótico esposa passadoconto no banho com tiasconto erótico praia saradosconto erotico punhetado por caridadeMagiespadas hentaiconto estrupei minga patroa pirnocontos eroticos mendigo comeu meu cuContos eroticos selvagem esposaconfesso que ccontos eroticos chupando minha betaimagens da julia pais com o cu arronbado saindo porrawww.zooskool cunhada tarada pela pica do cavalomexendo na minha xereca contoscontos eroticos gays - ladraoconto erotico gay viado afeminado vira escravo do coroa pirocudonudes heteroo beto estava de calcinha dar espelhosogrode ninfeta contoscontos erotico presente. para esposaconto de incesto fodi a mulher crente.macrinhafuncionaria laboratorio trai marido pornoperdi as preguinhas do cu quando era pequenadesenhos em quadrinhos de sexo"a filha da vizinha" contos eróticoboquete contocriando a entrada banho conto erótico minha esposa tem sempre tesao sou cirnoconto erótico gay negros bananaconto erotico bebada trai meu maridothiagoonoivocontos porno eu e minha amiga transamo com o marido delaConto no cu da mamãenua da moz mostra buceta tirando espermatozóidesconto erotico catolica casadadownload xxx preta levando deitada de costas com a tia 2minutosMeu filho.e as calcinhas contoCONTO INCESTO NO CUZINHO VOVÓZINHA DE MADRUGADAconchinha dormir corno contoconto erotico brasileiro narradoconto erotico filha de empresario ajudano mendigovi pai pelado pinto dele e muitograndee ecomeu euconto eroticos minha mulher tomando banho na casa do vizinhoconto erotico mulher briga com homem de pinto pequenoinquilina paga aluguel mama maior pica sexo videosconto: gozei feito vadiaConto erotico esposa e o.negãoquadrinho porno comendo bucetalactation porn comicsconto erotico de enteada rabuda e novinhaconto erotico de marido gosta de rolacontos eroticos no onibuscontoeroticodfWww.conto eroticomorena no tremconto gay os lekescontos eroticos comi meu filho novinhoconto erotico tia lucia parte 4contos eroticos desde pequena gosto de grupal agora casadaMeu neto me comeu e sua mae bis pegueu no flaga porno contoperdi as preguinhas do cu quando era pequenapenis de homens negrosconto erotico em quadrinhõesposa foi arquivado no porno cornogrossopenesContos pornos em quadrinhos interracialrelatos heroticos o meu patrao comprou-mecontos reais de esposas usando calcinhas pequenaperdendo a virgindade com um coroa contoContos eroticos filhinha pede leitinho para o papaio sogro tarado 4contos erotico casada com dois fantasiatio tarado pega enteadanua