CASO Nº 26 - NO MOTEL COM O PASTOR



Na vila onde moro, tem uma igrejas evangélica, não sou de frequentar muito, mas sempre que posso tento ir. Sabe o que dizem né, sou a famosa “crente da bunda quente”. O pastor Osvaldo é casado e com filhos, um homem de respeito para comunidade. Sua fama de comedor, se espalhou espantosamente nos últimos meses entre todos. Desde que ouvi essas histórias minha fé ressurgiu, comecei a ir aos cultos às quartas e sempre que podia sentava nos primeiros bancos. Como toda boa crente, ia com um vestido comportado, uma puritana. Pastor Osvaldo, fazia um show, sua voz grossa e seu olhar profundo já estava me deixando maluquinha, por mim deixaria me comer ali mesmo na frente dos fiéis. Me segurava quando o homem se aproximava, ficava reparando em seu volume nas calças sociais justas, um homem de respeito e um volume assustador. Quando acabava o culto, alguns fiéis ficavam para conversar com o pastor. Neste dia o culto acabou próximo às 23:30h, sua mulher e filhos já haviam ido embora, restando apenas aqueles que precisavam de uma palavra com o pastor. Aproveitando que meu marido estava para começar seu turno de trabalho, decidi que iria investir. Esperei para ficar a sós com ele, fingia que rezava sentada no banco, quando último irmão foi embora, Pr. Osvaldo chegou bem próximo a mim e disse: “Irmã, já vamos fechar a casa do Senhor”, olhando dentro dos seus olhos e com uma voz doce respondi: “Pastos, estou tomada por uma chama dentro de mim, um fogo que está me consumindo inteira”, assustado Pr. Osvaldo rebateu: “Irmã, que fogo é esse?, o que está te afligindo?”, ele parecia realmente preocupado, “Pastor, preciso de um homem, meu marido não satisfaz minhas necessidades e há muito tempo não me sinto amada”, com cara de espanto, ele tentava procurar as palavras naqueles segundos de silêncio, sentou ao meu lado no banco, com uma das mãos em meu ombro falou: “Isso não é certo irmã, Deus criou Eva para Adão justamente para se amarem e suprir suas necessidades carnais”, senti a indireta nas palavras dele, fiquei na dúvida e resolvi colocar minha mão em sua coxa, meio que ele assustou, mas não me impediu, subindo até seu membro ao mesmo tempo que dizia: “Pastor, meus desejos carnais estão a flor da pele, ajude sua fiel a apagar este fogo”, com pequenos gemidos e uma voz falha: “Não é certo, sou casado e você também”, “Vai ser só uma vez, não vai deixar uma mulher explodindo de tesão na vontade?” disse pegando sua mão (grossa e áspera), ao mesmo tempo que outra mão levantava o vestido (claro que não estava usando calcinha), quando seus dedos encostaram na minha raxa ele reagiu com pequenos movimentos, “Sente como ela está fervendo!” falei, com a boca aberta em um minuto de consciência tirou seus dedos de mim e levantou. Pensou por alguns minutos e disse: “Aqui não podemos, mas me espere perto do pé de coqueiro no final da vila, logo vou te pegar”. Fui até o local onde marcamos, esperei por 10 minutos, um farol se aproximava em alta velocidade, parou sua camionete e às pressas entrei, ele não disse uma palavra no caminho, andamos uns 3 km e chegamos a um motel, escolheu um quarto e entramos. Ele foi na frente e entrou no banheiro, eu queria impressioná-lo, fechei a porta e tirei meu vestido ficando completamente nua, quando saiu do banheiro, seu olhar de espanto e sua cara de safado, soltou: “Meu Deus do céu, hoje eu vou apagar todo seu fogo com muita porra”, correu até mim, beijando meu pescoço, sua respiração ofegante de um touro selvagem, enquanto me beijava suas mãos gigantes massageavam meus peitos, ele não sabia se apertava minha bunda, os peitos ou descia meu rego até chegar na buceta, o Pastor Osvaldo estava frenético, segurou minhas coxas e me levantou do chão, na cama redonda soltou meu corpo, abrindo minhas pernas, sua linguá casava minha xoxota, desceu e me fez um oral, sua língua deslizava cada centímetro, nunca vi minha pepeca tão úmida, aquele homem sabia fazer um oral de respeito, segurando sua cabeça me contorcia inteira com aquela língua dentro de mim, dava pequenos gemidos. Parou, se levantou, tirou seu cinto e já sabia o que eu tinha que fazer, abri sua braguilha e senti algo duro, puxei sua calça para baixo e deixei apenas de cueca, cheirei seu cacete por cima, e quando tirei seu pau estava duríssimo, sem cerimônia, comecei a fazer um boquete naquele mastro, realmente Pr. Osvaldo, era bem dotado, mal cabia em minha boca, depois da primeira chupada ele segurou meu cabelo e forçou sem parar seu pau na minha boca até chegar na garganta, achei que ia morrer engasgada, “Chupa sua cadela, não queria um macho para apagar seu fogo?!”, ficamos nisso por uns minutos, até ele me colocar de quatro, chupou meu cú enquanto o dedo invadia minha buceta, novamente se levantou, desta vez pegou uma camisinha, deslizou no seu pau, chegou na entrada da minha buceta esfregou a cabeça do pau e enfiou de uma vez, “Pastos Osvaldo me come mais forte” gritava, “Sua puta! vou te rachar no meio”, aquele homem estava fora de si, metia sua jeba em mim numa velocidade absurda, estava a ponto de ter um orgasmo, me segurou na cintura e forçou em dobro, pensei que ia me quebrar em duas, gemia e gritava de tesão, tirou o pau da buceta, deu um belo cuspe no meu rego e começou tudo de novo no meu cuzinho, “Que cuzinho apertado” disse ele, me comendo com a mesma força naquela posição deliciosa, já estava esgotada e ele continuava a bombar em mim, parou, me virou, tirou a camisinha e punhetou algumas vezes até sair o primeiro jato de porra que acertou meu olho, “Ahhhh toma porra cadela”, veio o segundo eo terceiro, todos em meu rosto, estava toda melada com seu leite, cai ofegante na cama, ele para o chuveiro, tomou seu banho, vestiu sua calça e foi embora, sem ao menos agradecer a trepada. Fiquei ali por alguns minutos, me lavei e algumas horas depois fui embora de apé. Tinha que chegar antes das seis da manhã para fazer o café do meu marido.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario suzy83

suzy83 Comentou em 20/11/2019

Isso é que eu chamo de um pastor prestativo. Parabéns pra ele. Acho que, depois de uma ajuda dessas, você mesma até pagou o motel, né?

foto perfil usuario viciadoemcontos

viciadoemcontos Comentou em 11/11/2019

Que delicia

foto perfil usuario jppb

jppb Comentou em 10/11/2019

Uauu nossa q dlc me deixou de pica dura latejando de tesão q dlc adorei

foto perfil usuario frances21

frances21 Comentou em 10/11/2019

Muito delicia me tornarei pastor pra vc vir se confesar comigo

foto perfil usuario boy3131

boy3131 Comentou em 10/11/2019

Adorei, safada d+++, gostosa

foto perfil usuario felix sax

felix sax Comentou em 10/11/2019

EXELENTE CONTO! ADOREI! VOTADO! FALTOU AS FOTOS PARA ILUSTRAR ESSE CONTO! VOCÊ É UMA GATA MUITO GOSTOSA! ADORARIA DAR UM BANHO DE LINGUA NOS SEUS SEIOS, COMER SUA BUCETA E SEU CÚ, FAZER UMA ESPANHOLA BEM GOSTOSA NOS SEUS SEIOS, DAR UMA GOZADA BEM GOSTOSA NA SUA BOCA E FAZER UM BOQUETE BEM GOSTOSO NA SUA BUCETA ATÉ VOCÊ NÃO AGUENTAR DE TANTO TESÃO E GOZAR NA MINHA BOCA. BEIJOS.

foto perfil usuario casalbisexpa

casalbisexpa Comentou em 10/11/2019

delicia de putinha ... só faltou as fotos

foto perfil usuario martisant

martisant Comentou em 09/11/2019

Muito excitante




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


115399 - CASO Nº 33 - MEU SOGRO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 254
116718 - CASO Nº 17 - O PESCADOR - Categoria: Traição/Corno - Votos: 102
126340 - CASO Nº 9 - MEU CUNHADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 88
130503 - CASO Nº 13 - SURUBA COM TURISTAS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 66
140434 - CASO Nº 21 - O AMIGO DO MEU MARIDO - Categoria: Heterosexual - Votos: 62
143769 - CASO Nº 5 - SR. ZÉ DO MERCADINHO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 69
147146 - CASO Nº 2 - O POLICIAL DA VILA - Categoria: Fetiches - Votos: 55

Ficha do conto

Foto Perfil camilinha69
camilinha69

Nome do conto:
CASO Nº 26 - NO MOTEL COM O PASTOR

Codigo do conto:
146941

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
09/11/2019

Quant.de Votos:
45

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


mulher estava agachado sem calcinha e seu cachorro comeu seu cuzinhodoce nanda contos eroticoscom o dedo no meu cu contopai aran cando caboso da filha incestoporno. em hqarrombando a buceta da maecorno manso e puta. contospaguei caguei boca da puta sexo scat contoultimos contos sadoconto erotico gaucha putinhaporno amador novinha tendo orgasmo prolongadoencoxar hetaicontos que beijo gregocontos eroticos engravidando a loiracontos eroticos mariano baccardifotos sexo quadrinhos desenhoscontos eroticos coroa evangelica bundudaConto anal Arrombada por pirocoesContos mae punhetando o filhomelhores contos eróticos br. assaltou minha casa e me comeu gostosocontos eroticos gay pag 114contos eroticos gay garoto odeio odeio odeio amar vocêputona nuaconto enrabou a filha na frente da maexvideo. amas. gostosa. dengozinha. gemendo. falandoconto erotico ele bateu punheta p mimpornô com mulher das perna bem grossa do quadril largo mexer minha só de camisola branquinha bem gostosaConto piazinho pauzudo insestoporno quadrinhos[email protected]comi o cuzinho da minha enteada contospornocontoincestodiarista gostosa e safada no predio do bairro portãoContoeroticocasada anovinhatirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoCuzinho do novinho gaycontos gay apartamentolactofilia contosestuprou minha filha na minha frente contoContos eroticos de incesto familia incetuosa em um gang bang no sitioegua buceta piscandoconto sobre sexo com consoloquadrinhos eroticos em 3d da mulher fitnessconto erótico mulher engravidou de outro e falou para maridoconto minha bucetinha nascendo pelostarado por bunda gayconto eroticocontos eróticos de lésbicas .cheiro de jasmimcdzinha bombomconto eróticos gosei boca meu irmãoContos eroticos de mae dando banho no filho que ta com braço e perna quebradafunckstonesconto triangulo amorosopaizinho mete fode soca buceta goza contoconto safado de velhosporno gay sexo violentodbundas enormes aregacadascontos eu comi minha sobrinha de 6Contos linda mulher gostosa (travestirconto erotico policialContos e fotos meu pai convidou eu meu amigo para assistir porno e a rola dele e muito grandecunhadinha sempre grita no analPorno em quadrinhos dos simpsonseu e meu amigo transamos contos eróticos gayconto erotico nunca tinha visto um tao grandeconto erótico gay com estupro e muito sanguevou gozar no seu cu com meu pau pretoconto gay irmaos gemendo no pirocao do irmao c fotosexo Com um virgem no carroconto ertico meu irmo camilinhaconto erotico perdeu aposta no jogo e teve que chupar um pal e dar o cuzinhocanto erotico vim meu filho fondendo sua irmã na beira da pisi.aquadrinho porno pai e filhocontos eroticos zezinho vizinhofodendo vizinha casadaConto de tia metedeiramauricinho gay nu fardadominha primeira vez foi com 2 conto gayminha sogra tomando banhoContos erpticos menininha de ruameu marido tem uma pissa muito grande nao consegue imtruduzir na minja conahistória em quadrinhos minhas capturadas e Abusadas parte 2perdi as preguinhas do cu quando era pequenacontos eroticos comi minha avó que fumava um beck incestoconto erotico. fuder com empregadoimagens de homem macho transando com médico macho em quadrinhosfudedo no quarto da mãecorno brocha inutil humilhado puta rampeira1 contosmeu primo ver eu comendi a esposa deliultimos contos incestospersonal seduz cliente conto erotico