Coroa do estagio... quando chega em casa mais rolada... Parte ll



Cheguei em casa naquela noite, tomei um bom banho, descansei o rabo numa bacia de água fria, e fui ao quarto do primo o encontrando todo aberto na cama, caio de boca entre suas pernas pondo as bolas na boca e brincando com elas ate que acordasse e me dissesse o que queria. Ele nem respondeu, me pôs de quatro na beira da cama e meteu rola, dizendo que pela pressa que eu sai, ele sabia muito bem que havia ido atrás de pica, Confirmo e tomo mais varada, ainda depois dessa. Gozava, me botava a mamar ate recompor energia e metia de novo. Com o sol nascendo meu rabo ardia, e nem por isso reclamei. Passou o dia todo bonzinho, me fazendo carinhos. No fim da tarde ouvindo musica com minha cabeça em sua coxas e volta e meia passando a língua ou fazendo um cafuné nos pentelhos de seu saco. Perguntei se podia chamar um passivinho amigo meu, pra brincar junto comigo na rola dele. Ele adorou quando disse que o Claudinho curte ser Claudinha, parecia realmente uma menina e ama fazer crossdresser.
- liga pra menininha, afinal, hoje seu ta de folga
.- Ah não! pelo uma vou querer
- Vou pensar, liga ae
Liguei.
-Oi Cau, to aqui em casa com aquele gostoso que falei,
O primao toma o celelar
- oi, quero falar com a Claudinha, to doido para brincar com ela, tenho um presentão aqui......ah vem? Ótimo, 40 minutos aqui, se atrasar um minuto pode voltar, entendeu?
Vendo o primai todo docinho e depois dando a ordem, olho para ele quando ele me olha, digo.
-é esse seu jeitão que deixa viadinho sub doido em vc.
Pus a pica mole inteira na boca, pois enquanto eu brincava, largava quando ficava dura, era um joguinho que eu faço com alguns machos, quando estamos relaxando.
Tirei da boca quando estava crescendo. Ele mandou virar o cu e pergunta se fez o tratamento de água o tratamento de água com sol grosso, e alternar entre gelada e morna. Confirmo. Ele vistoria e diz que cuzinho está pronto pra outra, mas só iria meter uma, pois o pai chegaria amanha.
- ele já me bronqueo duas vezes de te deixar arrombado pra ele.
-Eu não tenho culpa, só faço o que vcs mandam.
-Puta descarada. Vou tomar banho, em 10 minutos a Claudinha chega.
-Naooo, fica assim, vc esta limpinho, e esta com um cheiro gostoso seu, cheiro de macho, fica assim. A Cluadinha vai adorar.
- Então ta, passa uma mensagem para entrar pelos fundos e já vir a mim a Claudinha, nem quero ver a cara do Claudio.
Passei sms e avisei portaria. Fiquei de cara quando reconheci a voz do porteiro. Uma voz de trovão sem igual.
- É João?
-Sim, safadinho, voltei, saudades de vc.
- imagina eu?
Turno acaba em 15 minutos, tem umigo com mais saudades que eu, Quer ir lna escada de incêndio?
-Pearai, já te ligo.
Vou e conto ao Primo, imploro para ele deixar eu mamar o João. Afinal tinha arrumado, a Claudinha pra ele. Ele libera. Aviso ao João que nem se surpreendeu, conhecedor das putarias minhas e do primao.
-vem de farda, adoro te mamar fardado.
Ele sobe, abro a porta do fundo e vejo aquele loirao rústico sertanejo, com 1,95 metros e 20 cm da jeba mais veiuda que já vi. Tinha as mãos numa meninha, a claudinha que já veio montada, me dizendo baixinho ter vindo massageando o uber garotão que sempre a leva quando sai montada na encolha. Eu abraço o Sertão, que chega se curvar para me apertar a bunda na cueca. Leva a menina ao Primo, ainda nuzao espalhado no sofá.
-E ai companheiro, já ta pronto para a maninha que encomendou? Kkk
- E ai cara, e vc já voltou e veio logo por meu viadinho na bica de porra seu puto.
-Poxa vc que disse que tava liberado.
Levanta sorrindo com a rola já ganhando viada. Claudinha toda timida em seu vestidinho de mocinha, bem curtinho, rabo de cavalo, e uma tanga que sumia na bunda polpuda. Da a Mao em cumprimento ao outro macho que aceita seu fica a vontade e tira a camisa. Primo faz carinho na menina, diz que ela era muito bonitinha, da uma volta em torno dela, passa de cima a baixo e dedo entra a bunda. Para na frente e pergunta.
-gosta de brincar com essa boneca?
Diz sacadindo a pica.
-gosto sim moço.
Uma voz realmente infantil. Ele olha para o Sertao e faz biquinho elogiando o viadinho menina. Da uma rolada na cara da Claudinha. Quase por instinto se afasta e posta no colo pra tomar 5 tapas de chinela. Por ter se afasto. Depois de posta exatamente no mesmo lugar ele repete as roladas e vê que a lição foi aprendida. Assistindo a tudo isso o sertão já sequestrara minha Mao e pusera na sua cueca.
Diz ao primo.
-esta certíssimo amigo, tem que deixar na linha. Ah. Trouxe umas cervas, tão cinzas de gelada.
Ele me manda buscar e servir-lhes. Sentam no sofá. Vi que não vou mama-lo fardado, já estava nu ao lado do primo e se deliciavam vendo cu da claudinha, que gasta boa parte de seu dinheiro em mante-lo impecável com depilação e clareamento. Depois que s sirvo sou mandado a ladear com a menina para que eles comparem. E após muitos olhares línguas e dedos que nos fizeram apertar foi dado empate. Sem demora estávamos os dois entre as pernas do macho bocanhando suas bolas ate que nos liberassem pica. Entre uma conversa e outra elogiavam um movimento de língua bem feito, uma sugada perfeita, assim fomos credenciados a subir.
Passaram a dar mais atenção aos mamadores curtindo nossos primeiros movimentos, após lamber muito todo corpo de rola. Eu seguindo o mapa de veias muito grossas que eram a maravilha da rola do sertão para mim. Se virei puta daquela pica vcs já sabem que era grossa, mas as veias de tão grossas eu realmente conseguia sentir na entrada do cu. Sem falar que o macho era enrabador nato, se nasce pra tomar vara aquele nasceu para fazer alegria de cu. Mamei em top style, pois em seu novo horário estaria saindo exatamente num momento que poderia tratar dele tranqüilo em casa, sem a agonia de tomar no cu apoiado no corrimão da escada de incêndio com medo de flagra, e pior, dele perder o emprego, o que nunca o impediu dele estar sempre a disposição do meu faminto. Era o tio viajar, ele me consolar da saudade.
Cara esse seu primo, nunca vi igual, já pegeui muito safado, nunca um chegou perto do que esse faz.
-tem razão, o mesmo digo, se bem que mocinha aqui tbm é talentosa, vem aqui Claudinha, sento no colinho. Isso abre essas perninhas e poe a rola entre elas, se aconchega aqui no meu peito.
Encheu a menina de beijo, mordia os peitinhos, mandava apertar as coxas. Sertao me controlava a cabeça fazendo ir devagar do começo ao fim. Olhava o trato que o primo dava na Clauidinha e apertou um dos mamilos que ele ofereceu a ver como eram de uma menininha pré púbere. Senti na rola dele o tesão que isso lhe deu, para agradar suguei mais forte.
-isso ai viado, vc adivinha desejo de rola... disse ele
Primo manda que ela levante a bundinha para o amigo dele sentir o cuzinho dele acalentado de pica.ele faz e ate da uma chiada e brinca.
-parece que a danadinha so em estar perto da rola fica quentinha.kkkk
Primo pergunta a sua doce putinha.
-Gostou do picolé de rola que te dei? Quer mais?
-quero
-entao vai provar outro sabor agora,   e ao Sertão, diz – Deixa a menina provar o seu, amigo.
Este levanta, mas não me solta a cabeça. Ele de pé fico ajoelhada com a rola na boca. Ele me manda por na boca da Claudinha.
Sirvo do jeito que ele gosta, primeiro as bolas, depois uma leve passada de dentes no corpo, depois uma engolida ate a metade. Fiz tudo segurando e ensinando, com a raba na altura pra macho me socar o dedo no cu.
Sugere que cada um dos viados tenha duas rolas. O primo sugere outra.
-que tal os dos mamando um e recebendo outro no cu.
-fechou, mas primeiro quero meter no meu so, vc na sua menina, depois fazemos o rodízio,
-isssso.
Nos poe de quatro e depois de uma rápida chupada de cu, dou boas vindas as veias grossas que me fode lindamente enquanto vemos primo fazer a Claudinha miar feito uma gato no telhado, se tremendo toda, implorando por tudo pra tomar rola. Tomando vejo-a roxa de dor, lacrimejando e no choro pedir por tudo para não tirar e socar sem pena, essa menina é corajosa mesmo, me dissera uma vez que ama dor da enrrabada, ate mais que as metidas depois que esta acostumada, por isso dei a dica ao Primo para foder tirando e enterrando.. Sertão metia gostoso me chamando de putinho de porteiro, que sempre quando saio fica teso me esperando voltar, e que agora em novo horário iria chegar mais cedo para me dar galada, e quando ficar a noite faremos nossa safadeza preferida, entro debaixo do balcão e cai na mamada com ele trabalhando. Nessa uma vez tive que mamar o carinha que mais odeio do prédio, um palyboyzinho todo metido a macho, que dava risinhos quando me via. No fim nem foi tão ruim, pica de 18 mas gostosa, e galador parecia um balde da porra. Acabamos amigos, serviço agora é de boas quando nos vemos na garagem nas chegadas da baladas, mas so quando encontra por acaso, sem procuras.
Trocaram os cus. Depois os dois passivos na rola de um tomando o outro no revezamento. Claudinha gozou na vara do primo. E pediu que continuassem fazendo o que queriam. Sertão me fodeu a boca sabendo que adoro beber porra.
Depois foi embora, alegando que sua nega estava em casa esperando rola tambem, mas como não dava o cu, seria eu a receber no outro dia. Comecei a perceber minha agenda cheia, Primo, chefe, Porteiro. Ainda bem que o Tio estava num ritmo de muito trabalho e viagem, e ele em casa, desmarcava todo mundo, afinal o dono era ela
Fui dormir ouvindo a menininha miando a noite toda na rola do primo que chamou dois amigos. Eu me recusei a participar, tinha trabalho, ele aceitou tranquilo, so prestei um favorzinho ao Rubao, um peão que as vezes viaja com o primo e alem de ter uma pica linda, tem uma galada que parece compota de tao docinha.
meteu na Claudinha e me acordou rocando o cogumelo na boca dizendo a porra tinha guardado pra mim. achei tao gentil, pedi para ele ficar de quatro e me deixar ordenhar o presente. O primo com o ida esquetando foi se despedir e me disse que nao me daria a esporrada tradicional por sua rola estar inutilizada. Me fez prometer passar o fim de semana em 15 dias na fazenda com ele e uns amigos, faria uma surubinha e me queria la de qualquer forma, prometendo que eu nao iria me arrepender. Ja falara com o pai, que estava voltando ,as nao estaria nesse dia, liberou vc pra mim disse ele. .respondo que se é uma ordem a cumprirei. ele riu e se foi. Toda essa conversa foi com a puta de tanguinha toda melecada de porra agarrada em sua perna que nem um mico e com a rola na boca.
Acordei. So a faxineira arrumando a casa.fui correndo para o estagio. Sou chamado em tom serio ao escritório do chefe que manda trancar a porta, me da uma bronca pelo atraso. Se encosta na mesa.
-mama sua puta, se atrasar amanha, vou chamar outros cara do museu que curtem traçar viado, vai com fama aqui e vc vai rezar para isso não chegar na universidade e anularem seu estagio. Entendeu, que sua primeira função do dia é vir me mamar?
-sim chefe. Posso começar, estava doido por isso.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


145542 - O Inicio do Escravo de Macho - Categoria: Gays - Votos: 23
145581 - Viado tomou rola de dois irmaos - Categoria: Gays - Votos: 30
145626 - Viado do padre, dos irmãos e do cowboy - Categoria: Gays - Votos: 10
145731 - Meu Tio gostoso, meu novo macho dono - Categoria: Gays - Votos: 12
145733 - Despedindo dos machos e conhecendo o Dindo cacetudo - Categoria: Gays - Votos: 5
146023 - Uma orgia de machos inesquecível - Categoria: Gays - Votos: 7
146080 - O macho moreno, foda homérica - Categoria: Gays - Votos: 10
146128 - A noite que André Roludo me fez mais puta que nunca - Categoria: Gays - Votos: 4
146305 - Visita da Padre e do primo tesudo - Categoria: Gays - Votos: 10
146362 - Meus amigos, meus machos que me fodem muito - Categoria: Gays - Votos: 4
146762 - O primo, o amigo e dois irmaos no carnaval - Categoria: Gays - Votos: 6
146978 - O coroa no estagio me fez seu viadinho - Categoria: Gays - Votos: 7
147300 - Pirocada do professor e do seu filho - Categoria: Gays - Votos: 19
148795 - Feriadão com três gostosos dotadões. - Categoria: Gays - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil escravodemacho
escravodemacho

Nome do conto:
Coroa do estagio... quando chega em casa mais rolada... Parte ll

Codigo do conto:
146979

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
10/11/2019

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos podolatria com fotos chupando pes de patroascontos fetiche por rola preta enormeContos eroticos eu flagrei a minha sobrinha casada com outrocontos eróticos de i****** mamãe ajuda filhinha abrir a b***** levando rola do tioconto erotico fui a praia com meu marido e um desconhecido me fudeu ele era bem dotadoContos Eroticos Meu Marido um Corno pelo Proprio Filho 4contos eroticos mamãe pediu para o papai me.dar banhoconto erotico minha esposa e muito fogosaconto erotico ensaboando meu paucontos fetiches padrasto mauvadosseios bonitos peladosbuceta pokémoncontos eroticos gay o trote parte IIQuadrinho erotico y3dcaseiro conto gayconto erotico mae safadaconto.erotico.minha.mulher.com.outro.homem2017amigo negro do meu filhocomendo sobrinha magra com buceta depilada a dormirContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiaContos eroticos programa com os meninos de ruaporno filio nuca viu uma bucetaconto gay menino inocente no colinhocontos eroticos de lesbicas-comi minha professora de filosofiadwolland coroas para namoroporn violada no revezando gang banglanterna samba pornô por tu amorconto erotico -comi minha namorada e airmaConto erotico eu uma empregada velha de 65 anoscontos erotico coroacasado comendo onovinhoConto no cu da minha irmãminha mulher nuaconto erótico mão amiga grupal entre garotos gays com fotosbucetaon vermelho molhado escorrendo comcachorro fudedor de mulheresfilha safada que da o cu para o paiminha cunhada fudendo escondido no jardim eu assisti a tudo e tambem fudi elacontos eroticos familiaconto Erotik padastroconto tia boqueteira no banhocontos eróticos com tiaconto erotico vendo.a.minha filha gemendo toquei siriricaFotos e contos de menininhas safadasneta virgem so que piroca do avo na bundinhacasada anal sexlogConto erotico de evangélicacontos erótico perdendo virgindade com preto velho juceliAdoro dar meu cu pro amigo do meu filho contoso cara com pintao come o cu da crente rebelde em contoGanhei a cunhada coroa cabacoBlack Wade: O Lado Selvagemdo Amor - Parte3rapas dando cu pro negao e pedindo p tirarContos de cdzinha afeminada provocando com shortinhoporno gay pai e filho quadrinhostia beth conto erótic contos fila de caralhosconto erotico com foto de mulher casadacontos eroticos comi minha namorada e a irmahttp://comtos eroticos de estupromae e filho teplano pornobaixa filha foi morar com pai virou putinha dele pornowww.contos eroticos mae fude com filho novenho pauzodo dando cuhomem nu da cu sigamoquadrinhos eroticos joaozinhocontoerotico menininha tio bedadopornô em quadrinho com a minha irmã mais velhaconto erotico chantagemcontos eroticos adolecente grarvida incestoconto transei com minha mae na noitadacontos comer cu de travesti pesador que era mulhercoroas contos de sogras sessentonaContos eroticos usando botas cano longoconto erótico tia alaide cantos fotos de gay novinho virgem com negao pirocudoContos eroticos de travestis ropeu o meu anus.contos eroticos gay vendido a preco de ouroConto erótico dp na bucetafiquei sozinha na casa do titio e provoquei ele sem calcinha pornoContos eroticos dei pro meu amantes e cheguei em casa e dei pro meu marido tbmcontos eroticos gays com papais roludoscontos eroticos maduras infieiscontos FuiComidaPeloMeu pastorcontos eroticos de xifrudosconto erotico di novinha casadafui enrabada ao lado d meu marido no escurocontos eroticosfilho1000 conto erotico incestoultimos contos sadocontos eroticos sala de esperatoda melada com o sobrinho contoscontoeroticodevirgem