SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )



Até então durante todo o Liceu sempre escapara das aulas de Educação Física com os atestados passados pelo médico de família. Mas agora que ia fazer 20 anos, e tal como todos os cidadãos masculinos da minha idade, tinha sido convocado para a Inspecção Militar que me iria apurar ou não para a tropa, não tinha como escapar de me despir na frente de todos. E como tal perspectiva me aterrava. Eu bem queria ser moça para não ter de prestar tal dever mas sabia bem que nesse dia não teria meio de me furtar a exibir perante todos os outros rapazes, muitos meus conhecidos, o meu corpo todo nu e o consequente pendente e o saco dos ovos bastante curtos e diminuídos. Mas como se não comparecesse ia preso como refractário e a minha situação pioraria muito, lá compareci no Centro de Selecção do Exército no dia e hora marcados.
Aquilo começou mal pois logo de manhã na colecta de sangue quase desmaiei o que fez o sargento e a maioria dos rapazes chamarem-me de améliazinha. Quando chegou o momento de nos exibirmos nus perante a Junta Médica, todos em frente uns dos outros, aconteceu o que esperava. O tamanho liliputiano do meu piçalho e bolas fez com que todos os mancebos me começassem a gozar indiferentes à presença dos médicos e enfermeiros. Os primeiros a verem foram os que estavam do lado de frente da parede, que começaram a comentar malévolos, rindo-se muito e apontando para mim com os dedos procurando chamar a atenção dos outros.
Hei, que pilinha pequenina aquele gajo tem. Aposto que se deve ver fodido para a pôr em pé. – ao que os meus colegas do Liceu que comigo tinham sido igualmente convocados retorquiam compreender agora porque nunca me despia em sua frente, nem nunca arranjara namorada.
- Ele até deve ter vergonha que uma miúda lhe descubra as curtas dimensões da coisa e deve contentar-se com esfolá-las à mão - comentavam, cruéis.
Os responsáveis pela Junta Médica lá impuseram ordem naquilo mas eu bem vi que habituados a inspeccionarem diariamente dezenas de rapazes nus também nunca tinham visto nenhum caralho e tomates tão mal formados como os meus, pois na expressão das suas caras lia-lhes o ar trocista. Além disso parecia-lhes dar prazer expor as minhas escassas dimensões masculinas pois não paravam de me manusear a piroca várias vezes, com a ajuda de uma vara de vime que usavam com esse fim. Verdade que também fizeram o mesmo a todos mas a mim pareceu-me que muito mais tempo e sempre com um ar muito escarninho. Eu também tão assustado ia com aquele momento que tenho a certeza minha pila estava ainda mais minguada e com aspecto muito mais murcho nesse dia do que costume.
No dia seguinte realizavam-se provas psicológicas e por isso tínhamos de dormir nessa noite no quartel. Na hora do recolher deixei que todos fossem tomar banho primeiro pois a área dos chuveiros era comum, sem divisórias, e eu não queria passar por outra humilhação. Não me adiantou nada, evidentemente. Como todos sabiam o meu problema trataram de me caçoar mais. Aliás durante todo o dia passara constantemente a ouvir piadas sobre o meu caralhinho.
- Ó piça de gato – gritou-me um – porque não vens tomar banho connosco? Não vale a pena esconderes o que já todos viram, por mais vergonha que tenhas.
- Fica descansado que com uma piroca desse tamanho e um parzinho de tomates mais pequenos que bolas de ping- pong, fiques livre da tropa como as meninas, que isto aqui é só para homens de colhões grandes.
Entre os rapazes que mais me gozavam pela minha falta de atributos genitais destacava-se um mulato, com quase 2 metros de altura, cabelo cortado à escovinha, e um peito à Tarzâ, que efectivamente se destacara na Inspecção Militar pelo seu caralho enorme pois mediria muito próximo dos 30 cms e ainda mais escuro do que o restante tom de pele, com uma glande circuncidada rosa- vivo. Eu mirara-lhe bem o caralho durante toda a Inspecção, não com qualquer secreta intenção, apenas admirado como pudessem existir caralhos daquele tamanho, ainda para mais possuindo eu um tão pequeno, e ele apercebera-se disso. Quando no final do jantar fomos conduzidos às camaratas o mulato procurara um beliche para dormir junto ao meu e agora no final do duche pavoneava-se todo nu em frente de todos gabando muito seu dote descomunal, brincando com ele e procurando esfregá-lo em mim:
- Quanto darias para ter um caralho como o meu, branquinho? Durante toda a Inspecção não tiraste os olhos dele. Porquê? Porque és um paneleiro de piça curta e admiras muito um caralhão enorme como o meu, não admiras?
Os outros incentivaram-no a esfregar-me a pila na boca e a dar-me na testa com os tomates que mais pareciam os badalos de um sino. Conseguiram mesmo puxar-me as calças e as cuecas para baixo cuspindo desta vez, desdenhosamente, no meu aparelho reprodutor. Assustado como me achava nem me atrevia a gritar por socorro e a minha pilinha cada vez apresentava um porte mais escasso, meus próprios balõezinhos pareciam sumir-se mais ainda dentro do saco. Aquele primeiro dia de tropa começava muito mal para mim.
- Piça de panasca sem préstimo – exclamavam entre gargalhadas – nunca conseguirás foder com uma coisa assim. Ao menos sente na boca a força de um caralho.
- No cu! No cu! – gritavam outros – No cu é que um picinhas destes devia provar um cacete com os colhões cheios.
Felizmente a algazarra que faziam atraiu as atenções do cabo de noite, que entrando de rompante com o pelotão de serviço intimou com ameaças de castigos, que deixassem as bolinhas da amealizinha que quase desmaiara ao tirar sangue. Também o cabo de noite troçava de mim por causa dos centímetros que me faltavam, ainda que graças à sua intervenção e às luzes da caserna que se apagaram pouco depois, tenha cessado o tumulto.
Sendo verdade que durante toda a humilhação verbal a que fui sujeito e durante o tempo em que estive nu perante todos minha pilinha ficou sempre flácida e morta, o facto é que depois de me ter deitado, relembrando todas as cenas anteriores e o caralho insuflado do mulato ela começou ficando tesa e a desenhar seu relevo por sobre o cobertor do beliche, como um prego enfiado ao alto. Nunca pensara em provar pila no cu mas aquela deixara-me fascinadíssimo. Ou talvez fosse por ainda ser virgem pois como muito bem tinham dito meus colegas eu ainda me consolava exclusivamente na base da ordenha manual. Sabia que uma vez voltado à terra no final da Inspecção Militar todas as miúdas da minha rua saberiam a causa da minha castidade pois o Pedro, um dos mancebos que ia comigo, não sabia guardar um segredo e passava a vida achincalhando-me antes mesmo de me ter visto o que viu. Sempre sentiria vergonha quando falasse com uma delas ou quando me cruzasse com qualquer um deles, e isso curiosamente entesou-me imenso. O volume do meu caralho era agora razoável, muito mais razoável do quando eu me punheteava em casa vendo vídeos porno, e como feliz ficaria se o tivesse visto ostentando pelo menos aquele tamanho quando os médicos militares, sem cuidar de pudores, nos mandaram tirar a roupinha toda na frente uns dos outros. Era muito agradável senti-lo teso assim. Privado toda a adolescência de um corpo feminino, sempre gostei muito de me masturbar e como já bastantes ressonares se ouvissem no amplo dormitório, comecei coçando-me com a mão. Estive mais de 15 minutos brincando com a piça, sem nenhuma vontade de dormir, procurando não molhar os lençóis nem a cueca com os pingos de esperma que estimulada ela ia vertendo pela cabecinha. De vez em quando, muito lentamente para não chamar as atenções de ninguém, limpava-a com um lenço de papel que guardava debaixo da almofada imaginando como seria maior a minha humilhação se na manhã seguinte alguém desse pelos lençóis conspurcados com o meu sémen, quando senti que a pressão da esporra para sair começava sendo incontrolável. Não quis correr riscos e sorrateiramente tratei de às escuras me encaminhar para a casa de banho onde debaixo do chuveiro com as pernas bem abertas, procurei concluir o que começara no beliche da tropa, deixando a água morna correndo.
Como ali não corria o risco de despertar ninguém masturbei-me com todo o gosto e quase posso dizer que ouvia o leitinho saindo dos meus colhões balouçando-se, em direcção à racha da minha piroca. OOOH, QUE BOM! Mas meu prazer não durou muito tempo. Ainda não me viera quando ouvi a voz de desdém do mulato nas minhas costas. Quando me voltei vi-o de boxeurs e na zona da abertura o desenho pormenorizado do mastro erecto, muito mais imponente do que o meu.
- Paneleiro branquinho! Eu logo vi que o único contentamento que consegues dar a essa piça tão clandestina é esganando-lhe o tesão à mão. Ficaste excitado com tanta piça que viste durante a Inspecção, não foi? E em especial com a minha pois tanto a miraste. Não me admira pois todos os paneleirinhos como tu se excitam muito com a minha piroca. – Nesse momento introduzira a mão por dentro do boxeur e afagava o seu instrumento. - Vou então dar-te a provar o que tanto te excitou. A menos que queiras que acorde todos e lhes diga o que te apanhei a fazer aqui na casa de banho, vais-me chupar o cacete antes de te enrabar.
Não queria que ninguém na caserna soubesse dos meus pecados solitários, isso não. Já me bastava a vergonha de ter sido forçado a mostrar-lhes a minha pila, não queria mais vergonhas. E a ideia de provar aquele caralho como uma fêmea no cio, embora parecesse capaz de me rasgar todo, agradava-me imenso algo que eu próprio só nessa noite estava descobrindo. O meu caralhito murchara quando ele me interrompera mas agora estava outra vez todo de pé em riste com a ideia de me ir ao cuzinho. Ele percebeu-o pois não notando nenhuma objecção da minha parte ordenou numa voz enérgica de comando:
- De joelhos, bichona. Quero-te ver rastejando de joelhos até mim.
Aquele tom de comando hipnotizava-me. Tratei assim de lhe obedecer imediatamente. Atirara com as minhas cuecas ao chão quando começara a tocar à punheta e foi inteiramente nu que rastejei no chão frio de cimento uns dois ou três metros até chegar onde ele se achava.
- Vou-te transformar num paneleirinho obediente que foi para isso que a Natureza te destinou embora não o soubesses, meu colhõezinhos de bebé. – disse apertando-me as bolas nas suas mãos gigantescas e torcendo-mas vigorosamente. Gemi de dor mas meu tesão afrouxou bastante – Não quero ver a tua coisa de pé. Pelo menos por enquanto. Uma bichinhha obediente só se entesa com a permissão do seu macho, ouviste bem?
Aconselhando-me a conter meus gemidos se não queria ver a minha condição de paneleiro evidenciada a todos ordenou que o chupasse.
- Quero um broche bem feito com a tua boca de puta. Uma bichinha como tu, na hora de servir seu macho, começa por lhe mamar no pau e nas bolas, que é isso que me vais começar por fazer.
Nunca mamara nem fora mamado mas já vira muito disso nos vídeos do X-Vídeo e de outros sites. Baixei-lhe por isso os boxeurs com os dentes iniciativa que apreciou dizendo que estava aprendendo depressa a servi-lo com um bom paneleiro, e comecei mamando-o procurando imitar as actrizes porno. Quando passei minha língua das bolas para o caralho introduzi-o na boca com as mãos e tocar-lhe, tomar-lhe o peso, envolvê-lo e senti-lo rijo como nunca sentira o meu, foi uma sensação nova que me fez sentir um novo ser. Afinal aquele primeiro dia de tropa não acabava nada mal.
- Sorve o meu caralho, bichona porca – exortava-me apertando as têmporas e fazendo-me sentir mais seu – sorve o meu leitinho que te quero tanto encher-te a boca com a minha porra como te vou encher o cuzinho de donzel.
Chupava-o e o seu caralho ia-me penetrando fundo. A esporra saía dele já em quantidades apreciáveis, e ele mandava-me engoli-la todinha coisa que eu fazia ainda que com algum custo. Mas apesar da chuva de esporra que me deixou na boca seu caralho não baixou o tesão, nem se mostrou mais mole do que antes. Aquele era mesmo um macho pensei com admiração.
- Esfrega-me bem o pau com o sabão, se o queres ver escorregando fácil pelo teu cuzinho acima – ordenou – De outra maneira vais acordar toda a gente com os teus gritinhos de fêmea sendo arrombada quando te furar o olhinho.
Com o sabonete que nos fora distribuído a cada um esfreguei-lhe o cacete duríssimo sem esboçar qualquer reacção. O seu caralho enfeitiçara-me, eu faria tudo o que me mandasse, o mulato estava apreciando muito o toque de minhas mãos lubrificando-o e dava-me constantemente com ele na cara e no peito dizendo que uma bichinha miudinha como eu não devia só provar com caralho no cu e na boca, mas em todo o corpo.
- Deita-te no chão, pilinhas – mandou quando achou já estar bem ensaboado – Vais sentir o peso de um macho vazando-te o olhinho e comendo-te todo.
Prontamente me submeti na posição exigida e o matulão forçando-me as pernas no sentido da cabeça – e oh, com que prazer senti seus músculos prendendo-mas, bíceps duros de macho, tão duros e fortes eram os seus músculos como o vigor do seu caralho – e me mandou arreganhar as bordas do cu.
- Abre bem esse olho, maricas, e cerra os dentes com força que quando a cabeça da minha piça entrar nele até vais sentir estrelas.
Tratei de o abrir ao máximo pois só a cabeçorra era bem capaz de o entupir todo. O mulato contudo não meteu logo. Aproveitando-se da minha posição de frango no churrasco deu-me um minete ao cu que me deixou mais relaxado chegando mesmo a meter sua língua fundinho nele e dando-ma a provar na boca. Minha pilinha empinada batia na barriga dele, melando-a com algum do meu líquido que ia saindo.
- Então não é só a tocares punhetas que o teu caralhinho se entesa, panasquinha – comentou – Também o fazes quando tens um macho por cima.
Com meu olhinho bem arreganhado, aquele soberbo exemplar de macho cuspiu dentro dele, penetrando-me longamente com o seu dedo. Em seguida deu uma cuspidela no membro, e tapando-me a boca com força enfiou-mo pelo rego acima. Fechei os olhos porque me doeu muito, a sua outra mão apertou-me o nariz:
- Caladinha, bichinha – ameaçou – Nem um pio se tens amor ao teu cuzinho.
Mesmo que me quisesse debater seu peso sobre o meu anularia qualquer efeito. E a pressão daquele caralho penetrando-me ia-me alargando todo o anel pelo que quanto mais ele metia mais fácil e mais saborosa me ia sabendo a penetração, até me bater no troço e me despertar sensações novas de prazer que nunca experimentara tocando apenas à punheta. A pressão das suas mãos na minha boca e nariz aliviaram, primeiro destapou-me o nariz permitindo-me respirar, depois a boca, deixando-me gemer baixinho e as mãos uma vez libertas foram-se passeando pelo meu corpo muito lentamente, fazendo-me rebolar todo como uma putazinha húmida. Minhas mãos continuavam arrebanhando as bordas do meu cu para que o seu caralho não encontrasse muito obstáculo em entrar e sair, e o mulato enrabou-me longamente. As suas mãos apertavam-me os seios, aii, aiii, que bom, suspirava eu apenas com medo de não poder gritar à vontade, foram descendo pelo meu peito abaixo, afagaram-me a barriga e o púbis, até me envolverem o saco e o pilau e me começarem a masturbar procurando que a minha cabeça com o prepúcio todo puxado para trás lhe fosse lambendo a barriga e os pelinhos.
- Vem-te paneleirinho branquinho – dizia-me – Esporra-te todo enquanto sentes o meu pau vazando-te o cu.
Não eram apenas os seus movimentos de mãos que eram rápidos e vorazes. Seus movimentos de ancas, seus tomates e seu cacete dando-me no cu sem dó, seu peito de macho abatendo-se sobre o meu, também. Uma das suas mãos voltou a abafar-me a boca quando meus gemidos ecoaram mais alto, pouco antes de eu cuspir todo meu tesão. Só então ele se veio como uma corrente. Quentinho seu gozo. Mesmo depois de ter gozado sua tora ainda permaneceu entalada no meu cuzinho pois aproveitando todo aquele sémen como lubrificante, o mulato ainda se entreteve muito tempo metendo e tirando até a sentir irremediavelmente murcha.
- Vou-te comer o rabinho mais vezes – disse-me no fim no duche que tomámos juntos. – A partir de agora comer-te-ei o rabinho sempre que quiser, pois vais-me deixar o teu contacto e passares a ser o meu paneleiro. Nunca vi uma piça tão pequena como a tua e ela deixa-me cheio de tesão pelo cuzinho que há atrás.
Cumpriu a promessa. Eu próprio cuidei que a cumprisse pois prontamente lhe deixei o meu contacto. Afinal a sessão de humilhação tinha-me valido uma experiência nova que muito apreciei. Se a tropa era aquilo, prometia. Graças pela minha pilinha pequenininha e meus colhões subdesenvolvidos que me valeram aquela deliciosa enrabadela, pensei pela primeira vez antes de me deitar. Mas não consegui dormir com o olho a arder.
Nota Final: o pouco tamanho da minha pila e tomates não me isentou de ir à tropa. Fiquei apto para todo o serviço na Inspecção Militar.

Foto 1 do Conto erotico: SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )

Foto 2 do Conto erotico: SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )

Foto 3 do Conto erotico: SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )

Foto 4 do Conto erotico: SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )

Foto 5 do Conto erotico: SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


14926 - MACHO DO SEDEX - Categoria: Gays - Votos: 30
14942 - casado tarado por machos - Categoria: Gays - Votos: 11
15018 - UMA DELICIA DE MULATO - Categoria: Gays - Votos: 3
15019 - EU ERA VIRGEM - Categoria: Gays - Votos: 15
15020 - MEU VIZINHO HETERO --- NEM TANTO - Categoria: Gays - Votos: 10
15025 - CASADO CUPETEIRO - Categoria: Gays - Votos: 7
15030 - MEU COROA TESUDO DEMAIS ! - Categoria: Gays - Votos: 9
15031 - O CU DO MEU SOBRINHO - Categoria: Gays - Votos: 37
15032 - MINHA PRIMEIRA SURUBA - Categoria: Gays - Votos: 5
15037 - ORGIA DELICIOSA !!! - Categoria: Gays - Votos: 3
15042 - O PEQUENO PRINCIPE E SEUS NEGROS DOTADOS - Categoria: Gays - Votos: 10
15043 - CURSO DA EMPRESA ACABOU EM SURUBA NO HOTEL - Categoria: Gays - Votos: 4
15044 - APENAS UMA FESTINHA - Categoria: Gays - Votos: 1
15047 - TAXISTA SAFADO - Categoria: Gays - Votos: 5
15061 - MEU ADVOGADO DELICIOSO - Categoria: Gays - Votos: 4
15085 - MESTRE DE OBRAS E DE SEXO - Categoria: Gays - Votos: 6
15113 - UMA PISTOLA NO ONIBUS - Categoria: Gays - Votos: 5
15114 - O ESTAGIARIO E O DOUTOR - Categoria: Gays - Votos: 6
15115 - MEU IRMÃO SAFADO - Categoria: Gays - Votos: 5
15116 - DOEU MAS FOI BOMMMMMMM - Categoria: Gays - Votos: 5
15117 - FESTA DE MACHOS HETEROS ( ???) - Categoria: Gays - Votos: 4
15118 - MEUS PRIMOS AMADOS - Categoria: Gays - Votos: 4
15119 - AH COMO DOEU AQUELA CACETA NO MEU RABINHO - Categoria: Gays - Votos: 2
15120 - ENFIM CONSEGUI UMA DUPLA PENETRAÇÃO ! - Categoria: Gays - Votos: 5
15121 - MEU SEGREDO - Categoria: Gays - Votos: 3
15124 - QUE TRABALHO DE FACULDADE - Categoria: Gays - Votos: 1
15125 - O GUARDA DO BANHEIRO - Categoria: Gays - Votos: 6
15126 - O COROA TARADO POR PICONA - Categoria: Gays - Votos: 2
15127 - O NEGRINHO ME FEZ DE FEMEA - Categoria: Gays - Votos: 8
15128 - ACABEI CASANDO COM AQUELE PIROCUDO - Categoria: Gays - Votos: 4
15129 - QUE NOITE TESUDA - Categoria: Gays - Votos: 0
15132 - MEU PROFESSOR DELICIOSO ! - Categoria: Gays - Votos: 2
15133 - O GARÇON DE CUZINHO DELICIOSO E PROFUNDO ! - Categoria: Gays - Votos: 2
15134 - NEM SEI COMO AGUENTEI AQUELE AFRICANO ? - Categoria: Gays - Votos: 5
15135 - FACULDADE DO AMOR GAY - Categoria: Gays - Votos: 2
15136 - NA ACADEMIA DOS MALADOS !!!! - Categoria: Gays - Votos: 3
15137 - O COROA FODEDOR DE NATAL !!! - Categoria: Gays - Votos: 6
15192 - QUE BUNDUDO INESQUECÍVEL - Categoria: Gays - Votos: 1
15193 - DISCUSSÃO PRODUTIVA - Categoria: Gays - Votos: 1
15194 - PROFESSOR MALVADO - Categoria: Gays - Votos: 2
15195 - MULATO ABUSADO - Categoria: Gays - Votos: 3
15196 - QUE COROA TARADO - Categoria: Gays - Votos: 6
15197 - UMA DAS MELHORES TREPADAS DA VIDA - Categoria: Gays - Votos: 1
15198 - PAI E FILHO ME ARROMBARAM O CUZINHO - Categoria: Gays - Votos: 6
15199 - MEU MELHOR CONTO BISSEX - Categoria: Fantasias - Votos: 4
15200 - O CASEIRO TESUDO E PAUZUDO - Categoria: Gays - Votos: 3
15201 - O CASEIRO TESUDO E PAUZUDO II SEGUND PARTE - Categoria: Gays - Votos: 3
15202 - DEMAIS !!!! - Categoria: Gays - Votos: 2
15207 - O MULEKE ME ESTUPROU - Categoria: Gays - Votos: 10
15208 - O POLICIAL E O PLAYBOY - Categoria: Gays - Votos: 3
15221 - O COLEGA DA EMPRESA - Categoria: Gays - Votos: 1
15222 - PAIZÃO TESUDO DEMAIS !!!! - Categoria: Gays - Votos: 6
15223 - PAPAI E SEU AMIGO !!! - Categoria: Gays - Votos: 7
15224 - NA SAUNA COM PAPAI - Categoria: Gays - Votos: 5
15239 - CAMINHONEIRO AMIGO - Categoria: Gays - Votos: 6
15240 - UM COROA PODEROSO - Categoria: Gays - Votos: 1
15241 - DOIS COROAS PELUDOS - Categoria: Gays - Votos: 2
15246 - MEU PADRINHO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 1
15247 - UM QUARENTÃO DEMAIS - Categoria: Gays - Votos: 1
15248 - ARTHUR MEU MACHO PELUDÃO - Categoria: Gays - Votos: 1
15250 - MEU CARRO QUEBROU E EU FUI ENRRABADO - Categoria: Gays - Votos: 3
15251 - O HOMEM BATENDO UMA PUNHETA - Categoria: Gays - Votos: 1
15253 - O GUARDA TARADO - Categoria: Gays - Votos: 0
15255 - MINHA MELHOR SURUBA COM OS URSOS - Categoria: Gays - Votos: 5
15256 - COROA PUTÃO - Categoria: Gays - Votos: 3
15277 - ACONTECEU COMIGO - Categoria: Gays - Votos: 1
15321 - UM SKATISTA BUNDUDO - Categoria: Gays - Votos: 3
15322 - JARDINEIRO DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 3
15324 - DEI MUITO AQUELE DIA - Categoria: Gays - Votos: 3
15337 - OS DOIS CADETES - Categoria: Gays - Votos: 2
15338 - QUE CU GULOSO !!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15339 - UM VIBRADOR TAMANHO GG - Categoria: Fantasias - Votos: 4
15345 - COROA MASSA - Categoria: Gays - Votos: 1
15349 - URSO PELUDO - CONTO DE JANEIRO - REAL - Categoria: Gays - Votos: 2
15367 - SURUBÃO DELICIOSO COM OS DOTADOS DO COLEGIO - Categoria: Gays - Votos: 4
15368 - SURUBA NO DARK ROOM EM CAMPINAS - Categoria: Gays - Votos: 2
15369 - UMA SURUBA MUITO LOUCA ! - Categoria: Gays - Votos: 2
15370 - FESTA DA SURUBA COLEGIAL - Categoria: Gays - Votos: 2
15371 - COLÉGIO INTERNO SÓ DE MENINÕES - Categoria: Gays - Votos: 3
15378 - BETINHO O BEM DOTADO DA FAZENDA - Categoria: Gays - Votos: 8
15379 - BETINHO E RAI OS PEÕES DOTADOS !!! - Categoria: Gays - Votos: 6
15380 - ESTÓRIA IRREAL - Categoria: Gays - Votos: 0
15381 - OS IRMÃOS TARADOS ..... - Categoria: Gays - Votos: 4
15382 - QUATRO ROLUDOS SÓ PARA MIM !!! - Categoria: Gays - Votos: 0
15383 - TESÃO INCESTUOSO! - Categoria: Gays - Votos: 7
15384 - TESÃO NO ESCRITORIO ! - Categoria: Gays - Votos: 1
15385 - O GAROTO ME ENRRABOU !!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15386 - O CARRO QUEBROU E CHAMEI O GUINCHO ....... - Categoria: Gays - Votos: 2
15387 - O MENINO ME DOMINOU ! - Categoria: Gays - Votos: 5
15388 - O GAROTO DO NORDESTE !! - Categoria: Gays - Votos: 6
15390 - JOGO DE TENIS - FUI ESTUPRADO !!! - Categoria: Gays - Votos: 4
15391 - O LOIRO PAUZUDO !!! - Categoria: Gays - Votos: 2
15393 - O TRAVEQUINHO E O COROA PELUDO ! - Categoria: Travesti - Votos: 3
15394 - O POLICIAL ROCHA - Categoria: Gays - Votos: 6
15395 - MOLETON SEM CUECA. - Categoria: Gays - Votos: 2
15400 - OS MOLEQUES ACABARAM COM O CASADO!!! - Categoria: Gays - Votos: 0
15401 - O CINEMÃO DE CAMPINAS - Categoria: Gays - Votos: 5
15402 - O BEBADO DO PREDIO - Categoria: Gays - Votos: 8
15415 - UMA ROLA TAMANHO GG !!! - Categoria: Gays - Votos: 2
15416 - O PINTOR BEM DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 2
15417 - O NEGRO E O LOIRO - Categoria: Gays - Votos: 0
15418 - O ROLUDO DO CHURRASCO - Categoria: Gays - Votos: 6
15421 - CUZINHO DE MULEQUE !!! - Categoria: Gays - Votos: 2
15460 - O MENINO E AS BUCETUDAS - Categoria: Fantasias - Votos: 2
15461 - O MENINO SAFADINHO - Categoria: Gays - Votos: 1
15462 - JAIR O FUDEROSO ! - Categoria: Gays - Votos: 2
15463 - O MARINHEIRO ROLUDO - Categoria: Gays - Votos: 3
15464 - O ENGENHEIRO DE SÃO PAULO - Categoria: Gays - Votos: 2
15465 - O CASADO NA SURUBA - Categoria: Gays - Votos: 1
15466 - O LOBO MAU - Categoria: Gays - Votos: 0
15467 - NO PRESIDIO EM HORTOLANDIA - Categoria: Gays - Votos: 7
15468 - O PASTOR COMILÃO - Categoria: Gays - Votos: 2
15494 - COSMO O CARA CASADO ! - Categoria: Gays - Votos: 1
15495 - REALIDADE AMAZONICA - Categoria: Gays - Votos: 0
15496 - ELE SÓ QUERIA ME ARROMBAR O CUZINHO - Categoria: Gays - Votos: 2
15497 - BEBENDO LEITINHO DE SACO ! - Categoria: Gays - Votos: 1
15498 - O AMERICANO ( USA ) - Categoria: Gays - Votos: 2
15499 - ACONTECEU EM 1981 - RIO DE JANEIRO - Categoria: Gays - Votos: 2
15500 - APENAS TESÃO - Categoria: Gays - Votos: 2
15501 - NO SEMINARIO ! - Categoria: Gays - Votos: 5
15502 - AMIGO TARADO - Categoria: Gays - Votos: 1
15503 - VINICIUS O AMIGO TARADO III . - Categoria: Gays - Votos: 1
15504 - NA CABINE DO SEX SHOP - Categoria: Gays - Votos: 6
15505 - O NEGRO CHAMADO GIL - DIÁRIO DE UM CROSS - Categoria: Gays - Votos: 2
15507 - VAI GRAXA AI MOÇO !!! UM ENGRAXATE DELICIOSO - Categoria: Gays - Votos: 6
15515 - O MADURO - Categoria: Gays - Votos: 3
15516 - O ÁRABE - Categoria: Gays - Votos: 3
15517 - EU E O CAPATAZ CARALHUDO - Categoria: Gays - Votos: 4
15522 - MEU SOGRO NEGRO - Categoria: Gays - Votos: 6
15523 - VIREI CORNO E METI COM ELE - Categoria: Fantasias - Votos: 3
15524 - MARIDO FODIDO PELO AMANTE DA MULHER - Categoria: Fantasias - Votos: 7
15526 - CORNO DELICIOSO - Categoria: Fetiches - Votos: 0
15530 - CHUPEI O CHIFRUDO E GOSTEI - Categoria: Gays - Votos: 2
15532 - DEI PARA UM NEGRAO !!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15548 - COMIDO PELO SECRETARIO NEGRÃO - Categoria: Gays - Votos: 1
15822 - A DOIS É BOM, MAS A TRES É MUITO BOM !!!!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15823 - METEU FUNDO E DOEU !!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15824 - UM FRANCES MARAVILHOSO - QUEST QUE CE ??? - Categoria: Gays - Votos: 1
15838 - ZECÃO O BEM DOTADO TARADO !!! - Categoria: Gays - Votos: 1
15841 - A MELHOR TREPADA - Categoria: Gays - Votos: 1
15847 - CORNO E ARROMBADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
15852 - NO BANHEIRÃO - Categoria: Gays - Votos: 2
15853 - FETICHE GAY - Categoria: Fetiches - Votos: 2
15854 - SAUDADES DO MARIO - Categoria: Gays - Votos: 1
15857 - FANTASIAS DE UM CORNO - Categoria: Fantasias - Votos: 1
15858 - O CORNO GAY - Categoria: Gays - Votos: 2
15861 - CORNUDO TESUDO DANDO O CU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
15862 - SANGROU MEU CUZINHO PELUDO - Categoria: Fantasias - Votos: 0
15895 - LEITINHO NA BOCA - Categoria: Gays - Votos: 0
15897 - O PEDREIRO PIROCUDO - Categoria: Gays - Votos: 4
15898 - CLODOALDO E O ZÓIUDO - Categoria: Gays - Votos: 0
15903 - DOIS ATIVOS SE ENTENDENDO ! - Categoria: Gays - Votos: 3
15911 - ATÉ AMANHA CHEFINHO ! - Categoria: Gays - Votos: 0
15912 - FANTASIAS COM MEU SOBRINHO - Categoria: Gays - Votos: 2
15915 - COMIDO NO CARRO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
15916 - MEU CARRO ENCRENCOU E FOI ENRABADO - Categoria: Gays - Votos: 5
15917 - QUASE VERIDICO - MUITO BOM !!! - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
15928 - A NAMORADA ENRABADA POR UMA LESBICA - Categoria: Fantasias - Votos: 0
15929 - CASADO BISSEX - Categoria: Fetiches - Votos: 3
15934 - O COROA DO BOQUETE - Categoria: Gays - Votos: 1
15935 - O CHAVEIRO DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 2
15936 - O BOMBADO ACABOU COM O RABO DO MAGRINHO - Categoria: Gays - Votos: 0
15939 - O PELUDO ME PEGOU E FUDEU MEU RABO - Categoria: Gays - Votos: 5
15942 - ORGIA GAY - Categoria: Gays - Votos: 3
15943 - A PRIMEIRA VEZ DE UM MACHO !!! - Categoria: Gays - Votos: 0
15944 - DEPOIS DO FUTEBOL - ORGIA GAY - Categoria: Gays - Votos: 6
15948 - UMA ROLA VIOLENTA - Categoria: Gays - Votos: 2
15949 - O COROA PAUZUDO DO RECIFE - Categoria: Gays - Votos: 1
15962 - UMA TEMPORADA NA FAZENDA !!! - Categoria: Gays - Votos: 4
15963 - COMEU PAPAI E O FILHÃO ! - Categoria: Gays - Votos: 2
15964 - CINQUENTÃO ASSUMINDO - Categoria: Gays - Votos: 3
15965 - INICIAÇÃO DE UM CASAL - Categoria: Fantasias - Votos: 1
15967 - TOMEI O LEITINHO DO COROA - Categoria: Gays - Votos: 3
15969 - PIMENTA NA CAMA - Categoria: Gays - Votos: 1
15970 - SURFISTA PIROCUDO ME FUDEU !!! - Categoria: Gays - Votos: 3
15971 - O ENTREGADOR DE GÁS !!! - Categoria: Gays - Votos: 5
15972 - TERREMOTO NO JAPAÕ !!! - Categoria: Gays - Votos: 2
15975 - FANTASIAS - Categoria: Travesti - Votos: 0
15980 - PEDI CARONA E ACABEI SENDO ENRABADO !!!!!!!!!!!!!! - Categoria: Gays - Votos: 4
15981 - MEU VIZINHO, UM NEGRO IMENSO E CARALHUDO - Categoria: Gays - Votos: 9
15982 - CARNAVAL DE 2012 !!! COM CAMISINHA SEMPRE - Categoria: Gays - Votos: 1
15983 - O PADRE ME DEIXOU ARROMBADO !! - Categoria: Gays - Votos: 10
16024 - DOIS NA SEQUENCIA - Categoria: Gays - Votos: 0
16025 - MEU IRMÃO DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 6
16026 - SEGREDO - Categoria: Gays - Votos: 0
16027 - UMA FODA COM O MENINÃO - Categoria: Gays - Votos: 3
16028 - ORGASMO ANAL - Categoria: Gays - Votos: 1
16029 - TREPADA NA CABINE - Categoria: Gays - Votos: 1
16044 - TREPEI COM O TIOZÃO PELUDO ( FOTOS ) - Categoria: Gays - Votos: 2
16046 - O LOBO MAU - Categoria: Gays - Votos: 1
16047 - O TURISTA - Categoria: Fantasias - Votos: 0
16048 - 43 ANOS DE EXPERIENCIA - Categoria: Gays - Votos: 1
16092 - AVENTURAS DE UM CORNO FELIZ ! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 0
16094 - CASADO DOMINADOR - Categoria: Fantasias - Votos: 4
16095 - CORNO MAMANDO PORRA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
16101 - TREPADA BISSEX COM O CARALHUDO - Categoria: Fetiches - Votos: 4
16102 - GAUCHO PARRUDO - Categoria: Fetiches - Votos: 2
16103 - CASAL SAFADO E O NEGRÃO - Categoria: Fantasias - Votos: 1
16104 - O FRENTISTA - Categoria: Gays - Votos: 3
16106 - CASAL SAFADO II - Categoria: Fantasias - Votos: 2
16107 - PRESENTE PARA O MARIDÃO - Categoria: Fantasias - Votos: 1
16109 - OS PESCADORES - Categoria: Gays - Votos: 3
16112 - DANDO PARA O VOVÔ CACETUDO - Categoria: Gays - Votos: 6
16122 - NA SAUNA PELA PRIMEIRA VEZ - Categoria: Gays - Votos: 2
16123 - ENQUANTO DORMIAM - Categoria: Gays - Votos: 0
16124 - O CUZINHO DO COROA - Categoria: Gays - Votos: 2
16125 - O COROA SUBMISSO - Categoria: Gays - Votos: 4
16128 - MAMEI QUATRO URSOS - Categoria: Gays - Votos: 1
16130 - ACABARAM COM MINHA ROSCA - Categoria: Gays - Votos: 1
16132 - PAPAI CURTE 69 - Categoria: Gays - Votos: 2
16137 - NEGRO GRANDE E O LOIRO DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 1
16139 - CUNETE NO PELUDO - Categoria: Gays - Votos: 2
16140 - O NOVINHO E O COROA - Categoria: Gays - Votos: 2
16142 - UM MEGA CARALHUDO - Categoria: Fantasias - Votos: 0
16143 - CASAL TESUDO DEMAIS - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
16144 - CUZINHO DE MACHO PELUDO - Categoria: Gays - Votos: 1
16154 - O CASAL DA ACADEMIA - Categoria: Fantasias - Votos: 0
16156 - O CARA DE 100 KILOS PELUDÃO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
16157 - UM COROA DELICIOSO - Categoria: Gays - Votos: 1
16158 - LEMBRANÇAS ARDENTES - Categoria: Gays - Votos: 1
16159 - OS DOIS NAMORADOS - Categoria: Gays - Votos: 1
16160 - COMI O CUZINHO DO FARDADO MACHUDO - Categoria: Gays - Votos: 4
16164 - ENCOCHADO NO BUZÃO - Categoria: Gays - Votos: 2
16165 - USANDO UMA CENOURA ( BOM DEMAIS ) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
16168 - TRACEI A ROSQUINHA DO NEGRÃO FORTÃO - Categoria: Gays - Votos: 1
16169 - UNS DIAS EM LINDOIA - INTERIOR DE SÃO PAULO - Categoria: Gays - Votos: 0
16170 - ENRRABEI O MOLEQUE CARALHUDO - Categoria: Gays - Votos: 5
16171 - NAQUELE DIA EU DEI MUITO MINHA ROSQUINHA - Categoria: Gays - Votos: 0
16172 - ADRIANO - O MELHOR CU QUE EU TIVE - Categoria: Gays - Votos: 1
16181 - FIQUEI DE QUATRO PARA O LUCAS - Categoria: Gays - Votos: 3
16184 - MASTURBEI OS DOIS DEPOIS DA FORMATURA - Categoria: Gays - Votos: 3
16185 - NA PEDRA DA CACHOEIRA EM MINAS GERAIS - Categoria: Gays - Votos: 5
16196 - O MILITAR TESUDO - Categoria: Gays - Votos: 1
16197 - TREPADA COM O FRENTISTA E O PADEIRO - Categoria: Gays - Votos: 0
16199 - A ENORME JEBA DA PRISÃO - Categoria: Gays - Votos: 9
16201 - O MORENO PERFEITO - Categoria: Gays - Votos: 2
16208 - MARK, O AMERICANO E A JEBA NEGRA - Categoria: Gays - Votos: 3
16209 - O GAUCHO E A JEBONA DO NEGÃO GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 3
16211 - FILMANDO A VAGABUNDA ME CORNEANDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
16212 - MINHA MULHER, EU E MEU PROPRIO PAI - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
16225 - RAUL - O BEM DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 2
16230 - O CORRETOR DE SEGUROS - Categoria: Gays - Votos: 2
16231 - FIZ CUNETE NO COROA - Categoria: Gays - Votos: 3
16232 - MEU FILHÃO É DEMAIS - Categoria: Gays - Votos: 3
16233 - CONSOLANDO O PAIZÃO RECEM SEPARADO - Categoria: Gays - Votos: 6
16234 - APAIXONADO PELO JULINHO - Categoria: Gays - Votos: 1
16235 - O BOY E O MADURO - Categoria: Gays - Votos: 3
16236 - BOY E O MADURO II - Categoria: Gays - Votos: 1
16237 - ESTUPRADO NO CADEIÃO POR VARIAS NOITES - Categoria: Gays - Votos: 12
16238 - FODERAM A MINHA GARGANTA - Categoria: Gays - Votos: 0
16243 - CASAL NO GLORY HOLE - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
16273 - A MELHOR DE TODAS - Categoria: Gays - Votos: 0
16274 - VIREI MULHER DE MALANDRO - Categoria: Gays - Votos: 14
16276 - O GORDINHO MEGA-DOTADO - Categoria: Gays - Votos: 4
16277 - O CASADO E O NEGÃO - Categoria: Fetiches - Votos: 4
16297 - UM CASAL BEM LIBERAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
16298 - MAMADA NO CINEMÃO DE BRASÍLIA - Categoria: Gays - Votos: 1
16299 - OUTRA VEZ NO CINEMÃO - Categoria: Gays - Votos: 3
16300 - O GERENTE DA MINHA ÁREA - Categoria: Gays - Votos: 1
16310 - CINE PORNO-MINAS GERAIS - Categoria: Gays - Votos: 5
16311 - O CARA FEIOZO - MAS PIROCUDO - Categoria: Gays - Votos: 1
16312 - O COROA DAS BOLAS ENORMES - Categoria: Gays - Votos: 2
16314 - SEGREDOS DE FAMILIA - Categoria: Incesto - Votos: 4
16328 - A PRIMEIRA VEZ DE UM BUNDUDO - Categoria: Gays - Votos: 2
16336 - PELUDÃO IGUAL AO TONY RAMOS - Categoria: Gays - Votos: 3
16337 - PUTARIA TOTAL - Categoria: Gays - Votos: 2
16338 - RASGANDO O CUZINHO DO CASADO - Categoria: Fetiches - Votos: 9
16339 - A IRMÃ EU E MEU CUNHADO PIROCUDO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
16340 - UM SONHO CHAMADO W A G N E R !!!! - Categoria: Gays - Votos: 3
16347 - UM ESCRAVO DE FRANKFURT - Categoria: Fantasias - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil reimann
reimann

Nome do conto:
SEXO NA MARINHA ( VERÍDICO )

Codigo do conto:
15913

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
27/02/2012

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


gozei com a minha.irma no meu colocontos eroticos bebada estuprada dopadaporno com empregadaprofessora safadacontos eroticos crentinhas virgemcontos eroticos arebentando hímen da novinhabebezinho pistoludocontos eroticos de asfixia eroticaMarcia conto herotico capixa aconto erótico fazendeira estrupada pelo capataz e perdeu a viginidade do anuswww.entiadacontoeroticome vestia como menininha contosGostei no cacetao do meu genrroconto erotico minha mulherzinha honestacontos eroticos sexo com sograporno com dotados estras grgrande novinhas gostosaxvidio teste do sofa conto erotico"cuzinho ardendo" contosContos eroticos usando botas e luvasxxx gay. pai e filhoconto porno infanciafui penetrada por um jumento num hotel, traição. conto eróticoxxvideo pinto pequeno comeu o cuzimhoo dog picudo arrombou a coroa conto ilustradoconto sobre sexo com consoloContos eroticos de gays que foram estupradoscontos todos sabiao q o super dotado iria fuder minha namoradaperdendo a virgindade com um coroa contodesenho de quadrinho de pornocoroa casada contosmeu policial chupou meus seios e buceta na marra e eu gosteiconto eu arrombei a buceta da minha sogracontos eroticos traicao praia suruba gangbangxvideo molheno boracocache:JKpc-HlPM8QJ:mozto.ru/conto/103288/292623/vadia-do-rancho-pt-13.html buceta da miley cyrusConto erotico pivete pintudoconto erotico com foto transei com minha irmaimagem de buceta q não é viegemConto erotico pastora coroaConto erotico eu e minhas tres primasUltimos contos de coroaContos eroticos secretaria gulosa mamando no pirocao de todos os machos do escritorio na hora do almoço em uma grande orgiamenina sapeca banho conto erótico contos de tia espiando sobrinho na punhetaconto erotico quadrinho onibusesposa com caseiro conto eroticocontocornofelizCONTOSEROTICOSBUCETAINCHADAcontos eróticos tarde calorosa com o sobrinhoConto erotico ninfetinhamulata contos eroticoschuva dourada contoscoto erotico sou a putinha do papaigrossopenesperdi a virgindade contos eroticos dafadosvideo da fabiola rabo de arraia pelada e trepandocontos eroticoscontos gay me fez gozarGorda nuaconto erotico juliana traindonegao conto erotico pedreiroblogs de contos eroticos de inquilinas casadas pagando aluguelcontos eroticos minha mae gostosahomem pintudo estrupa fi-lha virgemquadrinho erotico a construaofode "golpe final" contosdescobri meu marido cornomulher casada com preto contoeroticocontos papaku porn moz esta me machucarwww.neguin comeu gay na praia conto eroticocontos eroticos como virei amante do meu avoContos erticos lsbicos SUCO no peitoconto erotico 24/7conto erótico favela erodocos quadrinho cunhadasarte de incesto