Nossa Segunda Vez

Após este dia em que nós nos iniciamos em um ménage masculino com uma amigo que conhecemos em Salvador, Marcia passou a ser extremamente fogosa, sempre com novidades e uma imaginação gostosa, passamos a assistir filmes eróticos, compramos roupas sensuais e langeris gostosas para ela.
Sempre nos pegávamos desejando um ao outro nos mais diversos locais, ela constantemente em locais públicos me mostrava a calcinha manchada de tesao.
Discutimos a excelente experiência anterior e resolvemos dar prosseguimento a nossos desejos, pois concluímos que este fato somente estava nos aproximando mais ainda.
Eu montei um blog p relatar nossos desejos e coloquei fotos dela e minhas, não demorou muito a aparecer uma legião de fãs, com comentários bem picantes e cheios de desejo por ela. Não necessito dizer que ela lia estes e já demonstrava um tesão imediato.
Eu comecei a fantasiar uma nova aventura, sem ela saber, fui mantendo contato com alguns deles e selecionei três depois de receber fotos e verificar se eles eram carinhosos e de confiança, pois não queria qualquer um se enfiando nela, pois eu a amo demais e jamais a exporia a riscos.
Finalizada a seleção fui combinando com eles como fazer e acabamos depois de muita conversa, levamos huns 6 meses para organizar tudo.
Em uma segunda feira liguei p ela dizendo que na sexta iríamos a um sitio de um amigo meu na serra, e que deveríamos comprar vinhos e petiscos para passarmos o sábado lá.
Ela empolgada com a viagem, não desconfiava de nada, e partimos sexta as 20:00 em uma viagem de 1,5 horas. Sem ela saber eu comprei uma langeri sensacional em um sexshop e levei escondido. Chegamos lá fomos recebidos pelo caseiro do sitio na entrada da porteira que nos informou que o dono, meu “amigo” Antonio teve que se ausentar e somente retornaria no outro dia, mas que era para ficarmos a vontade na casa. Marcia estranhou, mas logo depois de entrar na casa ampla com lareira acessa, sofás amplos, tapetes de pele e uma bar americano, se soltou e ficou Maísa vontade, lemos um bilhete de Antonio deixado na mesa de centro da sala, com explicações (já tudo combinado antes comigo) e fomos ver o quarto que estava reservado para nós, com uma linda cama colonial e espelhos nas paredes, ela adorou e já veio me abraçando demonstrando desejo de dar uma trepadinha ali mesmo. Eu me fiz de desentendido e fui buscar em minha mala o presente dela, ela abriu e deu um longo sorriso maravilhoso, com sua boca sensual e gostosa. Pediu para eu sair e esperar na sala que ela já desceria portando meu presente, fiquei de pau duro na hora e desci.
Ela levou huns 20 minutos e escutei os saltos dela descendo a escada, nossa ela estava de parar a respiração, loira bronzeadinha, coxas fenomenais, os saltos altos arrebitando sua maravilhosa bunda, o conjunto de sutiã de seda rendada, a calcinha de seda com rendinha na cintura e de lacinho nas laterais nas cores lilás e preto, a calcinha cobria somente sua vagina gulosa e inchada; completando uma cinta liga preta e meias longas pretas para combinar com os saltos altos. Ela sabendo que amo de tesão vê-la de cabelos presos, suspendeu seus cabelos longos em um penteado lindo.
Eu a esperava com as taças de vinhos cheias e nos beijamos gostoso, ela passava as mãos em meu pau duro e gemia de tesao como uma gata, e eu alisando sua apetitosa bunda carnuda. Depois de bebermos quase duas garrafas de um belo vinho de guarda, ela já bem soltinha apresentava uma manchinha de mel na calcinha aparecendo por fora desta nitidamente demonstrando que ela estava morta de tesão já. No ouvido dela perguntei se ela queria dar sua bucetinha e cuzinho, ela gemendo disse que queria muito um pau, pois estava morta de tesao. Eu sorri e perguntei “amor vc quer fazer de novo com outro??? “ Ela cheia de dengos respondeu:” amor eu faço oque vc quiser, quero prazer, quero te ver feliz, to tesudinha amor”.
Peguei uma venda de seda preta preparada em baixo de uma almofada e a vendei. Levando ela e sentando-a no sofá, afastei suas coxas e a fiz ficar assim com as mãos sobre suas coxas, ela querendo saber oque eu estava aprontando, eu ria e ela ficando meia tensa. Eu vou ate a porta de uma antesala aos lado da nossa e a abro deixando meu amigo e os outros dois que eu havia selecionado saírem nus, eles em silencio se aproxima dela se posionando a sua frente, por trás dela e do sofá, chego em seu ouvido e lambo ele, fazendo ela se arrepiar toda, e Falo: “amor quero que vc seja bem puta hoje, quero que vc gose muito e se sinta bem fêmea, vc quer???” “eu quero sim”
Fiz ela esticar ambas as mãos e tocar dois dos membros duros a frente , ela fica assustada e tenta recuar mas EU A seguro, e els seguram as mãos fazendo ela alisar ambos, e ela reveza as mãos sentindo o terceiro homem ali, ela suspira e geme, e me fala: “ amor vc é louco??? Oque é isso???amor eles são enormes, vão me rasgar toda...”, mas sem parar de alisa-los começou a lamber e cheirar os cacetes, a medida que ia sentindo a rigidez dos três, ela foi relaxando e fazendo o que ela adora, chupar uma pau bem meladinho, ou melhor três de uma só vez.
Eles gemiam e diziam a ela que era maravilhosa, que chupava muito gostoso, que iriam come-la toda, que era uma vadiazinha obediente, ela se pôs de pé e retirou a venda, beijando cada um deles na boca com muito tesão, se virou p mim e sorriu com uma carinha de sem vergonha e tesão falando:
“Amor, vc me deixa louca de tesão, oque vou fazer agora amor??? Vou ter que dar minha bucetinha quente para estes machos todos......amor manda eles me comerem gostoso vai...........”
Não necessitei falar nada, antes de eu conseguir eles já estavam enfiando as mãos dentro da calcinha dela, alisando sua bunda gostosa e bronzeada, alisando os seios que instantes saltaram p fora do sutiã. Ela se contorcia, se esfregava neles, sorria desaforada.
Os três a condiziram ao nosso quarto e eu atrás deles já nu tb e totalmente de pau ereto, chegava a latejar de doer. No quarto eles gentilmente tiraram sua calcinha e sutiã
, calcinha alias que já estava totalmente melada e enterrada na bunda e entre os lábios da buceta gulosa dela. Nua ela ajoelhou e voltou a chupar os três, eu me pus ao lado para tb ter minha vez na boquinha de minha cadelinha loira, que delicia vê-la assim envolvida com uma chupada em grupo, ela se esfregava nos paus, passava eles no rosto todo, lambia, cheirava, enfiava dentro da boca, dava lambidas nos sacos, alisava, beijava as coxas, esfregava o rosto nos pentelhos de todos, apertava nossas nadegas. Uma maravilha. Ela levantau-se e se dirigiu a cama, me mandando sentar ao lado, ela queria que eu assistisse antes de participar, meu coração acelerava a cada instante.
Deitando-se de barriga p cima, abriu bem as pernas e semi dobrou os joelhos e abriu os lábios externos e internos da xoxota inchadíssima e vermelha mostrando o túnel de sua vagina p eles e ordenou, “quero um de cada vez, enfiem sem dó, to muito melada, quero sentir tudo, quero o maior primeiro para me dilatar toda.”
Não necessito dizer que o maior tinha 23cm e bem grosso, nossa ela arqueva a buceta p cima de encontro o monstro atolado La dentro dela, eu via tudo desaparacer dentro dela, e quando saia parecia que estava trazendo a pele de dentro p fora, ela gemia alto, e ele chamava ela de vadia, cadela, putona, etc. e nos todos nos masturbando juntos, tive que me segurar p nos gosar logo. Após huns 7 minutos este saiu de dentro dela e ela foi recebendo um a um, o ´ultimo, pos as pernas dela nos ombros dele e ela gosou quase que instantaneamente, virando os olhos e grunindo feito uma cadelinha de verdade.
Os caras ainda não tinham gosado, mas ela não queria dar tregua não. Se virou e ficou de 4 na beirada da cama e me chamou, “vem meu amor enfia vc agora assim de 4 quero gosar de novo, cara gosei depois de 3 enfiadas e permaneci duro e ela gosou de novo. Ainda de 4 eles se revezaram com ela assim so que ela chupava um e dava para outro, nos estavamos em erupção de tesao todos.
Ai dois gosaram nas camisinhas e outro na boca dela, ela voi se refrescar no chuveiro e voltou cheirosa depois de 5 minutos, já estávamos duros de novo p ela. Ai ela me perguntou, “amoré , oque vc quer ver tua esposinha fazer?? Diz p mim....”
“Tesão, quero ver eles te fudendo juntos, vc aguenta o maior no rabo??? Quer????”
“Hunnnn, lubrifica ele p elês amor......”. Eu peguei um tubo de KY, ela de 4 fui enfiando o creme p dentro do cuzinho dela, primeiro um dedo, depois dois e consegui ate 3 dedinhos, para deixa-la mais louca coloquei 2 bolinhas daquelas de óleo no cuzinho e uma na buceta, ela riu, sabendo que eu tinha preparado tudo com muita antecedência.
Feito meu trabalho, beijei sua boca e a ajudei a montar um dos homens e abri sua bunda expondo o cuzinho que estava vertendo o creme. Eu não conseguia crer que aquele cara iria conseguir enfiar no rabo de minha amada esposa, uma tora daquelas, pois ela já estava coma bucetona ocupada com um, e aquele monstro foi se enfiando a cabeçona, ela dizia que estava doendo, devagar, ai não vou aguentar etc.....depois da metade já dentro, ela já rebolava, quando sentiu o saco do cara encostar no espaço entre a buceta e o cu, enlouqueceu, dizia p meter mais fundo, p enfiar tudo, que era uma delicia dar o cu, chama eles de cachorros, que estavam arrombando ela, eles a chamavam de cadela gostosa, que ela adorava piça e metiam com vontade, os três conseguiram entrar em ritimo, e ela gosava histericamente, o terceiro se posicionou acocorado na frente dela e enfiava o pau na boca dela e tirava, sei que ficaram assim huns 10 minutos ate encherem as camisinhas, foi loucura total, eu gosei so na punheta. Dando minha mão melada p ela limpar com a língua., ela chupou todos os dedos e a palma da mão.
Depois dela tomar fôlego, eu virei ela de ladinho e enterrei meu pau nela, fudendo assim sua buceta que eu sentia bem aberta e depois o cuzinho, onde estranhei pois estava bem folgado depois do mosntro entrar lá, eu gosei de novo e os caras olhando, quando despejei minha porra quente no rabo dela, ela dizia, que amava porra no cu.
Esta altura os caras já estavam querendo de novo e, ai fui para minha cadeira assistir, foi maravilhoso eles repetiram tudo de novo, ate de pé suspendendo ela fizeram as DP nela, ela gosava sucessivamente, ela sempre foi muito fogosa. No final o tradicional banho de porra de nos 4 na boca dela, ela deitada coma cabeça p fora da cama inclinada p trás, um a um gosou diretamente no rosto e no interior da boca dela, ela bebeu todoe limpou os 4 paus coma língua.
Esta aventura durou cerca de 4,5 horas ininterruptas de sexo e muito fudeção de minha mulherzinha linda. Eles se depediram de nós na porta com ela e eu nus na porta do sitio, tomamos banho e dormimos pór cerca de 8 horas depois disso, abraçadinhos.

Foto 1 do Conto erotico: Nossa Segunda Vez


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario gatoreno

gatoreno Comentou em 08/06/2012

outra bela foda da sua esposa ela é bem gulosa aguentou 4 picas deve ser bem gostosa e q bucetinha linda parabéns aos dois por tanta sincronia

foto perfil usuario dibunda

dibunda Comentou em 21/05/2012

Foi uns dois melhores contos que ja li ac neste siti, foi show!

foto perfil usuario cockxltuga

cockxltuga Comentou em 04/05/2012

maior tesao..... mt bom este conto ..parabens e continuem

foto perfil usuario mineirinha26

mineirinha26 Comentou em 04/05/2012

Adorei, parabens ao casal por saberem aprovertar e serem felizes




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


16977 - Nossa Iniciação - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
17251 - Aventura em Fortaleza - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
17677 - Fizemos Swing Gostoso - Categoria: Fantasias - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil casal pérola
casal pérola

Nome do conto:
Nossa Segunda Vez

Codigo do conto:
17036

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
02/05/2012

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


incesto quadrinhosincesto tapa na cara contosirma vagabunda irmao caralhudo safado cunhado corninho contos eroticos com fotoscontos eroticos coletania traiçao esposascontos erótico com fotos a bunda da costureiracontos erótico vizinha alemã virgemconto erotico a mulher do.meu irmaomeu irmao me criou e virei mulher dele contos eroticosconto gay sobre segurança do shoppingContospapaku dlcpornocontoincesopes da mãe do amigo contodoce nanda contos eroticosconto erotico ele me,comeuporno contos eroticos filhaContos eróticos comendo a edilainedei gostoso pro rockeiro traindo conto eroticopaguei e comi a mulher do cara contovideo de libicas mando no seio da outra2 loiras apostam com caralhos pretos e enormes (contos eróticos)comics incesto familia increible xxxvideos de sexo escravas no dog training selvagempeguei na buceta da casada e ela nem ligou contos eroticoscontos eroticos esposa fielConto erotico gravidaConto erótico sexo com mães e filhoscontos gays bundinha arrebitadaconto erotico vizinha filipacontos eroticos encochando enteada na janelacomtos da dielycontos eroticos eu dexei meu marido come nissa filhacontos comi o cuzinho da minha namorada bebada e ela disse que estava gostosoconto falado depiladora travesticonto 3 gozadas no cuComi a freira santinha contos eroticoscontos eroticos novinhas vendidasconto erótico incesto mãe com dois filhosfudendo com o mendingo outra vez contoAuuu zoofiliasexo mulher chupa cu de homemPorno em quadrinhos dos simpsonsconto papae nao resistil e mi fudeucontos eroticos gigolo de coroa outra chance parte 3sexo selvagem incesto vovoconto erótico evangélicas gostosasContos eroticos me armei em puta e fiz boquete no meu filhoContos eroticos fizeram apostaincestocontogaydias japinha colando velcro meladachantagem grita dor conto eróticocontos.pornos primo.pegando.a.priminhaconto.erotico.minha.mulher.com.outro.homem2017Contos eroticos casadas e assediadasPorno fia louca pada po pai erelatosgozando quentinho na buceta da maninhaconto erotico gaucha putinhahentais pornocontos eróticos sexo com o desconhecido na praia de nudismo tirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigopica entrou ate o talo gaycontoerotico de menina de dez e o mendigoContos eroticos gay o instrutor da auto escola parte 3doce nanda contos eroticosqadrinhos pono super girlatola seu pau na minh buceta soca conto eroticoTravestim comeno outra travestimconto erotico sou viciada em ter meus chupados todo diaquadrinho filho dotado fudendo a mae rabudap********** boa f***.com contos eróticos sogro comendo a noragarototranzConto erotico 25cm na minha tia magrinhacontos eroticos boca grandeConto erotico familiaesposa coroa bonita conto