A Cunhada Fofinha




Vou relatar aqui a primeira vez que fiz sexo com outra mulher sem ser a minha mulher foi antes do natal de 2003. Por incrível que parece, foi minha cunhada!!!!!
Sempre tive atração por mulheres gordinhas e fofinhas, minha esposa, é fofinha mas sua irmão é muito mais. Elis o nome da minha cunhada, tem um bunda muito gostosa, há mais de uma nos ela terminou com seu noivo, e sua vida tem sido dar aula, estudar e ficar em casa assistindo TV. Erica minha mulher sempre ajudou a irmã. Nos preparativos para festa no natal Elis ficou em casa quase uma semana pois a festa iria ser na chácara da família, não podia disfarçar a cobiça ao ver Elis de sortinho e bustie. Nossa comia ela pelos olhos! Sônia minha sogra chamou nós para um churrasco na chácara antes do Natal.
É lá fomos nós.. Quando passei na casa de Elis para apanhalá, ela logo veio com uma mini saia e um blusinha de alcinhas azul sem sutiã. Nossa meu pau ficou dura na hora, ficava imaginando ela chupando e eu gozando entre seu peitões macios e grandes.   
No Domingo pela manhã fizemos o churrasco, almoçamos por volta da 12:50h, para a nossa maior surpresa, não tínhamos comprado a sobremesa, Érica pediu para eu ir até a cidade comprar sorvete, mas Sônia minha sogra não permitiu devido as inúmeras cervejas que já havido tomado, então Érica e Sônia foram para a cidade e eu fui descansar. Elis aproveitou e foi assistir filme na sala. Mas o calor era tanto que não consegui durmir e fui na sala também. Para minha surpresa, cheguei na sala devagarinho e encontrei Elis sem a blusa e se masturbando com um bastão, nossa fiquei com o cacete mais duro ainda. Fiz barulho na copa e fui para sala. Elis estava toda suada e com uma cara de assustada.
Sentei ao lado dela no sofa e começamos a conversar sobre assuntos diversos. Quando de repente eu coloquei as mão em sua perna. Foi daí que tudo começou, subitamente ela me beijou e logo enfiou a mão em minha rola. Chupava como um cavala, passava seu lábios sobre a chapeleta do meu pau e depois engolia tudo, dava umas mordidinhas e degustava do meu cacete como se fosse um lindo sorvete. Fechei os olhos quando dei por mim ela tava engolido minha porra. Ela foi lavar a boca e eu fiquei no sofá, ano retornar ela tratou de tirar sua roupa e logo foi tirando o meu sortes, Elis sentou no meu colo com os seu peitos virados para minha boca, encaixei meu pau na sua boceta e meti sem dó. Sua boceta é fofinha e muito quente, toda umedecida de tanto tesão. Elis gemia vaaaaaiiiii. Meeeeeteeeeee maaaissss aí que gostoso. Ela me abraçou de tal maneira que não restava outra coisa a não ser chupar suas maravilhosas e macias tetas. Logo Elis quis mudar de posição, rolamos no chão e fizemos um gostoso papai e mamãe. Não consegui aguantar e dei aquela esporrada em sua buceta quente, ela também gozou muito. Mas ainda não tinha parado.. como já fazia tempo que minha mulher e sogra tinham ido para a cidade, resolvi ligar para o celular dela, a sogrona queria passar na casa de seu irmão, e lá estvão dizendo que irião demorar um pouco mais logo estariam de volta . Como sei que minha sogra quando enrosca em um papo não para mais. Procurei por Elis novamente, ela estava tomando uma ducha na beira da piscina, quando cheguei por trás e tentei penetrar em seu cú fofinho. Ela não quis disse que nunca tinha feito isso mas morria de vontade, porém uma amiga havia dito a ela que isso doía muito. Então revelou uma fantasia sexual, disse que queria ser comida em cima de uma mesa, falei que isso não era problemas.
Coloquei Elis em cima da mesa que tem no rancho da churrasqueira e disse para ela ficar deitada que o reto eu fazia por ela a tinha apenas o direito de gozar muito. Deitei ela na mesa tal que suas pernas ficassem para fora. Coloque suas pernas no ombros e caí de boa em sua buceta. Lambia de cima pra baixo e vice e versa. Elis apenas gemia e gritava de tanto tesão, quando ela estava quase gozando, levantei e coloquei minha pica, nunca vi uma buceta tão quente de tesão ela rebolava e gemia muito. De repente ela me travou coma pernas gritou para colocar tudo. Não tive dúvida enfiei tudo de uma só fez quando ela pós as mão nos seios e ficou de boca aberta gozando e apenas soltando gemidos. Não agüentei as contrações de sua buceta e gozei um jato de muita porra. Logo que ela me soltou. Sentei e tomei outra cerveja ela sentou em meu colo e começou a brincar de chupar meu pescoço e passar as mãos em meu pinto. Logo ele estava duro novamente, e falei a ela que queria gozar em seu peito gostoso. Então não deu outra ela deitou no chão e pediu para que eu colocasse entre as suas tetas para que ela batesse um punheta para mim, mas tive um idéia melhor. Fomos até a cadeira da piscina, regulamos ela para que fixasse totalmente deitada e fizemos um 69, minha intenção era gozar em sua cara novamente. Demorei um pouco para gozar ao contrário dela que gozou duas vezes e principalmente quando enfiei o dedo em sue cú apertado fofinho e quente. Ia gozar ela disse que iria realizar meu sonho, deitou de costas para o chão, mando eu sentar por cima e punhetou-me até que gozei então ela espalhou minha porra por todo seu seio e fazia questão de esfregar meu pinto em suas tetas. Foi de mais. Resolvemos para por logo Erica a mãe já estariam de volta, tomamos um belo de um banho junto onde tentei comer seu cú novamente mais ela se negou, porém não resistiu ao meu dedo no seu cú. Foi quando ela deixou só que rapidinho, não deu tempo de ela mudar de idéia, enfiei a vara sem dó em seu cú, ela gritava muito mas não deixava eu tirar. Saímos do banho, nos vistimos após uns 5 minuto que saímos do banho Erica chegou com o sorvete. Reparou que a mesa do rancho estava molhara, mas não desconfiou de nada.
Depois eu conto como foi o ano novo foi maravilhoso, só que dessa vez foi na casa dela, com langeri especial e tudo. Até mais

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico teid´s

Nome do conto:
A Cunhada Fofinha

Codigo do conto:
3345

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
09/11/2004

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


pica curvada para o baixo peladocontos minha empregada euma travesti morenaConto erotico chantageada e arregacada no analeu minha esposa e meu amigo da adolescência 56mulhe. fezemno pornoTo viciada na siririca contos eroticosQuadradinhas eroticos Contos eróticos expiando pauzoes na praia de nudismofoto de conto de amigo no boquete com amigoPapai tirou meu cabacinho 14porn vidio belinha com calsinha ao lado da vajinaajudado pela esposa,cunhado pauzudo fode a sogra,contos e relatos eroticosdando para a familia conto eroticoconto bundinha brancaconto erotico minha/cunhadameu filho comeu minha bunda quando eu fingia dormir contos eroticoconto erotico de incesto: dei ate banho na mamaeconto erotico ajudano vizinha bucetuda e gostosaconto erotico gay religiosoContos de menage com fotos ilustrativacontos eroticos de casada em casa de swing mistura finaconto+erotico+fingir+que+dormia+e+meu+filho+mim+comeuLer conto porno enfim soswww.quando o corno sai minha inquilina poem um shortinhos e fica se mostrando vi pai pelado pinto dele e muitograndee ecomeu eucontos o exame punheta não contosacabei virando mulherzinha da mamae conto de cdzinhaconto o macho da minha mulhermaegravidafilhocontoliberei o cuzinho pra quatro e amei contoconto erotico incesto novinhaconto erotico superdotadogibi porno gay brasileira de primoNo troca troca só eu comi meu amigão contos corno viado depois de chantagemTesao ao extremo conto eroticoconto porno comi minha maehomens dotados na iner clube e marrakeschediario sissy contos eroticoscontos minha amiga vou ensinar meu marido ser corno hoje na marraitapipocabucetudaXvideo.pesasorgrossopenes[email protected]Conto erotico cris putinha no motelmastubei meu cu pela primeira vez conto eroticocontos gozou na boca do paicontos a gostosanapraialer contos eróticos de sogras que choram na rola de negros bem dotadoscontos eróticos novos de incesto. a pica do meu filhoultimos contos sadocontos gay travestis seduxiu e chantageou deois.comporno contos eroticos mamaeconto erotico gay dando pra duendecontos heroticos gay meu primo de dezesseis me comeu quando eu tinha oito anosconto erótico meninocontos eroticos de gay estrupado na academicaContos eróticos troca trocaqero ver Novinhas transando cor caxorroesposa negro praia telato eroticomulher de marombeiro sendo fodidaconto erotico então mordi aquela carne na cuecaConto gay novinho provocando o pastor da igrejaFotonovela surubaomeu patrão agiota dono da empresa que eu trabalho ele tirou meu cabaço da minha buceta em cima da sua mesa conto eróticoContos eroticos com fotos de podolatria priminhas deixando chupar seus pescontos eróticos quando era menininha dor ao sentar no Colo do Tio querido para agradar eleComi a freira santinha contos eroticosContos eroticos gays pescador dotadocontos eroticos de garoto que teve o cu estourado por padrinhodesenho em quadrinho sexoconto herotico. tranzei com a mulher do meu tiocontos eroticos sentada no colocontos eróticose sem calcinha no trabalho virei puta dos colegas