QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FODER MINHA BOQUINHA



Olá, este é meu primeiro conto, meu homem sempre gozou muito lendo esses contos, então me incentivou a escrever. Sou branquinha, 1,60m, 65Kg, coxas grossas, cabelos encaracolados claros, olhos azuis e bucetinha raspadinha, meu homem (hoje meu marido) é moreno, 1,72m, 80 Kg e tem um pau que eu adoro. Bem vamos a história: nós sempre fudemos muito, no carro, motel, na casa vazia que compramos pra morar, na rua, no quintal, em todos os lugares e sempre gozei muito. Mas de uns tempos pra cá, ele está cada dia mais violento, fudendo cada vez mais forte minha boquinha e cuzinho, me fazendo gozar muito com isso. Tudo começou quando, depois de uma reunião com amigos, bateu aquele tesão e fomos embora, eram uma quatro da tarde e (ainda não éramos casados) fomos pra casa que tínhamos comprado, a casa não era mobiliada, tinha apenas a cama e o sofá (claro, era a única coisa que pecisávamos pra fuder gostoso) eu estava com uma sainha jeans (bem sem vergonha), uma blusa e um salto alto de uns 10 cm para deixar meu rabinho bem empinado; e ele estava de bermuda e camiseta. Chegamos e colocamos o carro pra dentro e entramos já na entrada da casa ele me deu um beijo bem melado e começou a me lamber todo meu rostinho, achei estranho, mas uma delícia, me virou de costas, levantou minha sainha, pois minha calcinha (já melada) de lado e meteu três dedos na minha bucetinha com uma violência deliciosa, não demorou muito e gozei na mão dele que tirou a mão do meu bucetão melado e me deu pra lamber. Logo depois me virou, me deu outro beijo e várias lambidas na minha carinha de puta e me fez ajoelhar e disse “abre a boca, putinha...” sempre chupei seu caralho e adoro isso, mas ele nunca esteve tão sedento pela minha boca, mal sabia, mas ele estava me ensinando uma coisa que nunca mais me esqueci a fuder minha boquinha. Tirou o pau pro lado da bermuda e mandou inteiro pra minha boca batendo as bolas no meu queixinho, me assustei e engasguei, pois o pauzão foi parar na minha garganta, tirei o pau da boca e disse “calma meu bem, senão eu engasgo...” e ele irredutível disse “cala a boca e engole, putinha...” e mandou ver na minha boquinha, ele fodia como se fode uma buceta, com força e muita, muita violência lá no fundo, eu engasgava várias vezes, tentava fugir mas ele era mais forte e eu estava de costas pra parede e gozando muito com aquele pauzão na minha boquinha então ele tirou aquele pau todo babado e perguntou “tão gostando?”, eu não respondi nada, apenas abri a minha boquinha sedenta por pica, ele foi a loucura e meteu a rola com mais força, agora ele metia e segurava ela lá dentro me fazendo perder o ar, tirava eu puxava o ar e ele me mandava rola de novo, tirava o pau da minha boca e batia na minha carinha com o pau todo babado e socava de novo na minha boca, quando ele cansou de fazer minha boca de buceta, ele tirou o short e sentou no sofá, me colocou entre suas pernas e começou a bater uma punheta com minha boca, minha boca era dele, a baba escorria pelo saco, aquilo me deixava louca, então quando consegui me desvencilhar daquela punheta deliciosa eu me levantei e com um fio de baba no queixinho de puta disse “fode minha buceta, fode.” Não precisou pedir de novo, ele me colocou no braço do sofá, levantou minhas pernas e pois minha calcinha até o joelho, mandou a mão na minha bucetona melada, lambuzou a mão e esfregou na minha cara, aquilo me deu muito nojo e muita raiva, afinal com quem ele achava que estava trepando? Eu tinha que tomar uma atitude e tomei: “fode essa buceta, fode por favor!!!” e ele mandou pica. O pau dele parecia nadar naquela piscina melada que era minha buceta, gozei mais uma vez pelo menos, não satisfeito, ele me jogou no chão e de joelhos, me mandou “abre a boca, de novo e limpa esse pau melado!!” eu estava com muito nojo, mas nada é maior que o tesão, abri minha boquinha de puta e coloquei a língua pra fora e ele simplesmente passou o pau melado na minha língua até ficar limpo e então outra sessão de foda na minha boquinha, quando se cansou me colocou de quatro em cima do sofá e rola na bucetinha, minha calcinha ainda estava nos joelhos e como eu comecei a gozar gritando só aí ele tirou minha calcinha e colocou na minha boca, nossa gozei umas três vezes naquela rola, então começou a espancar minha bunda que é branquinha e ficou toda vermelha dizendo “bundona gostosa!!! Toma rola!!!” e eu gozando, então novamente me colocou no chão e começou a terceira foda na boca, eu já estava engasgando menos mas continuava a babar muito naquela rola, então ele abriu minha bolsa e pegou nosso gel anestésico, logo vi que ia ter que dar o cuzinho, quem já deu o rabinho sabe de duas coisas: dói, dói muito e a segunda o gozo é inexplicável. A hora que vi o gelzinha na sua mão disse “putz, você não cansa, vamos deixar o cuzinho pra outro dia... por favor”, era inútil, novamente ele não me escutou (ainda bem) me colocou novamente no braço do sofá, meteu a pica na bucetinha e lambouzou o dedo com o gel e começou a massagear meu cuzinho, meteu um dedo e eu já reclamei assim ficou um bom tempo, tanto que gozei com o pau dele na buceta e de uma vez tirou o pau da bucetona e começou a bater na porta do meu cuzinho, eu implorava pra ele ter cuidado, mas ele sabe como comer um cu: foi colocando de vagar, massageando meu grelinho e me dando beijinhos carinhosos, não há mulher que resista na hora que dei por mim, estava com uma puta dor no cu e ele metendo “meu bem tira, está doendo...”então ele me deu um beijo carinhoso e parou de fuder (mas não tirou) foi o tempo de me esquecer do rabinho e me lembrar do dedinho da buceta e dos beijinhos carinhosos e quando dei por mim ele estava batendo a bola ma minha bunda e eu já gozando muito no rabinho (ao contrário da buceta, no cu é só meter pra gozar, não tem tempo de sentir mais nada, só o gozo) e ele dizendo “olha meu pau no cuzinho, meu bem... que delícia” e pau no cu!!!
Gozei muito, então ele me pois de quatro e mais rola no rabão e mais gozo e dor (como já disse, nada é mais forte que o gozo, então deixa doer) então ele me colocou de pé e continuou a foda no cu, e foi me ajoelhando até eu estar como uma cadelinha feliz levando rola, foi só aí que ele anunciou o gozo... gozou muita porra por todos os lados, fique toda lambuzada. Ficamos fudendo das 16:30 até as 21:00h muita foda e muita meteção na minha boquinha, depois ele me disse que aquele dia eu aprendi uma nova “modalidade de sexo”, o hardcore. Eu adorei e a partir daí só metemos assim.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cota português

cota português Comentou em 12/11/2013

Tesão total. Votei

foto perfil usuario

Comentou em 26/09/2013

Putz quantas vezes você gozou,muito bom seu conto Adorei,muito bem contado beijos

foto perfil usuario terranova

terranova Comentou em 21/09/2013

Que delicia de safadeza... adorei...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


34489 - NOSSAS FODAS NO HOTEL FAZENDA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
34490 - MINHAS INICIAÇÕES SEXUAIS - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
34491 - MEU PRESENTE DE ANIVERSÁRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
34571 - A ESTREIA DA NOVA MINI-SAIA JEANS - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
34572 - AS FODAS DA LUA DE MEL - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
34764 - IMPLOREI PRA COMER MEU CU E LEVEI PORRA NO ROSTO - Categoria: Heterosexual - Votos: 20
34768 - ACORDEI ELE DE UM PESADELO E REALIZEI MEUS SONHOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
35747 - MINHA DIETA: TRÊS DOSES DE PORRA AO DIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
35749 - FODA VIRTUAL É BOM MAS PORRA BOA É A DE VERDADE - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
36768 - CURRA DELICIOSA NO MOTEL: PORRA PRA TODO LADO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
36874 - UMA SEMANA DE PORRA MATINAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
49363 - SEXO GRUPAL: ORGIA É UMA DELÍCIA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
49364 - SEXO GRUPAL: ORGIA É UMA DELÍCIA-O CAFÉ DA MANHÃ - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
51655 - O CARNAVAL DOS SONHOS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
60014 - UMA EXPERIÊNCIA DIFERENTE E FANTÁSTICA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
66819 - PRIMEIRA VEZ NA CASA DE SWING - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil casalhardcore
casalhardcore

Nome do conto:
QUANDO MEU HOMEM COMEÇOU A FODER MINHA BOQUINHA

Codigo do conto:
34488

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
26/08/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contosveridico.de.mae.com.filho.dotadoCorno sissy historias em quadrinhoencostando no cotovelo contos eróticosimagens da julia pais com o cu arronbado saindo porracontos eróticos Filho fraga mãe dando pro negãocontos eroticos garoto gay dando o cuzinho virgem brincando de esconde escondeminha namorada troxe se amigo roluda para casa contosultimos contos sadogostosas coroas transando com filho e genroRelato mae fode-se com seu filho na praia de nudesporno quadrinhosConto erotico meu a mae no restaurantenudista com a buceta saindo gozotrepdas gentisele gozou dentro conto gayestoria eroticas de mae dando para propio filho e filha vecontos eróticos lesbicos da eurapacontos eroticos lesbicos na fila da farmaciaconto manejei na minha prima novinhaContos eróticos comendo as filhascomendo a esposa quadrinho eroticoxvedeo porno gay ponhetaamiga rabuda morena contos eroticosporno gay sexo violentoconto erotico a queridinhacontos eroticos gay de dando uma mamada no moleque moreninho claromeu corninho gosta de ver sua mulher espetada numa picona pretacontos eroticos transei com o eletricistacontos secretaria traindo esposo com o chefevirgens assustadas contosfodendo na águapornô grátis comendo o cu madre no coventodoce nanda contos eroticosconto erótico um romano e um leãocontos eroticosmulher com encanadorcontos eroticos perdi a aposta e me.dei malconto erotico-tomei 3vezes no cu de saiaDividindo a esposa novinha com um senhor de idade contos[email protected] conto erotico dp vaginal corno sentindo rolaconto eroctico banda desenhada neto com avoContos erotico papai tirou minha virgindadedownload dos capitulos da professora submissacoroa hostosa contos eroticosQuadrinhos eroticos minha amiga se tornou minha amantesem calcinha quadrinhos eróticos serienMEu amigo gay me falou que tem vontade de chupa no meu penisconto erotico eu e minha irmã com meu filhofotos sexo caseiros cornos de araxa mgsexo irmã so faz merda contogangbang namorada contocontos eroticos gay eu fui iniciado pequeno novinho muito muito novinhocontos d tia emrrada por sobrinhoConto erotico perfil usuario dudinha sou mulhergay hentaiConto erotico 30cm na minha primacasadoscontos-senhoras casadas enrabadas por marginal negroscontos reais eu minha esposa e o pedreiro la em casacontos eróticos adoida minha sogra pediu pra mim tira fotos delaDiario de uma crossdresserconterotico irmãsconto erotico fiz corno vesti a roupa da mulherConto erotico com novinha casadafodendo a netacontos de um corninho safadocontos porno de coroa com meniminhascontos eróticos nóia gayConto estrupo casada namarraContos erótico casados reconciliação caiu+na+netcontos eroticos com videos. deichei meu marido fuder a minha amigaContos eroticos aluna gostosao corno da mia cuiada saio ela fico fudeno feitcontos eroticos da amiguinha de escola da minha filhafotonovela porno cornos