Fui tomar duche a casa da vizinha...



Olá!
Embora já acompanha o CE há algum tempo, apenas agora me registei e este é o meu 1º conto.
Pensava em começar a publicar as minhas experiências começando nas 1ªs e avançando até ao presente, mas o que me aconteceu no início desta semana merece ser partilhado.

Por motivos profissionais precisei de mudar de casa e estive a fazer as mudanças no início desta semana.
Como fui habitar um apartamento novo tive de esperar pela instalação da electricidade, água e gás que, pensava eu, seria um processo fácil e rápido.
No fim da tarde de 2ª feira já tinha electricidade e gás mas fiquei sem água. Ora, depois de um dia de mudanças, o que eu mais queria era poder tomar um duche.
Comentei com o senhorio, um senhor muito prestável com uns 50 anos, que realmente era uma situação muito chata e que não tinha ideia de como iria resolver a situação.
Ele disse-me para não me preocupar que me resolvia o problema com um simples telefonema. Minutos depois descobri que a filha do senhorio morava no mesmo prédio e que tinha colocado à disposição a sua casa para eu poder tomar um duche.
Claro que fiquei mais aliviado e ao mesmo tempo muito curioso em conhecer a nova vizinha. E que vizinha!
Quando desci e a filha do senhorio abriu a porta fiquei desconcertado. Que pedaço de mulher que ali estava. Fiquei logo apaixonado pelo corpo e, especialmente, pelos olhos verdes daquela deusa em forma de mulher.
Daniela convidou-me a entrar e disse-me para estar à vontade porque o pai já lhe tinha explicado o que se estava a passar e que não havia qualquer problema em usar a sua casa de banho.
Pediu-me para a acompanhar até à cozinha e perguntou-me se queria beber alguma coisa. Sabia que tinha estado todo o dia a carregar caixas e que de certeza aceitava algo. Serviu-me uma cerveja e continuou a cozinhar.
Encostada ao fogão, de costas, vi a silhueta de uma mulher que me enchia as medidas. Talvez uns 25 anos, em forma, com uma bunda digna de elogio.Vestia uma t-shirt e uns calções curtos que pouco escondiam o seu maravilhoso corpo.
Depois da cerveja e de uma conversa de circunstância indicou-me o caminho e quando entrei no duche comecei logo a imaginar e rapidamente o meu membro endureceu só de pensar que do outro lado da porta estava uma mulher de sonho... Ali tão perto e eu sem poder fazer nada.
Daí a poucos segundos ouço a porta a abrir e Daniela entra, pedindo desculpa, dizendo que precisava de qualquer coisa de um armário.
Vi que ela mexia nas gavetas, mas que não deixava de olhar para o duche enevoado onde eu me encontrava.
Ela disse que não encontrava o que procurava e eu, ganhando coragem e arriscando a minha sorte, perguntei se por acaso isso não poderia estar dentro da cabine de duche.
Parece que acertei nas palavras porque ouço uns risinhos e vejo Daniela aproximar-se do vidro e dizer que talvez eu tenha razão.
Aproxima-se da porta da cabine do duche e abre-a. Eu nú, de membro em riste e ela, com ar de sacana, diz: "Parece que encontrei o que procurava. E pronto para usar...".
Tudo me passou pela cabeça naquele momento. Uma louca, desconhecida, tinha acabado de abrir as portas de sua casa e estava agora a alguns palmos de mim, com desejos de tornar o meu dia mais feliz. Nem pensei se poderia existir um namorado ou marido que entrasse naquele momento. O momento parecia tão irreal que não havia sequer esse receio.
Daniela entra no duche e depressa a sua t-shirt fica molhada deixando à vista uns seios grandes, lindos, de mamilos erectos.
Sem qualquer pudor encosta-se a mim, coloca a mão no meu pénis e começa a mostrar que não estava com rodeios.
Dá-me um beijo e agarro-a. Encosto-a à parede e começo a subir as minhas mãos pelo corpo sentindo as suas coxas, o seu rabo firme, o ventro liso.
Agarro os seus seios e sinto-a estremecer. Aquela mulher estava em brasa e eu ia ser o bombeiro de serviço!
Levanto a t-shirt e deixo-a com os peitos à mostra. Beijo-os e senti dentro da minha boca uns mamilos doces, duros, cheios de tesão. Sinto que todo o seu corpo estremece com os beijos que lhe dou. Com as pequenas mordidas..
Baixa-se e procura o meu membro erecto e mete-o dentro da sua boca quente. Dá-lhe um banho de saliva, chupa-o, aprecia-o, engole-o. Deixa-me pronto a rebentar...
Levanto-a e, de costas, tiro o seu calção e o fio dental enterrado no seu rabiosque. Tenho diante de mim o sonho de qualquer homem.
Beijo-a. Dou-lhe prazer com a língua. Preparo o caminho para o que se segue. Não posso deixar que a chama se apague...
Pede-me para não a penetrar sem preservativo e baixa-se novamente continuando que tinha começado. Nunca tinha sentido uma boca tão experiente.
Sabe como fazer, até onde ir, parar e recomeçar. Mexe nas minhas bolas, engole fundo, mordisca ao de leve e deixa que a sua língua faça de mim um brinquedo.
Um brinquedo na boca de alguém que me leva ao êxtase. Que me dá um prazer desmedido, louco, selvagem. Encho a sua boca de néctar que ela faz questão de mostrar e engolir.
Deixa-me exausto e acabo por ser ela a dar-me banho.
Sentir as suas mãos a percorrer o meu corpo e sentir o seu corpo junto ao meu. Sentir o seu calor..
Depois do banho, já eu pensando que a festa iria continuar, disse-me que o resto ficava para o dia seguinte.
Que, logo pela manhã, olhasse pela janela dos fundos que iria ter uma surpresa... Deu-me um beijo prolongado e pediu-me para sair.
Claro que nessa noite nem dormi...
Ficam as fotos daquilo que me esperou na 3ª feira!

Foto 1 do Conto erotico: Fui tomar duche a casa da vizinha...

Foto 2 do Conto erotico: Fui tomar duche a casa da vizinha...

Foto 3 do Conto erotico: Fui tomar duche a casa da vizinha...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario henriqueadvsp

henriqueadvsp Comentou em 11/09/2013

excelente conto, concordo em gênero, numero e grau com o comentário da kmilinha, e que fotos , que mulher é essa meu amigo

foto perfil usuario kmilinha

kmilinha Comentou em 07/09/2013

Gostei do conto, objetivo e sem se apegar a detalhes sem importância, bom enredo e valeu o voto... Bjs!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil terradesonhos
terradesonhos

Nome do conto:
Fui tomar duche a casa da vizinha...

Codigo do conto:
34974

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
05/09/2013

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


Comi o Cu da minha ex com farinha contos eroticosConto erotico arrombei o cu do meu enteadodei pro meu irmao preso contoscontos de incesto avô e netaconto dei brincando na piscinavirei puta a forçacontos erotico-banho com vocêNatalia transformação contos eróticos 52 cacetes para minha filha contos eróticoscontoseroticos madrasta com entiado picudominha esposa dando cu para dotadotravesti super dotadocontos erotico chantagiei e depilei minha sograconto erotico mãe vergonhacontos eroticos julianaconto erotico com dedo no cu novinho e fotosquadrinhos eroticos filhotarado emgravidou sua propia maeconto erótico meu marido ê minha femia e meu veadomalandro gay passivo dando o cu contoContos erótico ano novo namoradoconto erotico comi no meio do cafezal uma cdzinha com da fodasconto erótico gay meu irmão mais velho me comeuporno gay pedreiro arrumando telhadoconto erótico dona de casa sozinha conto erotico perdi a virgindade do cu fotoscontoseroticosdpvaginalconto erotico meu primo e meu tio arregacaramcontos eroticos enteada virgemcontos eroticosConto erotico meio irmãocontos minha bolacontos erótico paraenseMinha experiencia com cadela no cio contosMinha vó bundudaconto aos seis anos dei minha bucetinha pro meu tio sentei sem calcinha no pau delecontos erotico carona menininha pequenininhacantos eroticos com maes ciumenta seduzindo filhoHq porno gayconto de incesto de pastor estrupado de 2017Contos eróticos. Suely Dadeiracontos eroticos irmmaos engravidando irmas contos eróticos de de gays que perdem virgindade no matomaduros gostoso conto gaycontos eroticos dei para os amigos de meu marido no jogo de baralhocontos eroticos caldo de fui violada com um velho de pau de 27cm conto eeoticodesenho erot sobrinhagozou na boca da irmacontos de sexo corno humilhadoContos eroticos de gays que foram estupradoscontos erotico-meu cu é teucontos eróticos gay com montadoconto erotico de mulheres dona das malheres bucetado mundocontos eroticos a costureiraviadinho meu pai tem um bar contos eróticos contos de lésbicas ou casais no parque ibirapuera spwww.nora tarada contos e fotoconto ero sex oralconto erótico em audio com o compadrecontos+eroticoxvidio porno endesenho comei amadastra esetoContos porno gay chiquititasconto ela era greluda demais e fudru meu cu histosoa travestis com o maior penis do mundocontos eroticos estupro vadiasmila adoro ser encoxadasou casada dormindo de calcinha de lycraSo contos de incestos de filha indo visitar o pai separado da maepica ao.acorda conto eroticonovinha cavala cavalgando no vibrado xvidiosContos caseiro reais traindo e marido descobreconto erótico motorista da filhaContos eroticos com coroascontos de encestos no metroContos erticos de incesto sobrinha gulosa mamando no pirocao do titio cu da prima conto eroticocontos eroticos com idosa que anda de bikever contos eroticos de putinhas da roça do interior do campocoroa hostosa contos eroticoscontos eróticos de gay comi a bunda do meu professormeu mexicano chupou meus seios