A sobrinha punheteira



Oi gente, descobri este site ha pouco tempo e tenho me divertido com as coisas por aqui!
Meu casamento de 15 anos acabou ha pouco mais de 6 meses e para mudar de ares vim morar num apto que tenho ha muitos anos aqui na Praia Grande, e assim morar perto da família!
Tenho 38 anos e por falar em família, minha sobrinha Carol sempre foi a minha preferida, a mais inteligente, a mais gentil e até a mais bonita, mas pra falar a verdade, nunca a tinha visto como mulher, mesmo porque, aos 18 anos ainda se comporta como uma menina de 13, porém, as suas curvas generosas não mentem, então é uma menina num corpo de mulher.
Nas primeiras semanas vê-la de biquíni era um problema, pois sem sexo ja ha algum tempo, ver aquele bundão todo era uma tarefa dificil, e pra piorar ela me usava como protetor na praia, mas não solar, proteção contra os marmanjos que a cercavam sempre.
Numa destas oportunidades, eu sentado numa cadeira com uma toalha sobre a cintura e ela deitada ali torrando aquele corpão ao sol surgiu a conversa sobre namorados, e ela toda envergonhada sentou ao meu lado e falando bem baixinho contou que estava namorando escondida da minha irmã, pq meu cunhado é um ogro, e minha irmã vai na dele. Deste dia em diante além de minha querida sobrinha, musa das punhetas que voltei a bater depois de anos, agora me usava pra contar as suas travessuras.
Até então, ela contou que o namoradinho a apertava, bolinava e ela dizia não, até que numa tarde de estudos na casa dele, ele a convenceu a pegar no seu pau e masturba-lo. Ela toda envergonhada contou da emoção que sentiu, e que entrou em transe, despertando somente quando sentiu que ele havia levantado seu top e chupava seus seios. Nem preciso dizer que meu pau até doía dentro da bermuda.
Dias depois, de novo na praia, ela me contou que eles haviam feito de novo, e que se assustou quando ele gozou nas suas pernas. Na semana seguinte ela não disse nada, e eu com jeitinho toquei no assunto quando estavamos na agua, e aproveitando a distancia dos outros contou que da ultima vez deixou ele colocar os dedos na sua bucetinha, diz que ele brincou bastante mas que quando ele foi gozar ela sentiu que o dedo dele estava dentro dela, e ela se assustou e o empurrou, e ele brigou com ela, e assim não se viram mais, e até na escola não estavam se falando mais.
Muito didatico, tentando evitar uma ereção ainda mais aparente, contei para ela que isso é normal, o rapaz se precipitou, mas nesta idade é normal, e então ela quase arrancou meu coração pela boca perguntando: a é tio, então quer dizer que se for com um homem mais velho é mais seguro?", gelei, mas confirmei, disse que um homem mais velho seria mais gentil e a conduziria de uma forma diferente, e pude notar seu sorrisinho sarcastico enquanto se afastou de mim e voltou para a areia, me deixando com a certeza de que ela sabia que somente assim eu estaria apresentavel para deixar o mar depois de alguns minutos.
Quando voltei para a areia o pessoal ja estava se recolhendo para voltar para casa, então peguei minhas coisas e fui também, e quando cheguei no meu carro ela disse: "tio, daqui a pouco passo la pra voce me ensinar a matéria ta!" apenas fiz um sinal de positivo e entrei no carro sem conseguir imaginar o que viria, pois, ouvir as suas sacanagens e me masturbar pensando nela no banheiro é uma coisa, agora, ter uma conversa intima a sós, é outra bem diferente.
Tomei banho e meu pau até doía, mas me contive, nem sei o porque, mas estava terminando de me vestir quando a campainha tocou e ela entrou, de banho tomado, cabelos molhados e com um vestidinho florido lindo. Sentamos no sofá e ela retomou o assunto: "tio, não entendi o porque vc disse que um homem me conduziria, como assim?" e expliquei que sexo pode ser feito de varias formas, e que algumas pessoas querem logo chegar aos finalmente, enquanto outras, curtem todo o prazer que o outro pode proporcionar! Ela me olhou curiosa e disse: "ta bom, deixa eu ver se entendi, voce esta dizendo que se eu transar com o meu namorado, que é um moleque, ele vai querer só enfiar em mim e gozar, terminando rapidinho, enquanto se eu ficasse com um homem como voce, eu teria uma experiencia muito melhor, é isso?" eu nem tinha palavras, mas fiz que sim com a cabeça, e ela agora sorrindo disse:"bom, pra voce eu posso contar, eu menti um pouco!" e eu preocupado ja perguntei sobre o que, e ela: "é que no dia que ele colocou os dedos em mim, eu acabei tendo um orgasmo, e fizemos mais algumas coisas, e a parte que eu briguei com ele foi porque ele vendo que eu estava gozando, enfiou o dedo mais fundo ainda, me deixando dolorida, por isso briguei com ele!" Eu ja não sabia mais como disfarçar, meu pau estava muito duro, e dei uma risadinha sem graça e ela olhou na direção dele, prendendo a respiração também, e quando me olhou nos olhos disse: "tio, o que é isso? é por causa dessas coisas que te contei?" fiz que sim com a cabeça e ela me olhou mais assustada ainda, e eu fui obrigado a dizer:" sabe o que é minha linda, o titio esta sem sexo ha algum tempo, e ao mesmo tempo que me sinto honrado em ouvir as sus confidencias, meu corpo reage desta forma, entendeu?". Ela me olhou séria e disse:"tio, posso ver?", eu nem pensei muito, abri a bermuda e o cacete pulou para fora, e ela agora com os olhos mais curiosos do mundo levantou a mão e tocou de leve. Com os dedinhos finos percorreu ele inteiro e voltou até a base acompanhando as veias. Não satisfeita, tentou fechar a mão em torno dele e não conseguiu, e novamente sorriu e disse que era muito mais grosso do que o do namorado. Eu ja suava frio então sentei e ela ao meu lado ficou observando bem de perto, a poucos centímetros dele, fascinada, e como que por instinto, esticou a lingua e colocou bem em cima do buraquinho, fazendo ele reagir de imediato, e eu ja entregue disse: "amor, faz igual nele, como voce faz no seu namorado" e foi ai que descobri que ela omitira outra informação, ela abocanhou meu pau, alias, tentou, pois abriu ao maximo sua boquinha e tentou, mas isso só babou mais ele, então com uma mãozinha ela me punhetava e com a boca percorria ele inteiro, lambendo todos os cantos. Eu ja não tinha mais chão, alias, estava no céu, então aproveitei e com a mão por trás dela meus dedos encontraram sua bucetinha inchada, e rapidamente tirando a calcinha de lado passeei com os dedos naquela ninfeta maravilhosa, que ja ao sentir os primeiros toques meus abocanhou a cabeça do meu pau e lentamente passava a lingua nele.
A cena era maravilhosa, minha sobrinha linda me punhetando com meu pau na boca, seu vestido na cintura com seu bundão exposto enquanto eu a masturbava também, e logo senti seu corpo arrepiar e ela gemeu com meu pau na boca, seu corpo enrijeceu e ela tentou travar meus dedos mas ja era tarde, ela teve um orgasmo ali, sendo manipulada por mim. Ela tirou a boca do meu pau e respirou fundo, me olhando assustada, correu para o banheiro.
Meu pau estava todo babado, mas eu não queria terminar o serviço sozinho, até que ouvi o barulho do chuveiro, e no instinto fui até lá entrei com ela no box. Quando ela percebeu eu encostei meu corpo no seu e com meu pau no meio da sua bunda dançamos, apertei seus seios e cheguei à sua boca, beijei como se fossemos namorados, e com carinho desci beijando seu pescoço e me acabei naqueles seios pequenos e redondinhos, e com meus dedos ja trabalhavam na sua buceta, puxei seu corpo pra a frente e com a lingua alcancei ela, primeiro lambendo e quando ela abriu um pouco mais as pernas, ja conseguia praticamente penetra-la com a lingua, e logo senti ela apertar a minha cabeça gemendo e senti o sabor do seu corpo, ela gozou na minha cara, e suguei ela até o fim, segurando seu corpo pois ela ficou toda mole. Levantei e saimos do box nos secando e voltei a beijá-la, e no quarto eu disse: "amor, agora voce vai me fazer gozar, e se for boazinha comigo, eu te faço gozar quando quiser!" ela deitou sobre mim e aproveitando que meu pau tinha desinchado um pouco, enfiou ele na boca e me masturbando o fez inchar de novo e sempre babando na cabeça dele ela acelerou os movimentos e senti que não dava mais pra segurar e empurrei sua cabeça, ela me olhou e perguntou o porque, e eu disse que daquele jeito ela iria engasgar, e ela ousada disse que duvidava, e continuou a me punhetar e a sugar a cabeça do meu pau até que quando olhei no espelho pude ver aquela delicia com o bundão para cima, sua bucetinha bem vermelha, toda exposta e não aguentei, sem me importar com nada apenas pedi que ela não parasse, e deixei rolar, gozei como um cavalo, e a porra pegou no seu rosto, nos seus cabelos e na minha barriga, e ela deslumbrada continuou me punhetando até o fim. Relaxei e fiquei olhando ela se limpar, e sorrindo me disse que nunca tinha visto tanta porra, e eu sorri, apenas isso. Alguns minutos depois ela foi para o banho e eu fui atrás, nos esfregamos e nos beijamos, e quando tentei tocar na sua bucetinha ela disse que estava doendo, parecia que tinha sido esfolada de tão inchada e sensível que estava. Mas como uma boa menina ela se ajoelhou, lavou meu pau com carinho e abocanhou ele, chupando de cima em baixo e me punhetando, recebendo alguns minutos depois de novo um banho de porra.
Nos vestimos e fomos para a sala, onde ela me contou que amou ser tratada desta forma, com carinho, com safadeza, e que eu sou o melhor tio do mundo.
Antes de ir ela sentou no meu colo e me beijou com fogo, me deixou sugar seus seios novamente e me deixou de pau duro, dizendo que vamos repetir isso em breve, alias, me prometeu dois presentes, um é o seu cabacinho, o outro não imagino qual seja ainda.
Bom, desculpe pelo tamanho do conto, mas ele é real e aconteceu ha alguns dias, e assim que rolar de novo eu conto aqui para voces!
beijos!

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario puta safada

puta safada Comentou em 01/05/2014

bom conto adorei

foto perfil usuario mionzinho

mionzinho Comentou em 13/04/2014

muito legal mande fotos tard e aí meu voto

foto perfil usuario pica doce

pica doce Comentou em 12/04/2014

Parabéns ... belo conto !!!

foto perfil usuario sedutor tarado

sedutor tarado Comentou em 11/04/2014

ESSA SOBRINHA DEVE SER UMA DELICIA QUASE GOZO EM FICAR IMAGINANDO ELA CHUPANDO CONTA LOGO QUANDO VC TIRAR O CABAÇO DELA..........

foto perfil usuario mcnn

mcnn Comentou em 11/04/2014

MUITO BOM PARABÉNS EU QUERIA UMA SOBRINHA ASSIM

foto perfil usuario chilenosp1

chilenosp1 Comentou em 11/04/2014

Mto bom e excitante! Votado

foto perfil usuario stregobianco

stregobianco Comentou em 11/04/2014

Show! Votado.

foto perfil usuario lpocbj

lpocbj Comentou em 11/04/2014

Poxa ai sim vim vantagem em ser tio.rs

foto perfil usuario loira23

loira23 Comentou em 10/04/2014

Votado! Como eu queria ser a sua sobrinha...

foto perfil usuario guerra do sexo

guerra do sexo Comentou em 10/04/2014

hem uma sobrinha assim vale a pena investir !!!!!!!!!!!!!

foto perfil usuario bianor

bianor Comentou em 10/04/2014

Parabéns pelo conto muito bom e espero a continuação mais que venha tb com fotos desta tua sobrinha que pela descrição deve ser um tremendo mulherão da um bju na piriquitá dela por mim

foto perfil usuario ribeirotarado

ribeirotarado Comentou em 10/04/2014

gostei muito

foto perfil usuario marcelo lm 76

marcelo lm 76 Comentou em 10/04/2014

E isso ai....sem medo de ser feliz!!!!

foto perfil usuario

Comentou em 10/04/2014

POrra em, inveja boa de vc, ia adorar uma sobrinha assim

foto perfil usuario sttaf007

sttaf007 Comentou em 10/04/2014

Cara,minha família é grande e tenho umas 6 sobrinhas nessa faixa etária. adoraria pelo menos uma punhetinha,mas infelizmente nunca rolou.curto muito esse papo de incesto,veja nosso perfil e escreve, Abrraços

foto perfil usuario rodriguesvictor

rodriguesvictor Comentou em 10/04/2014

muito bom a uma SOBRINHA DESSA .PARABENS.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


45711 - A sobrinha punheteira 2 - Categoria: Incesto - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico marcaopg

Nome do conto:
A sobrinha punheteira

Codigo do conto:
45578

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
09/04/2014

Quant.de Votos:
30

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Conto erotico primacontos gays novinhoconto pegando na bunda da tiafoto conto erotico mae cavalonacontos porno espionei ele no banhoquadrinho porno vida realcontos eróticos comi minha vizinhacontos mozto.ruconto erotico gay: tirei a virgindade do evangelicosogra safadinha de vestido curtinho tirando uma rapidinha com genro na garagem boa f***sexo conto vi meucdzinha gemendo na varaQuadrinhoseroticossobrinhasSoca essa rola na minha buceta arromba vai contosConto irmao tara irma menorperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto chupando amigo maconheiroContos eroticos de Carlaquadrinhos lesbicosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaConto erótico Peladinha no riocontos eroticos minha calçola fez meu filho me comehentai irmazinha dormindocontos eróticos eu minha namorada e meu amigoConto erótico vizinha separouquadrinhos eróticos colegial desvirginada no liceuconto erótico foi ajudar um amigo e vurou cornosms pra ele ficar louco mudar de transpirando prazercontos eróticos machão é transformado em viadinhoContos de chantagemConto abusaram minha irmaSogra quadrinho rabaogozando no cu do novinho contos eróticoscorno tomando porra contosconto erotico fazia tudoque meu tio mandavaconto erotico mamada tugaContos de sexo dei meu cu en troca de brinquedo quando era bem novinhaconto erotico roceiraContos eroticos familia mae filha sobrinha novinhaspai e filho rasgando o cu filha quadrinhofui da banho no meu filho e o pau dele creceu sexoporno quadrinho professora maeContos Eróticos Envangelica putaUltimoscontos2018Conto erotico cinquentona amigos do filhopopayepornobaixar video xvideo piralho com pal piqueno comendo bucetatravesti quadril largo pornoHq de sexo mulher velha dando pro negaoroziney do porno.comcontoerotico desiludido com a namorada transei com sua amigavelha leve garato novinho pra casa fodercontos sobrinha gostozaCONTOS EROTICOS MINHA NAMORA E MINHA BUNDAfoto conto erotico mae cavalonacomtos eroticos reais de bh casada gostosa chama gari negro pra toma cafe e cai de boca no pau delehisoriaa porno em quafrinhosporno gay quadrinhos simpsonscssadoscontos sarrando a bunda da maecontos eroticos perdi minha inocente para o caminhoneiro brutocontos estrupada por drogadospicas grandes 25centrimetroQuadrinhos eroticos senhorashentai heotico.mamae safadaContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casacontos eróticos de gay comido pelo tio do meu amigoviuva de 25 gosando e mijandocontos eroticos engravidei minha maeconto erotico comi o cu dela ate sangrarcontos eroticos gays de menino na favelacontoerotico tia dormindo primo camacontos eróticos com imagensconto com fotos casal liberal primeiro menage masculinoegua buceta piscandoConto erotico mulher do andrecontos eroticos esposa dormiuporno contos limpando quintal por comidamamarna amigo ultimo contos eroticos com fotos 2017 vizinho roludo engravidou minha mulherQuadrinhos sraexplicitacontos traicao sogroContos eroticos perdi a virgindade com trs rapazzes morganaincesto ler contos climaxcontos de incesto filho roludo e a mae