Namorados Virtuais



Sempre existe um dia, ou uma semana especial para todos os seres, até mesmo para Milena, uma gótica de 19 anos, super, mais super pervertida, costumava sempre imaginar o que os garotos em sua volta escondiam embaixo de suas calças, mais sempre que tentava algo, eles fugiam, pois uma gótica como ela, mesmo sendo bonita,assustava um pouco.
Ela tinha 1,70 ... uma formação corporal incrível, era quase impossível acreditar que aquela garota era virgem...
Ela tinha um namorado virtual que era um gamer... Um rapaz viciado em jogos, mas que nunca deixou de dar carinho para Milena, quando ela precisava. Ela simplesmente amava esse jeito dele de ser tao viciado em jogos, o nome desse garoto era Rafael, um moreninho de cabelos médios e de mesma idade dela. Só que mais alto; 1,85, corpo normal, sem muitos músculos...
O amor desses dois parecia impossível, ate porque todos falavam isso, mais eles se mantiam fieis, que, um dia se encontrariam.
E foi assim que aconteceu.
Dias depois, Milena ouviu batidas na porta da sua casa, era o Rafael, dizendo que vai passar as ferias na casa dela. A emoção foi tao grande que ela já começou dando um beijo apaixonado no garoto de tanta felicidade, e do beijo, as coisas começaram a esquentar!
Ela começou agarrando-o, não estava nem ai se ele estava cansado ou não, e ele também não aparentava. Durante o beijo, os dois ficaram se acariciando, e beijando com tanta volúpia, que suas respirações ofegavam. Sem parar o beijo, ela o levou para dentro de casa, e trancou a porta; foi lentamente em direção ao sofá, e chegando lá, o jogou. Ela sentou em cima dele e continuou agarrando-no. Ela o beijava com tanta sensualidade, que os dois gemiam baixinho.
Normalmente, quando um casal virtual se encontra pessoalmente, sempre ficam timidos um para o outro, mas esses, não. Eles ja se conheciam há três anos, e sempre trocavam malícias pela webcam, e sempre planejando seu encontro. E está saindo realmente como eles planejaram.
Ela tirou a camisa dele, e foi beijando seu corpo, lambia lentamente as partes mais sensíveis dele, e subia para o pescoço, dando-lhe chupadas deliciosas. Ele a ergueu e a beijou com força e sensualidade, tirou sua blusa, e começou a beijar seu pescoço, descendo para a clavícula, e em seguida, em direção ao seu sutiã, desprendendo-no com os dentes, e, em seguida, tendo uma visão maravilhosa. Sem hesitar, ele caiu de boca naqueles peitos incriveis, chupando o biquinho com vontade, e mordiscando em seguida, ela gemia baixinho, pedindo mais e mais. Em seguida, ele a deitou, tomando o comando, ele chupava os biquinhos, e descia para a barriga, lambendo, chupando e olhando pra ela, depois, desceu para o short dela, desabotoando como se estivesse desesperado por algo. E ele estava mesmo.
Tirou seu short, sua calcinha, e sem dó, abriu as pernas dela, beijando suas coxas, sua virilha, e depois no ponto mais sensível. Lá ele não foi piedoso: Meteu fundo a lingua naquela bucetinha já molhada, lambeu com força, e deu umas chupadas que a fez gemer e se retorcer. Ela pressionava a cabeça dele com as mãos para que ele fosse mais fundo, e ele foi, enfiando mais a lingua, e chupando em volta. Ele olhou para ela, e em seguida deu um tapinha na buceta dela, ela gemeu mais, e, quando ele deu outra mais forte, ela gemeu mais ainda, depois ele enfiou um dedo e tirou e botou, aos poucos acelerava, e surpreendentemente ele enfiou outro, acelerando ainda mais, ela retorcia muito, e ele a levantou, convidando-a para tirar a calça dele, ela tirou e se deparou com aquele membro que ela tanto via, e tanto desejava em madrugadas na webcam. Já estava duríssimo, quando ela o enfiou na boca, e começou a chupar com força. Lambia em volta e subia para a pontinha, dando umas leves sugadas, olhando para ele, depois, chegou para as bolas e chupou uma a uma, ele estava com as pernas bambas, e se segurando para não gemer, ela voltou a chupar tudo, e enfiou tudo na boca, chegando até a base, quando tirou, deu uma leve engasgada enquanto babava muito, e voltou a chupar com volúpia enquanto punhetava deliciosamente aquele pau.
Ele a levantou e a posicionou no sofá, queria penetrá-la, queria ser bruto, mas não queria machucá-la, já que era sua primeira vez. Ele foi enfiando lentamente, até a metade do seu pau estiver dentro da bucetinha virgem dela, ela agarrou a cintura dele e o puxou para frente, enfiando a outra metade para dentro. Ele ficou bastante surpreso, e ela começou a gemer alto, de dor e prazer ao mesmo tempo, e ele começou a tirar e botar com leveza, enquanto o sangue escorria levemente, devido ao rompimento. Ela gemia muito, e pedia para ele acelerar, pegou uma das mãos dele, e chupou o seu dedo, enquanto ele acelerava, ele já estava indo com força e rapidez, quando ela começou a falar varias malícias enquanto gemia, ficaram assim por varios minutos, quando ele anunciou que vai gozar. Rapidamente tirou o pau da buceta dela, e ela começou a punheta-lo e chupar a cabecinha. Logo logo ele gozou, enchendo a boca dela de porra. Ela engoliu tudo e foi em sua direção para beija-lo.
Os dois foram ao banheiro, e lá ficaram por um tempão, lavando-se, acariciando-se e planejando os próximos dias os quais ele estará lá junto com ela.
Era o primeiro de vários dias de malicia entre Milena e Rafael.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 12/12/2014

Que maravilha de conto , gostei legal quando sai do virtual , e se encontra na realidade G9stei e votei...

foto perfil usuario eutoaquipraver

eutoaquipraver Comentou em 02/12/2014

adorei, foi maravilhoso o encontro queria ter o dom de escrever assim

foto perfil usuario

Comentou em 01/12/2014

Delícia de conto excitante e muito bem escrito.Uma deusa de luxúria em toda sua exuberante sexualidade.Quero te conhecer e fazer amor com você sem medo de ir no teu íntimo. Beijos,




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


54067 - Ela é santinha? - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
56779 - Do Virtual ao Real - PARTE 1 - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
56780 - Do Virtual ao Real - PARTE 2 FINAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
56824 - Acerto de contas - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
56999 - Amigos para sempre. - Categoria: Virgens - Votos: 4

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico lavioletta

Nome do conto:
Namorados Virtuais

Codigo do conto:
57038

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
01/12/2014

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos erotico dei calmante a minha maê para lhe comercontos eroticos domando a vagabundafilme de pornô morena com cavalo das Naçõescontos de viuvas no ciorelatos reais de casais amadores que iniciaram no menage em familia 2017conto fuder cona peludaminha esposa gordinha puta no bar contonovinha desafiando roludo contoContos eróticos professor da academia comendo minha mulherconto mama no grelinho dessa vadiazinhacontos de incesto 22017Hq oh familia pornôcontozoofiliaquadrinhodesenhos fazendo sexoquadrinhos pornoContosesfregandocontos eroticos vizinha velha peludacontos porno gay perdendo as pregas pro lixeirocontos eróticos msnquadrinho porno do simpsoncontoeroticonovacontos de abusadas no incestoMasturbando no restaurante contosContos Gays Pirocudo Bigodudocontos de o sonho dela era dar o seu cu virgemConto erotico de novinhacontos eroticos eu filha novinha me entreguei pela 1 vez para meu papaicasada que fes zoofilia pela primera vesConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos milf escapadinhaDormindo com o filho contos pornocontos eroticos pescariaTransando com o pai do meu namorado contofotocontos erótico minha cunhada e minha sogra pelo minha p***penis preto pra masturbaçaocontosQuadrinhos eróticosSo,cabelo de,bucetaconto eurotico de garotinha bem novinha virgen ser vendeno doce e o corpobdsm hqs violentadascontos minha irmã casada adoro tapar comigocontos erotico com irmaoConto homem de pica motruosa fuder dona de casa rabuda no tremquadrinho erotico a cachorrarelatos eroticos: negros reprodutores e minha esposagrupos porno zoo e incesto. pseiren historias das igrejas pornosubmissorecife contoerotico.comLevei a esposa do meu sobrinho pro motel eu fudi seu bucetao e seu cu conto eroticoCONTOS DE INCESTOS DE GORDINHAS COM 45ANOS COM FOTOS DELAS PELADASmenina se masturbando com casetete do policialcontos reais incesto filho novinho e maecontos de podolatriapornocontoincestoscontos eroticos de casal junto com amigo de pirusao bem grande tomando banho de picina peladosa cu invocante 3 parte 2conto erotico exibionismo para meu paidespedida de solteira fodendo a vontadeconto erotico em quadrinho de vagabundaConto minha tia me taraconto sobre cunhada crente e safada dando o cuzinhoDei o cu ao peãorelatos erotico sou uma mineira safadaimagens de corte de cabelo na bucetaquadrinhos pornor filho atrevidocontos eroticos enrabando a caipiravidiu meninas qui viumara iscomdido sexocontos o negao me comeu no mato da estradacontos erotico com quidadora nifeta com velho taradoContos Sexo Coroa donzelastio ficou pinto duro na praia de nudismo a frente da sobrinha e sua irmãcontos eroticos mae e filho Mozprono da liga da jutisacunhadinhacontoeroticoconto erotico meu filhoso cassetao duro fotoContos erotico travesti ta me comendogozada conto eróticocontos eroticos alunacontos erroticos de incertos filha amante do pai 2017 ltimas publicaes com fotos hentai hq gayconto comendo a babaPokemon meninas nuas gozandocontos de fetiches eroticos de incesto entre tia e sobrinho