1º Ménage Masculino



1º Ménage
É com muita satisfação e tesão que volto a escrever mais um conto real e verídico nosso (casal eleelaliberais). No conto anterior narrei a nossa 1ª visita na casa de Swing, no ano de 2013. Após visitamos a casa de swing novamente em 2014, (um ano depois), e nessa visita foi que tivemos contato com um casal (casal montado)e foi o que me instigou ainda mais a fantasia de ver minha esposinha tesuda nos braços e na rola de outro macho, pois bem:
Após varias buscas num site de relacionamento sexual bem conhecido, publiquei algumas fotos de minha esposa nua, em poses sensuais, chupando minha rola e sendo penetrada por mim, fazendo e solicitando propostas a casais e singles que estivessem interessados numa troca de prazer, iniciei o contato com um rapaz da nossa região. Algum tempo posterior trocamos Wattszap e conversando, ele me disse que havia gostado muito dela e que estava muito a fim de conhecê-la pessoalmente. Até então eu estava explodindo de tesão, lendo o que ele dizia que iria fazer com minha esposa e eu dizendo o que queria ver ele fazendo. Falei com ela, e tamanho foi o meu espanto quando aceitou a proposta de nos encontrarmos numa cidade próxima a nossa. Falei com ele num sábado e combinamos o encontro para o sábado seguinte.
Foi uma semana que eu dormi e acordei de pau duro, imaginava a minha esposa que até então havia conhecido a minha rola e mais duas (essas outras nas idas ao clube de swing) sentando, chupando e lavando rola do até então desconhecido.
Chegado o sábado fomos ao encontro do Doutor A (nome fictício do comedor), combinamos de nos encontrar num posto de gasolina às margens da rodovia.
Minha esposa estava deslumbrante, ajudei-a a escolher a lingerie e exige que usasse uma sandália alta e não tirasse durante a transa.
Ao chegar no posto parei o carro com os vidros fechados, com muito medo que algum conhecido nos visse ali, e logo vi o Doutor A, chegou parou seu carro, desceu e aguardou, desci do carro com o coração a mil, não sabia se saí correndo, se ficava! Era uma mistura confusa de tesão com arrependimento eu acho..... O tesão falou mais alto, desci enquanto minha esposinha ficou no carro e fui cumprimentá-lo. Era estranho pegar na mão e conversar com o cara que estava na iminência que comer a minha esposinha.
Fomos breves nas palavras e entramos no meu carro, minha esposa estava no banco da frente ao meu lado, meio sem jeito cumprimentou o Doutor A e seguimos para o motel, um clima meio sem assunto e ele tentando fazer tudo aquilo ser o mais natural possível.
Confesso que dá muito tesão dirigir o carro enquanto sua esposa e o comedor conversam interagindo sobre assuntos de sexo, foi tão rápido que chegamos ao motel, detalhe que ele se abaixou no carro para que não percebessem que estávamos em três.
Entramos no quarto e eu tomava uma cerveja para descontrair e baixar o nervosismo, quando fechei a porta, me aproximei da Val (minha esposa) e dei-lhe um beijo bem gostoso, agarrando bem gostoso sua bunda e me afastei indo em direção ao banheiro e disse ao Doutor e a Val que ficassem a vontade.
Demorei uns 3 minutos no banheiro, e quando voltei tive a gostosa visão da minha tão amada esposa agarrada ao Doutor, enquanto ele a beijava e tirava peça a peça de sua roupa já pelado ela alisava o seu cacete grande e latejante de tesão, meu desejo se realizava.... vê-la beijando outro cara punhetando-o ao mesmo tempo.
Ficaram uns 15 minutos naquela posição e eu sentado numa cadeira próximo, apreciando aquela linda cena, nessa hora meu pau já babava de tanto tesão.
Posterior ele a deitou na cama puxou a calcinha de lado e começou a chupá-la e chupou e chupou sem pressa, certo momento ela me chamou na cama e enfiou a minha rola na boca enquanto me olhava com um ar de esposa putinha. Ela começou a gemer na língua do Doutor e eu me aproximei beijei-a e perguntei: Ele está chupando seu cuzinho e ela disse um sim bem longo, voltei a enfiar a rola na boca dela, é esplendoroso ver a esposinha amada sendo chupada pelo comedor e sugando a rola do maridinho.
Ficamos ali mais um tempo, aí ela se levantou e mandou que eu deitasse, veio e sentou-se na minha rola e enquanto cavalgava chamou o comedor para chupá-lo, ficamos nessa posição um bom tempo, mas eu estava com muito tesão e logo gozei.
Ela se levantou foi ao banheiro se lavar e o Doutor foi ao seu encontro e quando ela saiu eles ficaram num polidance que havia no quarto, ela de costas e ele bombando sua buceta e eu deitado na cama apreciando tudo. Ela em seguida gozou e ele não, e olha que ele fodeu ela de todas as formas. Ela novamente foi ao banheiro e eu fui tomar uma ducha.
Quando saí ela estava sentada na cama namorando o comedor, me aproximei conversamos um pouco e logo a virei de costas pra mim, de modo que ela ficasse de boca no saco e na rola dele, e com a buceta virada pra mim. Não resisti e enfiei a língua no cuzinho maravilhoso dela e ela gemia com a boca ocupada pelo saco do comedor. Fícamos nessa posição até que pedi que ela montasse na rola dele e pude ver bem de pertinho a bucetinha da minha esposinha toda preenchida pela grande vara do comedor. Não resisti e enfiei a língua no cuzinho novamente e depois tentei fazer uma DP enfiando a rola, ela não quis, prometendo a DP num próximo encontro.
Desta vez finalmente o Doutor gozou com a vara atolada na buceta da minha esposinha.
Ele tirou a camisinha e foi até o banheiro, nessa hora eu já estava com a rola dura igual uma rocha e pedi que ela viesse cavalgar em mim. Ela sem pensar veio e sentou na minha rola, ela estava sedenta por rola aquela noite, ficamos metendo e ele observava, foi quando gozamos eu e ela.
Fomos tomar uma ducha e ela convidou o comedor para o banho, foi uma cena linda, ela ficava revezando em beijar eu e o comedor enquanto um beijava o outro esfregava a rola na bunda dela.
Já estava ficando tarde e chamei-a para ir embora mas antes eles ainda se beijaram e se tocaram enquanto ela se vestia.
Entramos no carro todos saciados de tanto meter e levei ele até o posto para pegar o carro. Na hora de ir embora ainda dentro do nosso carro ele deu um selinho nela nos despedimos e ele se foi.
Estamos combinando um segundo encontro. Não sei se é normal mas é um tesão inexplicável ver a esposa amada beijando e sendo penetrada por outro macho. Maridos que tem a mesma fantasia, permitam-se liberar é um tesão imenso o ménage masculino.
Somos realmente casados na faixa dos 30 anos, moramos na região de São José do Rio Preto.
A discrição, o uso de preservativos, a higiene, a educação são quesitos indispensáveis para os singles (somente solteiros) e casais que se interessarem.Seguem as fotos do encontro.
Façam suas propostas.
Foto 1 do Conto erotico: 1º Ménage Masculino

Foto 2 do Conto erotico: 1º Ménage Masculino

Foto 3 do Conto erotico: 1º Ménage Masculino

Foto 4 do Conto erotico: 1º Ménage Masculino

Foto 5 do Conto erotico: 1º Ménage Masculino


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario gugu7l

gugu7l Comentou em 20/01/2015

conto perfeito, que esposa maravilhosa, muito gostosa e tesuda, continuem, votado....

foto perfil usuario carberto.cba

carberto.cba Comentou em 19/01/2015

Continuem assim... votado, enviarei um contato para vocês, abraço.

foto perfil usuario claucasado41

claucasado41 Comentou em 19/01/2015

muito excitante.ela é muito gostosa. Meu pau ficou igual pedra rsrsrsrs




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


51279 - Primeira vez na Casa de Swing - Categoria: Traição/Corno - Votos: 33

Ficha do conto

Foto Perfil eleelaliberais
eleelaliberais

Nome do conto:
1º Ménage Masculino

Codigo do conto:
59278

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
18/01/2015

Quant.de Votos:
18

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


contos eróticos BBBconto erotico dedo no greloxxvideo mobile seios arrepiadomulher vampira quadrinhos porna rola enorme do meu concunhadocontos esposas com negaoconto erótico gay meu primeiro dp analconto erótico netinha 10contos eroticos...comendo minha priminha enquanto minha tia me deixou tomando conta delafiquei de buseta conpletamente aronbada e ardendo meu conto eroticoContos Eróticos De Comendo A Mãe Do Amigouol conto eróticoconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorconto erótico de mendingochupadinho bucetinho raspa e louraContos Eróticos Seduzindo ovovô na piscinaconto de irmawww.contoeroticoteen.comcontosmorenacasadasxvideo cuzinho fuderozoconto erotico marido viado e submissoConto erdotico sexo no presidio meu filho atrevido e selvagem historia em quadrinho porno gay 4devorada dentro do caminhaoConto erotico dentista mete gay afeminado com calcinhabuceta de novinha cabaco contos eroticosmeu chefe tesao sexo prazer contocontos de sexo do fabianoporno hq tampamdo olho de filha com as maosconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos gay calcinha inversaocontos erotico hetero com gordinhaA dentista de calça de lycra - contos eróticosvovo peludo gay contosLições com o vizinho negão 2hentai hq engravidandocomi a mae da minha madrinha contosconto erotico trepei e paguei o debitosexo em quadrinhogozando na mamae quadrinhoConto erotico de evangélicacontos vireiputa do papaidepilei minha tia contos eroticoscontos eróticos papai meu amorxvidio veridico patroaxvidio mulher traindo na sala de casa com o maridomenininha safadinha conto eroticoConto erotico pau muito grossoconto roludo regacou minha esposabucetamarlenecontos eróticos 3dpai e filho tomando banho jumto de pau duroconto erotico menos mamãe que o acomodou temporariamente em meu quartocontos eroticos incesto a garotinha bucetuda do papaiconto erótico viajem na praiaGuero ver gozar na boseta da ermapraia de nudismo 25cm de pau grande grosso mae chora aiiii meu cu virgemcontos eroticos - minha esposa na saunaconto moreno heteroconto eu ti sete anos quando meu tio caralhudo fudeu minha bucetona e meu cuzinhoporno de engravidando a mamae hqxvidios gay grupal arobando os viadinhosmeu filho me pegou com a buceta peludacontos eróticos de velhoscontos erotico no morrocontos eroticos o menininho pequeno e o camionheiro malfadoconto erotico mae e filho na picinacontos eroticos eu e meu pastor alemâonegras de buceta docefeia gostosa e puta contoconto comir minha mae negracontod eroticos virgem novinha dez anosvídeo pornô do Chaves votou na bundinha da ChiquinhaFotos sexo minha mulherincesto brazilcontos gay bebado paiRockerinho trazandonora bunda gostosa provaca sogro conto erotico