CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...



Como disse anteriormente o casal que nos levou a festa, Isabel e Marcelo, nos chamou para ir até um quarto, pois queriam conversar com a gente, saímos de fininho e fomos conversar com o casal. Chegando ao quarto sentamos na cama e começamos a conversar, de como foi boa a festa, das surubas que fizemos, mas ainda não tinha rolado nada entre a gente, e eles estavam com a maior vontade de isso acontecer.
Nesse momento Isabel começou a bolinar na minha esposa, beijando-a com muita vontade, e por sua vez minha esposa não se fez de arrogada, correspondia aos beijos e deixava Isabel alisar sua bucetinha, ela colocava os dedos dentro dela, fazendo movimentos de vai e vem, como se a estivesse comendo com os dedos, minha esposa relaxou e deixou Isabel fazer o que quisesse com ela, que chupou sua buceta, colocou a língua dentro dela, alisou seu cuzinho com o dedo, chegando até a enfiar dentro dele.
Algum tempo as duas trocaram de posição, minha esposa passou a cariciar Isabel, que se contorcia na cama como uma puta no cio, gingava, gemia, se contorcia, mostrava que estava com muito tesão mesmo. Quando minha esposa estava chupando a xoxota de Isabel, ficou de bunda para cima, ai Marcelo não teve duvida, pegou ela por trás, meteu na buceta sem dó, enfiou em uma só estocada, minha esposa até parou de chupar Isabel, pois sentiu algo muito agradável, mas depois continuou a fazer o que estava fazendo, para eu não ficar atrás, coloquei meu pau na boca de Isabel, que o chupava com muita vontade, lambia a cabeça, colocava todinho dentro da boca, cheguei a sentir sua garganta, uma delicia e um tesão muito grande.
Quando minha esposa parou de chupar sua xoxota, pois conseguia mais fazer isso, uma vez que tinha um pau atolado em sua buceta, não conseguia se concentrar nas duas coisas, Isabel virou para mim e disso: “enterra essa rola gostosa na minha buceta também”, mas só que ela queria mais, começou me beijando gostoso, chupou meu pescoço, deu umas lambidas em minha orelha, o que fez meu doer de tanto tesão, foi descendo a língua pela minha barriga, até chegar em meu pau, que o abocanhou com estrema mestria, ficou um tempo fazendo isso, até que se deitou de costa na cama e abriu as pernas e falou: “pronto agora você está pronto para fuder minha buceta, que está toda molhada.
Meu entrou sem nenhum esforço, senti minhas bolas batendo em sua bunda, ela rebolava muito, nisso Marcelo também virou minha esposa de frente e continuou a comê-la, com muita vontade, em determinado momento não sabíamos mais que estava gemente ou gritando, ficamos assim por algum tempo, até que as mulheres quiseram parar, pois já tinham gosado muito.
Voltamos a ficar sentado na cama, mas agora com alma lavada, pois tínhamos trepado muito. Começamos a conversar sobre fantasias que tínhamos com relação a sexo, as mulhres falaram que gostaram da dupla penetração, chupar vários paus no mesmo momento, ser chupadas por vários homens, ou seja, o que rolou na brincadeira na beira da piscina.
Marcelo coloca que adorou eu comendo seu cu, pois gosta disso também, eu falei que nunca tinha feito isso, ai me esposa falou que era mentira, olhei para ela com uma cara de interrogação quando ela falou: “hoje de manha comi você, com um de nossos brinquedos e você adorou” ai retruquei: “a tá mas só dei até agora para brinquedos, nunca senti um pau de verdade no meu cu”, começamos a rir. Eles pediram para ver nossos brinquedos, ficaram boquiabertos com a quantidade, de vários tamanhos, me perguntaram qual já tinha usado, respondi que todos, mas tinha o que eu preferia, um brinquedo de 16x4, entra no meu cu com muita facilidade.
Isabel comenta que até hoje só fez fio terra no Marcelo, mas chaga a colocar três dedos dentro do seu cu, e ele delira com isso, e que nunca experimentaram um brinquedo, falamos para eles se quiserem eles estão a disposição de vocês. Eles sorriam e entreolharam-se, com muita cumplicidade, isso foi o sim dos dois, Isabel colocou a cinta que prende o consolo e pediu para Marcelo escolher um, ele pegou o que eu gosto, fiquei um tanto quanto enciumado, como uma criança que quando seu brinquedo é pego por um amiguinho, pois aquele brinquedo é meu, meu uso, mas tudo bem deixei o ciúme para lá, pois queria ver o Marcelo ser enrrabado por sua mulher, ela o comeu de todas as maneiras, de quatro, frango assado, de pé, de lado e até algumas posições que eu não conhecia, do outro lado da cama minha mulher ficou batendo uma siririca.
Como tínhamos mais consolos minha esposa também colocou um, e pediu para me comer também, mas os que tinham eram maiores, mas tudo bem vamos nessa, me coloquei de frango assado, pois queria ver a cara de satisfação de minha esposa, pois quando ela me come, sente um grande prazer, chega até a gosar. Os maridos foram trocados, Isabel me comeu e minha esposa comeu o marido dela, para mim foi mais fácil aguentar, pois o brinquedo que minha esposa usava era maior, quando ela colocou no cu do Marcelo ele reclamou que estava doendo, mas minha esposa não teve dó, socou tudo de uma só vez, depois de algum tempo ele acostumou com o tamanho e só foi alegria.
Parada a brincadeira conversamos a respeito, Isabel coloca que nesse tipo de transa sentiu uma enorme satisfação, pois se sentiu com o poder, deixou seu marido submisso, e é essa a sensação que dá nas mulheres quando comem seus parceiros. Isabel também quis experimentar um consolo, mas minha mulher comendo ela, escolhemos um brinquedo que tem uma bombinha que infla o consolo, deixando-o maior e mais duro. Isso acontece quando ele colocado dentro de algum buraco, cuzinho ou bucetinha. Minha esposa colocou-a de quatro e meteu tudo em buceta, ai começou a inflar o brinquedo, Isabel se contorcia de tesão, falava, enche tudo, deixa ele bem grande e grosso, quero sentir minha buceta estourar, ela gosou muito. Enquanto as duas estavam brincando Marcelo começou a mexer no meu pau, o punhetava bem devagar, aquilo foi me dando um tesão imenso, ele duro na hora, quando Marcelo percebeu que estava bem duro caio de boca, como disse anteriormente ele chupa divinamente.
Elas pararam de brincar e ficaram observando o que estava acontecendo, ai Isabel falou para mim: “por que não chupa o pau dele também”, olhei para minha esposa, e ela com olhar de cumplicidade disse: “pode chupar, você vai sentir como é gostoso chupar um pau de verdade, não um de borracha”, cai de boca, fazia exatamente como Marcelo fazia no meu, estava delicioso sentir aquele pau dentro da boca, o meu ficava cada vez mais duro.
Marcelo fica de quatro e pede para eu colocar tudinho em seu cuzinho, já o tinha comido antes, mas quando o comi seu cu estava apertadinho, agora estava largo, pois sentiu dois consolos em seu cu, entrou fazinho, meti muito naquele cuzinho. “Minha esposa falou para mim: “você já chupou um pau, e pelo que percebi gostou muito, que tal agora dar o cuzinho”, olhei para ela e disse: “vai doer”, ela respondeu:” vai nada você já esta arrombado, engoliu pelo cu dois rolas já”, pensei bem e fiquei de quatro, Marcelo foi muito carinhoso, colocou devagarinho, mas eu já sentia muito prazer, pois como minha esposa tinha dito, meu cu estava largo. Cheguei a gosar pelo cu.
Dentro das nossas fantasias Isabel coloca que queria uma dupla penetração, mas não no cu e buceta e sim, dois paus na buceta, eu e Marcelo nos olhamos, e então partimos para cima, ele colocou primeiro, pensei que seria difícil colocar o meu, mas foi nada, a buceta de Isabel estava bem larga, pois tinha experimentado um consolo GG. Metemos muito nela, depois foi a vez de minha esposa, foi um pouco mais difícil, pois sua bucetinha não estava tão larga.
Estávamos exausto, foi quando revolvi ir tomar um banho, estava em baixo do chuveiro quando Marcelo entrou e falou que ia dar uma mixada, fez o que tinha que fazer e perguntou se poderia tomar banho comigo, era uma de suas fantasias, falei que sim, ele entrou no chuveiro, pegou o sabonete e começou a me ensaboar, minhas costas, minha bunda, enfiava o dedo no meu cu, e eu comecei a ficar de pau duro, ai ele abaixou e fez uma chupeta deliciosa, ai foi minha vez de fazer a mesma coisa, me levantei e comecei a punheta-lo, ele fez o mesmo comigo, como não tínhamos gosado ainda, foi um jato de porra que voou para tudo quanto é lado, muito gostoso esse gozo.
Voltamos para o quarto e as duas mulheres foram tomar banho, só escutávamos gritos e gemidos, elas estavam a mesma coisa que nós fizemos, elas saíram do banheiro com uma cara de felicidade, colocamos nossas roupas e voltamos para a piscina, quase todos já tinham ido embora, só estava o casal anfitrião e mais um outro, conversamos de como foi a festa, ele nos convidou para a pascoa, pois seria um festa cheio de “ovinhos”.
Despedimo-nos e fomos embora, Marcelo e Isabel falaram que adoram sair conosco e que queria fazer isso mais algumas vezes, marcamos para outro dia sair, comer alguma coisa e depois ser comido, no caminho de casa minha esposa me revelou que tinha combinado tudo com Isabel, queria-me ver dando, e como eu tinha comido o marido dela, nada melhor do que ele para fazer o mesmo comigo. Fiquei meio grilado, mas tudo bem, foi muito bom esse inicio de carnaval, pois era só domingo.
Foto 1 do Conto erotico: CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...

Foto 2 do Conto erotico: CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...

Foto 3 do Conto erotico: CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...

Foto 4 do Conto erotico: CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...

Foto 5 do Conto erotico: CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


19732 - Meu primeiro swing - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
19734 - Meu primeiro swing - continuação - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
20112 - iniciação em inversão - Categoria: Fantasias - Votos: 8
58390 - meu cu - Categoria: Gays - Votos: 16
58539 - SURUBA - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
58540 - SURUBA 2 ª PARTE - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
58554 - SURUBA 3ª PARTE - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
60950 - CARNAVAL - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
61024 - O CHURRASCO, CONTINUAÇÃO DO CARNAVAL... - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 8
61077 - TERÇA DE CARNAVAL - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
61382 - FAÇA O BEM E RECEBE EM DOBRO - Categoria: Gays - Votos: 4
61669 - A VIZINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
62029 - UMA RODADA DE POKER - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
62101 - MINHA AMIGA - Categoria: Travesti - Votos: 12
62120 - MEU CU - DANDO DE NOVO - Categoria: Gays - Votos: 12
62127 - MINHA VIZINHA -, PARTE DOIS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
62195 - NEM TUDO ACONTECE POR ACASO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
62198 - MINHA AMIGA TAMARA - Categoria: Travesti - Votos: 10
62565 - A FESTA - Categoria: Travesti - Votos: 7
62687 - EU E MINHA AMIGA - Categoria: Lésbicas - Votos: 7
69312 - sauna - Categoria: Gays - Votos: 5
76476 - SAUNA II - Categoria: Gays - Votos: 3
91113 - MINHA PRIMA - Categoria: Incesto - Votos: 3
94833 - 1 encontro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1
94834 - 2 encontro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 0
94835 - 3 encontro - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil cloniac
cloniac

Nome do conto:
CONTINUAÇÃO DO CHURRASCO...

Codigo do conto:
61059

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
21/02/2015

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
5


Online porn video at mobile phone


P0rno corno espera mulher japinha na massagemvideo porno do casal vodikcontos eroticos minha tia caboeta5 sado contos eroticosconto erotico meu marido mim levou a um riohentai gay pai e filhohentai gay em guadrinhosconto erotico acunhada do meu amigo rabuda mete aiiiconto insesto irmacontos eroticos mamei gostosoContos Eroticos Gay: Gangbang com o vovocontos eroticos plug anal trabalhocontos-mana peitudas e bundonas-fotosencoxando ombroela me da de mamar enquanto vejo tv contoContos da cona da luisinhatroca de casal contosporno gay de dragon ballmeu pai conto eroticocontos porno - africanos em françaEdna minha vizinha safada contoVou de navar canto eroticocontoerotico casado bicontos erroticos de incertos filha amante do pai 2017chupa o caralho dele na minha boca, mama do leite dele, mama corninhoconto erotico entregador de pizza a forcaemguadrinhos 3d adivogada eroticoa minha cunhada e o cavalaobalconista lambeu minha xotaconto estrupo nafrente do maridocorno bebendo mijo contosexo crente safadaCdzinha com história top contos eróticos escrito por cristina23livresconto minha mae carente eu dormia com ela e um dia ela pegou no meu pipiuconto porno cagando porra com bosta na boca da amigaGozada Na Boca Caiu na Netindio tarado por grelo grandeConto eroticos Porno gay Tio Descobriucasado roludo gssconto sobrinha novinhaputa dotiover vídeo pornô gay gay hétero tirando a virgindade do seu cunhadinho a forçabuceta sussurranteContos erotico madrasta gostozapai come o cuzinho do filho novinho a forcaConto erotico minha irmalllconto erotico da viuvaminha irma me legou batendo ponheta contosContos eroticos dando no curralVadia gostosa fas homem goza no cinto de castidademinha sobrinha com a buceta raspadinha contoFoto de gay pauzuda em ctbaContos erotico me chamaram pra pescar mas eu tinha que leva a piranha da minha esposaAdriana emprego grita dor conto eróticoconto erotico gay apaixonadoamiga do trabalho nuaconto erótico safado casado quer um paumeu genro pauzudo me rasgou toda flagras reaiscontos porno em quadrinhosMeu filho gozou dentro da minha buceta,contoconto gay me sentindo mulherDei o cu ao peãodei minha buceta menor no natal contoslances de buceta encostadas no metrô Contos eroticos de perda de virgindade incestoConto erótico na cachoeira com a priminha ingênuax vidio comtos eroticos eu minha mulher e sua maeMulher gozando no pau do amantezoofilia primeira vez da cadela no comeco do cioporno gostandoantes de comer a mulhercontos-gays me caguei todo no pauzao grosso do amigo da faculdadeconto erótico aliviei ele punheta