Sobrinha veio dormir em casa



Tenho um punhado de sobrinhas por parte da minha esposa, porque do lado da minha família é só macho, tenho uma propriedade no interior próxima á família dela e é só chegarmos que a sobrinhada aparece para visitas e passar alguns momentos juntos aos tios.
Tem uma delas Thaís, novinha que sempre chega e pede para dormir por lá é uma boa companhia, pois é divertida e nos alegra com sua presença.
Ela é uma delicinha, corpo em formação, já bem cheinha, peitinhos em crescimento, coxas grossas e uma bundinha redondinha e ela é simplesmente linda com uma boquinha que seduz.
Esse último feriado estivemos lá e como sempre ela pediu a sua mãe para dormir lá, instalamos um colchão na sala para acomoda-la, à noite quando se preparou para dormir eu estava assistindo TV e ela veio se deitar com um vestidinho de algodão bem soltinho, deitou-se em seu colchão, puxou a coberta e ficamos conversando trivialidades e assistindo. Em certo momento ela levantou-se me deu boa noite com um beijo no rosto e falou que iria dormir. Perguntei se a TV iria atrapalhar o sono e ela falou “acha” tô morrendo de sono.
Minha esposa já havia ido dormir depois de um dia cansativo da viagem, fiquei ali assistindo e acabei dando um breve cochilo, quando despertei percebi que a Thaís havia se mexido e acabou se descobrindo e o vestidinho havia subido deixando sua bundinha com a calcinha à mostra, aquilo mexeu comigo e fiquei me deliciando com aquele visual. Ela ressonava deixando claro que estava em sono profundo, eu deitado no sofá estava bem próximo dela ao alcance da mão, não resisti à tentação e levei a mão levemente para toca-la, mas tremendo com a situação, toquei e senti a textura da pele da bundinha, muito suavemente, nossa que delicia de pele ela estava com uma perna esticada e a outra dobrada deixando ver o volume de sua bucetinha, passei a mão bem levemente sentindo o calor e o volume daquela xotinha cheinha. Levei a mão por baixo do tecido da calcinha e alisei, quase enlouqueci o tremor ainda maior dei uma pequena bolinada, tirei o dedo e levei a boca para sentir o cheirinho, molhei bem o dedo com saliva e voltei a tocar na intenção de introduzi um pouquinho só para sentir o cabaçinho, fui mexendo sentindo a maciez daquela bocetinha e qual não foi minha surpresa quando o dedo entrou mais do que deveria “aquela menina não era mais virgem”. Pronto o pouco de cuidado que restava acabou, desci do sofá e deitei por trás dela e comecei a tocar uma siririca enfiando o dedo todo dentro, nessa hora já senti sua bucetinha encharcando e sua respiração mudou, passou a dar uns gemidinhos ainda dormindo a essa altura eu além de colocar o dedo roçava meu pau na xotinha. Quando de repente ela acordou sonolenta e disse:
Ela:- Tio o que você tá fazendo?
Eu:- Calma meu amor eu tô te fazendo um carinho.
Ela:- Ai tio não pode.
Mas nem se afastou deu uma balançadinha de leve que o dedo até encaixou melhor.
Ela:- Cadê minha tia.
Eu:- Está dormindo.
E começou a gemer bem baixinho.
Ela:- Ai tio...ai tio...huuumm...ai
Soltei meu pau encostando-se a sua xoxotinha e fui abaixando sua calcinha por trás. Tirei o dedo e coloquei a cabeça do pau, sem deixar de roçar ela já rebolava e a cabeça foi se encaixando de leve na entradinha. Dei umas esfregadas e falei.
Eu:- Escuta vou ver se sua tia continua dormindo, tira a calcinha e me espera que vamos brincar mais um pouquinho.
Ela:- Tio, tio a gente não pode.
Dei um beijinho em seu pescoço e falei hoje você e minha.
Levantei dei uma olhada rápida na mulher que continuava dormindo, voltei, desliguei a TV e a escuridão tomou conta. Deitei-me novamente e ela já estava deitada de barriga para cima, fui beijando seu pescoço e levei a mão em sua bocetinha e constatei que a safadinha havia tirado a calcinha, pensei, já era vou meter gostoso nessa bucetinha.
Baixei meu short deixando o pau para fora que parecia que iria quebrar de tão duro, fui me deitando e encaixando entre suas pernas que foram se abrindo automaticamente.
Ela:- Tio, agente não devia fazer isso.
Eu:- A gente tem que fazer aquilo que tem vontade.
Encostei o pau na entradinha e constatei que ela estava encharcada até as coxas estavam molhadas, fui empurrando devagarinho e senti ir abrindo a bocetinha, quando encaixou metade da cabeça ela gemeu, soltou um ai.
Ela:- Ai tio.
Eu:- Relaxa meu amor que o titio vai meter bem gostosinho em você.
Fui empurrando mais e a cabeça entrou. Ela deu um gemido dolorido.
Ela:- Ai tá doendo. . .falaram que só doía a primeira vez.
Colei minha boca na dela e comecei a beija-la notei que nem beijava direito, tirei um pouco a cabeça e enterrei mais um pouco e fiz isso umas 03 vezes sentindo que entrava mais, a buceta era muito apertada parecia que estrangulava meu pau e ela gemia com ais dentro da minha boca. Já estava com metade dentro tirei um pouco e ao mesmo tempo desgrudei a boca dela coloquei a mão em sua boca e disse quietinha meu amor senão sua tia acorda e enterrei tudo ela deu um gritinho abafado pela minha mão e choramingou um pouco.
Tirei minha mão de sua boca e colei minha boca novamente e comecei o vai e vem bem lento, ela gemia o tempo todo. Já era estava todo dentro dela e metia gostosinho a buceta mais apertada que já comi na vida, puxei as suas pernas e cruzei atrás de mim e socava já com mais força ela me abraçava com mão e pernas e gemia muito forte e começou a delirar.
Ela:- Ai tio...ai tio...tá doendo mais tá gostoso demais, você abriu minha priquitinha toda acho que você é muito grande.
Eu:- Agora sou do tamanho dela meu amor sua priquiinha tá do tamanho do meu pau.
E ela começou a gemer mais alto, acelerando a respiração percebi que já ia gozar, acelerei os movimentos e senti o gozo gostoso da menina que em sequencia relaxou toda.
Agora quem sentia o gozo chegando era eu comecei a enterrar até o fundo que sentia o pau bater no fundo de sua bocetinha e gozei gostoso na parede de sua buceta.
Sai de cima dela e ela continuou com as pernas abertas recuperando a respiração.
Eu:- Doeu muito meu amor?
Ela:- só um pouquinho, mas foi bem gostoso.
Eu:- Beijando ela, quem falou que só doía a primeira vez.
Ela:- O Reinaldo (seu irmão)
Logo deduzi foi o irmão que quebrou seu cabaçinho, ele tem 19 anos.
Ela:- Tio você me beija tão gostoso, beija mais.
Eu:- O Reinaldo não te beija assim?
Ela:- Com o olhar assustado, responde não ele nunca me beijou.(acho que caiu a ficha que eu saquei que seu irmão a comeu)
Continuei beijando e pensando que amanhã vou ter que ir encontrar a pílula do dia seguinte, porque vou gozar de novo dentro dessa bucetinha.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario camps

camps Comentou em 09/08/2015

Delícia gozar na novinha...

foto perfil usuario

Comentou em 17/04/2015

hummm...que relato deliciosos

foto perfil usuario voyspmen

voyspmen Comentou em 15/04/2015

cara q sorte vc tem, parabéns pelo relato, qtos tem sua sobrinha, se quiser fazer uma divisão estarei pronto pra ajudar, abraços

foto perfil usuario anacecilia

anacecilia Comentou em 15/04/2015

Adorei o relato com a sua sobrinha, muito excitante! Super bem escrito o conto. Votado.

foto perfil usuario Soninha88

Soninha88 Comentou em 14/04/2015

delícia de conto...que sobrinha levada...adorei e votei...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil jacarambeva
jacarambeva

Nome do conto:
Sobrinha veio dormir em casa

Codigo do conto:
63572

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
13/04/2015

Quant.de Votos:
17

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eróticos dividindo a esposadeve aluguel de o cu pornocomeçou no sitio + eroticoconto erótico a doce folhinha do papai contos eroticos gay com vizinho casadocontos eróticos Tambaba 2017Comeram meu cu por vingança contos gayscomprando a gsrotinha contos eroticossexo contos eroticos minha esposa me traiusogro.corno.na.praiarabudasdeplantaoconto de comi o cuzinho da minha prima novinha que chorou com a pica grandecontos eróticos de i****** com padrinho vizinhocontos eroticos de santinhasimcesto papai goza muito me deixa garsdamae filho filha conto pornosexo gay em quadrinhoschiquititas gay pornoO amigo negro do meu filho quadrinhos eróticocontos eróticos primeira gosada com macho fotoscontos reais de esposa com negaoconto erotico filhoconto erótico mamãeminha namorada contoabusaramcontos negoes borracheiroscontos eroticos do meu filho dotado me comendoconto erótico gay incertorelato de relação com montadorporno em quatrinho a prefeitacontos de sogras vadias e genrover video porno de incesto anal tramando a posse da maezinhabulinei gostosa no onibus lotado contocontos eróticos arrombando cu de negrinhaPunheta traveco tezudo conto eroticoEvanglicas gostosas/desabafos recentes de incesto com fotosUltimos contos de zoofiliaexxvidio da muher traido seu maridocontos super safadoscontos eroticos vibrador enorme da amigagêmeospornocontosconto erotico puto do cunhadojenny e Kelly hentaicontos eroticos novinha rabuda sonha com medingo fudendo ela e ela procura um medingo pauzudo na ruacontos eroticos de gay dando caronaporno a travesti dos meus sonhosultimos contos sadomazoquistaContoseroticos no metrôultimos contos sadomazoquistaultimos contos sado" comecei a rebolar no colo do titioconto incesto gayquadrinho porno gayolha corninho ru trepandoconto erotico de sogra gostosachorou na pica contoeu e a sogra contoscontos eroticos meu padrasto me embreagou e me estuprou na infanciaquedando cabasocontos porno em quadrinhos emprestando a mulherContos so gosto roludoempregadafragantehq sexo entre pai e filha / onde ela estácachorro goza dentro da mulher e enche seu útero de esperma história em quadrinhosminha mulher e filhas os pedreiros entai e contos eroticosminha irma dormindo ru comi elaconto erotico comi o recepcionista da pousadacontos/dei o cabaco para meu manocontos eroticos juvenisgostosa gritando no pau já falei se você continuar com essa palhaçada você vai apanharflagrante contocontos eróticos Irma virgempai fragor filha chupardo bem gostoso seu namoradocontos eroticos meninos padrinhowww.contos eroticos sogra gostosa da cu pro genro novinho pauzodohentai travesti . a vinganca das alunas 2contos veridico mulher casada,mas nao resistiu ao travesti bem dotado e fode com elecontotiasafadacontos eróticos gay Dei.Minha Bunda Pro.Amigo Do.Meu Filhocontos a nega deu o c* no ônibusprimo ticudo fodendo a beseta inocente do rabo gostossoSó vídeo de maior duração gays de pica grande altas gozadasdescobri meu marido cornoconto erótico brincando no quintalFotos de travesti querendo amante para fudelassexo três homensporno mae se Engravidar do meu próprio filhooldmengirlspornoconto erotico de amiguinha brincando de esconde escondeConto erótico pelada chuva contoseroticos.vip/incesto/dando-uma-fugidinha-com-o-padrasto/conto erótico mão amiga grupal entre garotos gays com fotosincesto mao de sote cuto provoca filho vontos eroticofilha viciada em foder contosprometeu dar o cuzinho virgem contos eroticoscontos eroticos novinha rabuda sonha com medingo fudendo ela e ela procura um medingo pauzudo na ruaconto de mulher punheteraContos comendo minhas etiadas dopadas