A ENDOCRINOLOGISTA FOFINHA!



Recentemente, vi-me obrigado a retomar um tratamento contra excesso de peso, razão pela qual fui a procura de um profissional médico endocrinologista; como é de conhecimento comum, esses profissionais, via de regra, são do sexo masculino, e, gordos (alguns obesos, na verdade). Como eu havia mudado de plano de saúde, não pude retornar ao antigo especialista que cuidava de mim, consultando o site da operadora do plano em busca de um profissional que estivesse ao meu alcance. E para minha surpresa, encontrei um …, ou melhor, uma …, sim era uma mulher!

A ideia de me consultar com uma especialista animou-me a marcar a consulta o mais rápido possível. E no dia e hora marcados, lá estava eu, na antessala do consultório, esperando para ser atendido. Em poucos minutos, a atendente chamou meu nome e pediu que eu entrasse no consultório da Doutora Sílvia. Assim que fechei a porta atrás de mim, fui tomado por um arrebatamento extasiante ao me deparar com a médica; Sílvia era uma morena linda, de pouco mais de trinta e cinco ou quarenta anos, porém aparentando menos; tinha um rosto lindo e brilhante, com olhos verdes cristalinos e uma boca ornada por lábios vermelhos e carnudos (daqueles que a gente tem vontade de mordiscar). Seus cabelos escuros e ondulados, eram de comprimento médio e pareciam ter um brilho próprio que chegava mesmo a ludibriar o sol …, mas, o mais interessante é que Sílvia era uma linda gordinha.

Aliás, era uma gordinha perfeita, de medidas generosas e que não podiam ser escondidas pelas roupas profissionais que ela vestia, insistindo em esconder sua beleza por baixo de uma aura de sobriedade desnecessária. Quando ela sorriu para mim, verbalizando o mais mavioso “bom dia” que eu já havia ouvido nos últimos tempos, meu coração pareceu pular dentro do peito e senti uma excitação sem limites.

Sílvia convidou-me a sentar para que pudéssemos iniciar a consulta; fiquei alguns segundos sem saber o que fazer, mas logo percebi que não podia permanecer naquela letargia idiota, e sentei-me na cadeira à frente dela. Sílvia perguntou-me, então, o que me trouxera ao seu consultório.

Contei-lhe sobre o meu périplo para lidar com o excesso de peso e que, mesmo correndo três vezes por semana e mantendo uma alimentação controlada, ainda assim, não perdera mais massa corpórea. Exibi a ela meus últimos exames de sangue e testes hormonais. Sílvia examinou-os atentamente, com um olhar sério e compenetrado. Depois iniciou uma conversa a respeito das dificuldades de se perder peso a partir de uma dada faixa etária da vida.

Alongou-se em comentários sobre essa peculiaridade hormonal e, por fim, sugeriu que tentássemos uma reposição hormonal balanceada; inicialmente eu hesitei, já que as leituras que havia feitos no “Doutor Google” não eram em nada favoráveis a esse tipo de tratamento. Sílvia riu do meu comentário, e tornou a explicar-me algumas vantagens e outras desvantagens do tratamento. Perguntei-lhe, então, porque ela não fizera em si própria o mesmo tratamento.

Sílvia empertigou-se na cadeira, mas não perdeu o bom humor; comentou que gostava muito de comer e que tinha noção de que não era uma mulher com o biótipo ideal.

-Depende – interpelei eu com certa malícia no tom de voz – Com a sua beleza e graça, tudo mais é desnecessário.

Sílvia ruborizou-se de imediato e ficou muda; percebi que meu comentário havia mexido com ela; pensei que seria melhor controlar meu ímpeto, mas também notei que era tarde demais para recuar. Ficamos em silêncio por alguns minutos, até que Sílvia conseguisse retomar o controle da situação. Ela retomou seu comentário, finalizando que, se eu não quisesse o tal tratamento, faríamos algo pelas vias mais ortodoxas.

Ela tomou um receituário e prescreveu uma fórmula, orientando-me que ela deveria ser administrada por sessenta dias, findos os quais eu deveria fazer uma nova bateria de exames; assim que terminou a prescrição, Sílvia sacou de um formulário do convênio preenchendo-o com o pedido de exames. Entregou-me ambos os documentos e depois de mais um pequeno intervalo embaraçador, ela sorriu e agradeceu pelo meu comentário elogioso a seu respeito.

-Tenha a certeza, doutora – disse eu sem trela na língua – que foi muito sincero e amável.

Sílvia sorriu encabulada. Nos despedimos e eu fui embora, com a sensação de ter perdido alguma coisa …, provavelmente, a oportunidade de flertar aquela médica de uma beleza cativante.

Nos dias que se seguiram, além do medicamento por ela indicada, a imagem de Sílvia não saía da minha mente, e eu sentia um desejo incontrolável de reencontrá-la, em uma situação menos tensa, com o fito de retomar minhas investidas. Todavia, eu também sabia que não havia como provocar um acontecimento desse tipo, sem denunciar quais eram minhas verdadeiras intenções.

Deixei de lado, pelo menos naquele momento, qualquer estratégia a fim de simular um encontro “casual” com aquela delícia. Todavia, o destino sabe proporcionar oportunidades únicas e imperdíveis. Dias depois, no final da tarde eu parara em um supermercado próximo de casa para comprar algo para comer e me deparei com Sílvia empurrando um carrinho, tendo em uma das mãos uma pequena lista de itens.

Meu coração bateu mais forte e eu concluí que aquela era a chance única que me fora proporcionada pelo destino para cortejar minha deliciosa endocrinologista. Fiquei algum tempo “cercando o galo”, como dizem no interior e depois de circular nos mesmos corredores que minha presa, foi no corredor de congelados que nos encontramos “casualmente”.

Sílvia ficou surpresa ao me ver, mas seu sorriso revelava mais que apenas surpresa. Nos cumprimentamos com um afeto comedido e ficamos conversando sobre as razões que nos haviam trazido ao supermercado no final daquela tarde. Disse a ela que vim a procura de algo para comer, enquanto ela me disse que era hábito comprar algumas coisas para comer à noite.

Percebi alguns itens calóricos em seu carrinho, porém, contive o ímpeto de tecer qualquer comentário. Olhei para o relógio e perguntei-lhe se aceitaria tomar um café comigo, convite esse que Sílvia aceitou graciosamente. Nos dirigimos à cafeteria e pedimos dois expressos que vieram acompanhados de deliciosos biscoitinhos de nata.

Conversamos mais um pouco e eu aproveitei para saber mais da minha linda médica; Sílvia era solteira e morava sozinha, pois seus pais haviam se mudado para o interior, deixando para ela alguns recursos financeiros para que ela pudesse construir sua profissão. Tinha poucos amigos e não havia qualquer relacionamento mais sério em sua vida.

Quando terminamos nosso café, Sílvia me surpreendeu com uma pergunta à queima-roupa:

-Você realmente me achou bonita …, ou foi apenas um elogio circunstancial?

-Eu te achei muito bonita! – respondi de pronto – Como também te achei sensual e graciosa.

-Nossa! – exclamou Sílvia demonstrando muita surpresa com minha resposta – Você diz isso para todas?

-Não! – retruquei sem perder o gingado – Apenas para aquelas que merecem e que acendem meu desejo de macho.

Sílvia arregalou os olhos e, por um momento, um silêncio imperou entre nós; mesmo achando que eu havia exagerado na dose do comentário provocante, mantive a firmeza no olhar. No momento seguinte, Sílvia abriu um pequeno sorriso gentil e esquivou o olhar, deixando claro que meu comentário havia surtido o efeito desejado.

-Você me deseja, de verdade? – perguntou ela, ainda evitando cruzar seu olhar com o meu – Quero dizer ... – hesitou ela procurando as palavras certas – Você me quer …, como mulher?

-E de que outro jeito eu poderia querê-la? – perguntei ela estupefato com sua colocação.

-Vou te dizer uma coisa – prossegui ela, abaixando o tom de voz – Se eu te disser que eu também te achei um homem interessante …

Um arrepio percorreu minha espinha e eu fiquei imaginando as possibilidades que se descortinavam naquele momento.

-Interessante o suficiente para nos envolvermos mais intimamente? – perguntei eu, deixando de lado qualquer noção de etiqueta.

-Sim – respondeu Sílvia com a voz quase em sussurro.

Peguei sua mão e a beijei. Sílvia, imediatamente, ficou corada. Eu, então, aproximei meus lábios de sua orelha e confidenciei o que passava pela minha mente naquele exato momento. “Então, vamos para algum lugar onde eu possa vê-la nua apenas para mim”. Sem esperar por respostas, levantei-me e puxei Sílvia comigo. Paguei os cafés, esquecemos de nossas compras largadas no mercado e saímos em direção ao estacionamento.

No caminho, Sílvia me sugeriu que fossemos para o seu apartamento que ficava nas imediações e também propôs que usássemos apenas um carro. No caso, decidimos ir no meu, já que o dela poderia ser apanhado mais tarde. No caminho, dentro do carro, reinava uma excitação incontida; algo como o desejo reprimido de uma mulher e o tesão insano de um macho louco para foder aquela gostosa.

O edifício onde Sílvia residia ficava muito próximo dali e destacava-se da paisagem por ser o mais alto das imediações. Assim que estacionei o carro na garagem do prédio de minha médica, avancei sobre ela e nós nos beijamos ardorosamente. Eu estava em ponto de bala e queria começar tudo ali mesmo.

-Preciso te pedir algo – disse Sílvia com voz suave e dengosa, interrompendo meu arroubo inconstante – Seja carinhoso comigo …, eu preciso de um homem que saiba tratar uma mulher como ela merece.

Empertiguei-me no banco do carro e acenei afirmativamente com a cabeça, enquanto minha mente se concentrava em tornar realidade aquele pedido tão puro e verdadeiro. Saí do carro, dei a volta e abri a porta para que Sílvia descesse; caminhamos de mãos dadas até o elevador e assim que a porta se abriu, entramos. Enquanto ele subia suavemente em direção ao andar acionado por minha parceira, eu me quedei apreciando sua deliciosa silhueta.

Sílvia, percebendo meu olhar hipnotizado e guloso ao mesmo tempo, encarou-me e deu um risinho insinuante. Ela se aproximou e se esfregou em mim, deixando que eu sentisse toda a sua voluptuosidade irracionalmente exuberante. Imediatamente, meu pau pulsou tão forte que tive receio que ele explodisse ali mesmo.


Sílvia sentiu minha excitação e encarou-me novamente, sorrindo com malícia, enquanto deixava que seus lábios fossem ao encontro dos meus. Foi um beijo prolongado, sôfrego e repleto de insinuações que não podiam ser reduzidas a meras expressões. E isso perdurou apenas o tempo suficiente para que o elevador interrompesse seu curso e abrisse sua porta, indicando que havíamos chegado ao nosso destino.

Minha parceira estava tão excitada que mal conseguiu introduzir a chave na fechadura, abrindo a porta com certa dificuldade. Assim que fechei a porta atrás de mim, eu e Sílvia nos agarramos como dois adolescentes próximos de consumarem a sua primeira experiência sexual.

Mesmo com todo o afã quase incendiário, eu procurei cuidar de minha parceira com o máximo de carinho que o momento exigia; depois de muitos beijos e amassos, eu dei início ao próximo passo; ajudei Sílvia a despir-se da fina blusa de malha, descortinando seu busto generoso e repleto de promessas, protegido por um lindíssimo sutiã meia taça.

Beijei a parte superior dos seios desnudos de minha parceira que gemeu baixinho enquanto acariciava minha cabeça. Fiz com que ela girasse sobre o próprio eixo, ficando de costas para mim, a fim de que pudesse ajudá-la a desvencilhar-se da peça íntima superior. E quando ela se voltou para mim, com a mesma leveza de antes, eu fui arrebatado pela visão daqueles peitos deliciosos que clamavam por uma carícia viril.

Os mamilos, intumescidos e pontudinhos, apontavam para a frente, cercados pelas aureolas róseas que também arrepiavam-se aos poucos. Tomei aquelas lindezas em minhas mãos e passei a beijar, e depois lamber, para, por fim chupar, os mamilos, fazendo minha parceira enlevar-se em êxtase, jogando sua cabeça para trás e gemendo descontrolada.

Apreciei os peitos de Sílvia o quanto me foi possível; no momento seguinte, lá estava eu, ajudando minha parceira a livrar-se da calça jeans, permitindo que eu pudesse deleitar-me com a visão de sua silhueta roliça, protegida apenas por uma fina peça de lingerie em forma de asa delta que escondia sua grutinha sequiosa de macho.

Antes que eu pudesse esboçar um gesto para livrar minha parceira daquela minúscula peça, Sílvia interrompeu meu ímpeto, exigindo que eu a deixasse me despir; quedei-me vencido pela docilidade do pedido. Sílvia tirou minha camiseta e ficou deslumbrada com as tatuagens que emolduravam meu peito.

Seu olhar faiscante, deixava evidente que aquela imagem a excitara ao extremo. Ela acariciou meu peito e beijou sua superfície, detendo-se em cada uma das imagens nele estampadas. Minutos depois, Sílvia fez com que eu me livrasse das calças e, sem cerimônia, também exigiu que eu me livrasse da cueca boxer.

Mais uma vez, seus olhos brilharam ao contemplar a rola em riste que exibia toda a sua pujança; Sílvia encarou-me com um olhar insinuante; olhou para a rola e, em seguida, encarou-me novamente. Eu estava tão envolvido por sua sensualidade que apenas senti o toque suave da ponta de seus dedos percorrendo toda a extensão da pica, provocando um enorme arrepio que varreu meu corpo dos pés à cabeça.

Ainda me encarando, ela deixou que eu sentisse o momento em que ela espalmou a mão e suportou a rola como se quisesse servi-la em uma bandeja. Mais arrepios percorreram meu corpo e eu senti uma vibração pulsar em minhas entranhas.

Sílvia, então, ajoelhou-se e começou a lamber e chupar a rola com uma suavidade enlouquecedora. Eu acariciei seus cabelos e quedei-me saboreando aquele momento único.

-Nossa, que rola dura! – exclamou ela entre chupadas e lambidas sôfregas – E como é grossa! Nunca tinha visto algo igual …

Nos entreolhamos e eu não fui capaz de controlar mais meu ímpeto; tomei Sílvia nos braços e fiz com que ela se levantasse; empurrei-a até o sofá e fiz com que ela se deitasse sobre ele. Delicadamente, puxei a minúscula peça que ainda escondia parcela vital de suas formas e ajeitei-me entre suas pernas, saboreando sua boceta úmida e quente. Mal havia começado a lamber e chupar os grandes lábios e o grelinho duro como pedra e minha parceira descontrolou-se, contorcendo-se em êxtase.

-Ai, o que é isso! – balbuciou ela, ofegante – Meu amor …, isso é uma delícia …, nunca ninguém fez isso comigo …, assim você vai me deixar louquinha!

Prossegui impetuosamente, lambendo e chupando a bocetinha de minha parceira e apertando suavemente entre meus lábios, seu grelinho pulsante. E Sílvia experimentou sua primeira sequência de orgasmos.

Ela gemia, contorcendo seu corpo sobre o sofá e acariciando minha cabeça, enquanto tentava dizer frases que não se completavam. Eu havia feito minha parceira gozar muito pela primeira vez em sua vida e aquilo foi a lembrança mais inesquecível para mim.

-Ai, chega, meu amor! – suplicou Sílvia exasperada – Vem me foder, vem …

Imediatamente, subi por sobre ela e deixei que minha rola escorregasse para dentro de sua boceta; foi a mais perfeita penetração que eu já tivera em minha vida. A vagina de Sílvia enluvou com perfeição a rola, permitindo que ela avançasse apenas com uma pequena resistência inicial natural.

Começamos a foder e eu cuidei para que meus movimentos fossem longos e suaves, a fim de fazer minha parceira sentir toda a intensidade da penetração.

-Ai que rola dura! – balbuciou ela quase em fôlego – E como se encaixa perfeitamente dentro de mim …, acho que ela foi feita para mim …

Eu sorri e a beijei, descendo minha boca na direção de seus mamilos e chupando-os com a voracidade pouco comedida de um esfomeado. Sílvia gemia, suspirava, ofegava, enquanto eu intensificava meus movimentos de vai e vem, cada vez mais rápido e cada vez mais profundo, provocando nela uma nova onda de orgasmos que se sucediam caudalosos, deixando minha parceira à beira do desfalecimento.

-Aiiiiiiiiii! – gemeu Sílvia já transtornada com tanto prazer – Isso não existe …, que pau é esse! Como você é gostoso …, ainda bem que eu ousei com você …

Ouvindo aquilo, eu me empertiguei e elevei o ritmo dos movimentos, fazendo minha parceira experimentar mais orgasmos que a deixaram completamente prostrada ante minha virilidade sem limites. Depois de algum tempo, estávamos dominados por um desejo que estava além da nossa compreensão, e eu mesmo não era capaz de compreender de onde viera tanta vitalidade para foder com Sílvia por tanto tempo …

Mas, a bem da verdade, isso não me importava …, o que importava era que eu estava realizado e realizando uma mulher exuberante e deliciosamente sensual.

Sucedeu o momento em que eu me vi vencido pela exaustão física e tensão emocional. Confessei, ofegante, que estava prestes a gozar …

-Goza, meu macho delicioso! – pediu Sílvia também vencida pela exaustão – Mas quero que você me lambuze de porra …, explode sobre mim essa carga que tem dentro de você …

Antes que a explosão viesse à tona, eu tirei a rola para fora e segurei-a com firmeza, deixando que o gozo sobreviesse; ejaculei como um animal selvagem, urrando e gemendo enquanto os jatos de sêmen, quente e viscoso, projetavam-se na direção da pele branca e suada de minha parceira que gemia a cada jato quente que espalhava-se sobre seu corpo.

Quando tudo acabou, estávamos vencidos pelo esforço que exigira o máximo de nossos corpos. E nesse clima, eu me aninhei ao lado de Sílvia e, em poucos minutos, ambos haviam adormecido, vencidos pela deliciosa excitação que havia atingido seu clímax.

Era alta madrugada, quando fui acordado pelos beijos e carícias de minha parceira que não escondia o desejo de repetir a dose de prazer que havíamos usufruído momentos atrás. Não me fiz de rogado; pedi que ela ficasse de quatro e a penetrei por trás, estocando com a rola que, mais uma vez me surpreendeu com sua dureza incontinenti.

Golpeei aquele traseiro com tanto prazer que cheguei a perder o controle de mim mesmo, aplicando algumas palmadas sonoras nas nádegas firmes e roliças de minha parceira, que, surpreendentemente, deixou claro o quanto aquilo lhe dava prazer. “Ai, bate mais, meu macho …, bate que eu gosto”, disse ela com tom de safadeza.

Tornei a aplicar algumas palmadas e, no momento seguinte, chupei meu dedo indicador e comecei a explorar o selinho dela que revelara-se no vale entre suas nádegas. Sílvia gemeu, rebolou, mas quando eu forcei uma penetração, ela resmungou, dizendo que ainda não era o momento.

Experimentamos mais uma inebriante sequência de orgasmos, acompanhados de gemidos, frases elogiosas embargadas e respirações dificultosas, até que, vencido pelo novo esforço, eu gozei. Aconteceu sem sobreaviso e Sílvia adorou aquele preenchimento quente invadindo suas entranhas e rebolou o traseiro com o intuito de evitar que a massa quente escorresse para fora.

Desta vez, adormecemos abraçados, aninhados, cansados, vencidos, porém, plenamente realizados …

Pela manhã, tomamos banho, juntos, entre beijos, carícias, lambidas e chupadas. Depois de vestidos, percebemos que chegara o triste momento da despedida.

-Será que nos veremos novamente? – perguntou Sílvia com um tom de voz inseguro, enquanto me abraçava próximo da porta de saída de seu apartamento.

-Olhe, Sílvia – disse eu com tom solene, encarando-a fundo nos olhos – No que depender de mim, poderemos nos ver sempre que você quiser …

-Ou quando você puder! – interpelou ela – Afinal, você é casado …

-Nem tudo é perfeito na vida – filosofei eu, sem hesitação – Mas, de qualquer maneira, o que aconteceu essa noite não foi uma aventura …, você não acha?

Sílvia sorriu e me abraçou; nos beijamos com a certeza de aquele não seria nosso único idílio.

Caminhando pela rua, eu pensava: “Êta, mulher gostosa ...” Certamente, acontecesse o que fosse, eu ainda sonhava em reencontrar minha Endocrinologista fofinha e sensual!

Foto 1 do Conto erotico: A ENDOCRINOLOGISTA FOFINHA!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario laureen

laureen Comentou em 06/12/2015

que conto delicioso!!!!!!!!! valeu amigo ,leia os meus ok bjos Laureen




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


21377 - A DOCE IRONIA DE UMA VINGANÇA - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
21390 - A DOCE VINGANÇA DO GLADIADOR CELTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
21391 - A FANTASIA - DESCOBRINDO A SI PRÓPRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
21392 - A HISTÓRIA DE CIDÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
21393 - FANTASIA II: UMA DESCOBERTA INESPERADA, MAS FELIZ! - Categoria: Gays - Votos: 18
21394 - FANTASIA III: A MENINA COM ODOR DE JASMIM - Categoria: Lésbicas - Votos: 5
21395 - A GORDINHA QUE NÃO SE ACHAVA GOSTOSA. (Ou melhor, - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
21435 - VIZINHA GORDELÍCIA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
21665 - MATURE FITNESS - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
22284 - A INICIAÇÃO - QUANDO O DESEJO SUPERA TUDO - Categoria: Incesto - Votos: 14
22845 - FANTASIA IV: DESCOBRINDO A DELÍCIA DA SUBMISSÃO. - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
23590 - A DIARISTA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 10
24086 - O ORGASMO INESPERADO! - Categoria: Incesto - Votos: 7
24229 - UMA PEGADA SURPRESA – A EMPREGADINHA DELICIOSA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
24394 - FITNESS MATURE II – O REENCONTRO - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 11
25241 - A COROA ESNOBE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
25831 - A GUIA TURÍSTICA URUGUAIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
26090 - HOMEM OUTRA VEZ! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
27456 - VIOLENTADA E SUBMISSA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 14
27462 - DOCE VINGANÇA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 8
27857 - A RETRIBUIÇÃO - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
28583 - O DOCE SACRILÉGIO DA VIOLAÇÃO! - Categoria: Fetiches - Votos: 7
28710 - SURPRESA NAS COMPRAS - Categoria: Fantasias - Votos: 12
28810 - "** DE BÊBADO NÃO TEM DONO" - Categoria: Fantasias - Votos: 19
28883 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONOII " - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
28935 - " ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO (03)" - Categoria: Virgens - Votos: 10
29181 - ENRABOU A FILHA, … TEM QUE COMER A MÃE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
29509 - ** DE BÊBADO NÃO TEM DONO IV - Categoria: Fantasias - Votos: 2
29545 - AVENTURA SEXUAL VINTAGE - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
29949 - VICIADO EM SEXO! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
30035 - O TELEFONEMA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 9
30165 - MULHERES PERFEITAS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
31936 - A CAPITÃ E O PRISIONEIRO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
32186 - PRESENTE DE AMIGO! - Categoria: Virgens - Votos: 2
32245 - MULHERES PERFEITAS III - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
32359 - O PRESENTE SURPRESA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
32567 - PAGAMENTO DOLOROSO - Categoria: Incesto - Votos: 12
32998 - O LEITOR - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
33273 - PECADOS NÃO SE CONTAM - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
33691 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
34067 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE DOIS) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
34476 - A SEXAGENÁRIA GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 9
34685 - MEDO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
35219 - A DERMATOLOGISTA TARADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
36469 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE TRÊS) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
36498 - A GARI DA BUNDA GRANDE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
37109 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 1) - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
37110 - AMIGO DA FILHA, MAS QUERENDO COMER A MÃE (PARTE 2) - Categoria: Heterosexual - Votos: 15
37256 - MAMÃE PRÁ LÁ DE GOSTOSA! - Categoria: Coroas - Votos: 7
37526 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 5
38109 - A AMIGA DA VIZINHA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
38406 - A AUXILIAR DE LIMPEZA GOSTOSA E INSATISFEITA - Categoria: Masturbação - Votos: 5
38714 - A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
39522 - VINGANDO A AMIGA DA VIZINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
39686 - A ENTREGADORA DE PANFLETOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
39785 - O ATAQUE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
39883 - BRINCANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
39951 - FANTASIANDO COM A GORDINHA DOS SONHOS! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
40029 - O CENTURIÃO E A PRINCESA PERSA (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
42695 - OUSADA E BOA DE CAMA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
43788 - O GINECOLOGISTA, PARTE UM - Categoria: Fantasias - Votos: 3
43906 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
43999 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 02 - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
44089 - A CUIDADORA (UMA HOMENAGEM E UM SONHO) - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
44265 - O GAROTO MALABARISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
44453 - A CHANTAGEM! - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
44645 - O MONTADOR DE MÓVEIS E A CLIENTE ASSANHADA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
44815 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 03 - Categoria: Gays - Votos: 4
45069 - Prazer solitário ... a dois! - Categoria: Incesto - Votos: 17
45175 - NO CIO! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 5
45243 - O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (INÍCIO) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
45543 - O GINECOLOGISTA - PARTE 02 (GRANDE FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
45754 - SEDUÇÃO E VONTADE - O DESEJO DE UM PAI! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
45995 - OS PECADOS DA COSTUREIRA - PARTE 04 (FINAL) - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
46045 - PAGANDO O PREÇO PELA OUSADIA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
46067 - A DUPLA RECOMPENSA - Categoria: Incesto - Votos: 7
46240 - JOGO DE INTERESSES - A VOLTA POR CIMA - Categoria: Incesto - Votos: 4
46549 - O QUE TE EXCITA? - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
46659 - Rompendo Barreiras, Conhecendo os próprios limites - Categoria: Travesti - Votos: 3
46925 - NOVIDADE DUPLA! - Categoria: Travesti - Votos: 13
50735 - UMA SITUAÇÃO INESPERADA! - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
55754 - O CURATIVO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
56098 - EXPECTATIVAS - Categoria: Coroas - Votos: 1
56369 - NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
56701 - OUTRAS EXPECTATIVAS - ACIDENTE DE PERCURSO - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
57343 - A LEITURISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57400 - A ARRUMADEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
57747 - CRÔNICA: O ABAJUR - Categoria: Incesto - Votos: 4
57748 - FELIZES PARA SEMPRE! - Categoria: Incesto - Votos: 2
58057 - PRELÚDIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
58795 - PAGANDO UMA DÍVIDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
58796 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
58797 - PAGANDO A DÍVIDA (PARTE 03) - FINAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
58798 - INTERLÚDIO - Categoria: Incesto - Votos: 4
58982 - TRAPAÇA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
59268 - SONATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 1
59405 - A APRENDIZ SAPECA! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 3
59608 - ADDAGIO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 0
59728 - A LINHAGEM - Categoria: Incesto - Votos: 4
60077 - CONTATO IMEDIATO NA REDE SOCIAL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
60574 - TOCATA - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
62692 - Aprendendo novas formas de prazer - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63133 - A AMIGUINHA DE MINH A FILHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
63336 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 01) - Categoria: Masturbação - Votos: 3
63337 - DOCES RECORDAÇÕES (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63526 - NICE, A GAROTA DO CALENDÁRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
63527 - A GAROTA DO CALENDÁRIO (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
63660 - UMA EXPERIÊNCIA INUSITADA - Categoria: Travesti - Votos: 4
63661 - A EXPERIÊNCIA (PARTE 02) - Categoria: Travesti - Votos: 3
63926 - O SEGREDO DE ALICE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
65545 - A HISTÓRIA DE MARINALVA … OU MELHOR LÚCIA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
65547 - A HISTORIA DE MARINALVA - PARTE 02 - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
65776 - CONHECENDO A INVERSÃO - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 2
66384 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 7
66385 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 4
66386 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
66388 - DESEJO E DOCE VINGANÇA - PARTE 04 - Categoria: Incesto - Votos: 5
67064 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
67066 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 02) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
67067 - TORTURA INTRIGANTE (PARTE 03) - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
67127 - A DESQUITADA (UM CONTO VINTAGE) - Categoria: Coroas - Votos: 4
67372 - MANDA QUEM PODE - Categoria: Virgens - Votos: 5
67497 - PREMONIÇÃO MALDITA! - Categoria: Fantasias - Votos: 3
67979 - TESÃO BANDIDO - PARTE 01 - Categoria: Incesto - Votos: 6
67980 - TESÃO BANDIDO - PARTE 02 - Categoria: Incesto - Votos: 2
67981 - TESÃO BANDIDO - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
68132 - TESÃO BANDIDO - PARTE 04 (Final) - Categoria: Incesto - Votos: 3
68352 - O CANTO DA IARA (Uma lenda Urbana) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
68483 - A COROATATUADA - Categoria: Coroas - Votos: 13
68649 - CARRO USADO - Categoria: Coroas - Votos: 9
69106 - A DO OUTRO É SEMPRE MELHOR! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
70082 - DESPERDÍCIO! - Categoria: Masturbação - Votos: 1
70083 - COMIDINHA CASEIRA - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
70084 - DOCINHO DE MULHER - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
70464 - LAMBUZADO A BEÇA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
72106 - DESEJO E PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 9
72107 - MAIS DESEJO QUE PERVERSÃO - Categoria: Travesti - Votos: 8
72248 - TÔ TE QUERENDO! - Categoria: Travesti - Votos: 7
72356 - EM ALGUM LUGAR DO PASSADO ... (A DECEPÇÃO) - Categoria: Travesti - Votos: 4
72638 - AFOGANDO AS MÁGOAS - Categoria: Coroas - Votos: 4
73410 - Uma Linda Vingança, chamada Brigitte! - Categoria: Travesti - Votos: 9
73478 - Uma Linda vingança chamada Brigitte (Parte dois) - Categoria: Travesti - Votos: 7
73912 - UMA LINDA VINGANÇA CHAMADA BRIGITTE (PARTE 03) - Categoria: Travesti - Votos: 11
75153 - VOLÚPIA - Categoria: Incesto - Votos: 1
75154 - CHÁ DE BOLDO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
75155 - E O CARRO EMPERROU - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
75156 - MITO OU REALIDADE? - Categoria: Incesto - Votos: 4
75434 - FLAGRANTE! - PARTE UM - Categoria: Incesto - Votos: 11
75435 - FLAGRANTE! - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 11
75564 - UMA MANHÃ INESQUECÍVEL! - Categoria: Travesti - Votos: 6
75667 - UM CÃO CHAMADO "NENÊ" - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
75905 - MATANDO A FOME! - Categoria: Coroas - Votos: 2
75907 - SACIANDO A FOME (FINALMENTE!) - Categoria: Coroas - Votos: 1
75908 - MATANDO A FOME! (PARTE FINAL) - Categoria: Coroas - Votos: 2
76005 - UM CONVITE NO SQUEEZE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
76113 - TESÃO REVELADO (PARTE 01) - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
76207 - TESÃO REVELADO (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 8
76503 - PROVOCAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 2
76504 - SEDUÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 2
76505 - TENTAÇÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 3
76983 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
76984 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
76985 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
76986 - A PÍLULA DA TRAIÇÃO - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
77220 - INTERMEZZO - Categoria: Incesto - Votos: 6
77221 - INTERMEZZO (2) - Categoria: Incesto - Votos: 3
77222 - INTERMEZZO (3) - Categoria: Incesto - Votos: 5
77696 - O PRESENTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
77697 - O PRESENTE (A CONSUMAÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78720 - CAINDO DE BOCA! (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78721 - CAINDO DE BOCA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78722 - CAINDO DE BOCA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
78723 - CAINDO DE BOCA (PARTE 04) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
78724 - CAINDO DE BOCA (PARTE 05) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
80764 - DOCE VENENO - Categoria: Travesti - Votos: 2
80765 - DOCE REMÉDIO - Categoria: Travesti - Votos: 3
80766 - QUE MULHER É ESSA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
80767 - QUE MULHERES SÃO ESSAS! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 6
80768 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
80769 - UM VERÃO INESQUECÍVEL (PARTE 02) - Categoria: Incesto - Votos: 7
80934 - CONFIDÊNCIAS - Categoria: Incesto - Votos: 2
80935 - AMOR DE PAI (CONFIDÊNCIAS II) - Categoria: Incesto - Votos: 2
84793 - ATRÁS DA JANELA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
84867 - DEVANEIO DELIRANTE (UMA HOMENAGEM) - Categoria: Gays - Votos: 2
85343 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL (1) - Categoria: Virgens - Votos: 4
86423 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
86424 - UM FIM DE SEMANA INESQUECÍVEL - PARTE 03 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
88562 - VALENDO A PENA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
88563 - ABUSANDO DA SORTE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
88812 - Terceira idade, uma ova! - Categoria: Coroas - Votos: 10
89009 - UM CONVITE INUSITADO - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
89606 - CARPE DIEM - A DAMA E O CACHORRINHO - Categoria: Coroas - Votos: 3
89607 - CARPE DIEM - VONTADE INCANSÁVEL - Categoria: Coroas - Votos: 1
89608 - CARPE DIEM - MENINA SAPECA! - Categoria: Coroas - Votos: 2
89954 - SUPERANDO AS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
89955 - DELICIOSA EXPECTATIVA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
89956 - CONHECENDO AS NOVAS EXPECTATIVAS - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
90013 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 01) - Categoria: Incesto - Votos: 1
90459 - DIÁLOGOS EM FANTASIA (PARTE 02) - Categoria: Gays - Votos: 0
90665 - VOVÔ VIU A UVA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 12
90807 - VOVÔ VIU A UVA! (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 6
91302 - VOVÔ VIU A UVA! (TERCEIRA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 7
91487 - ROOM SERVICE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
91489 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (SEGUNDA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
91510 - VELHAS E DOCES REMINISCÊNCIAS (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
94851 - A CHANTAGEM - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
94855 - DO FACEBOOK PARA O MUNDO REAL! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
94857 - PARA NÃO PERDER UMA OPORTUNIDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
94859 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
94860 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
94861 - DESEJADA E ASSEDIADA (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
97907 - Promessa Quebrada - Tesão Avassalador! - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
99362 - GREVE: Ameaça ou oportunidade? - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
99403 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
99404 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
99405 - EMERGÊNCIAS MÉDICAS ALUCINANTES (PARTE 03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
100208 - CONTOS SÓRDIDOS 01 SORDIDEZ - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
101868 - FRENÉTICO! - Categoria: Coroas - Votos: 5
101869 - FRENÉTICO E SURPREENDENTE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
102224 - ATÉ A ÚLTIMA GOTA! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
102228 - POR DINHEIRO (01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
102229 - POR DINHEIRO (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
102230 - POR DINHEIRO (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
102574 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (02) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102587 - CONTOS ESCABROSOS - O PRESENTE (01) - Categoria: Coroas - Votos: 7
102858 - A TROCA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
102859 - TROCO NA MESMA MOEDA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
103334 - VOVÓ SAPEQUINHA! - Categoria: Incesto - Votos: 19
103335 - VOVÓ SAPEQUINHA 2: APRIMORANDO O QUE JÁ ERA BOM! - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
103981 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - Categoria: Incesto - Votos: 9
103982 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - COMPARTILHANDO - Categoria: Incesto - Votos: 4
103984 - A PUTINHA PREDILETA DO PAPAI - RETRIBUIÇÃO - Categoria: Incesto - Votos: 11
104332 - APRENDIZADO FRATERNAL - Categoria: Incesto - Votos: 8
104333 - APRENDIZADO FRATERNAL - DEPOIS DA TEMPESTADE - Categoria: Incesto - Votos: 9
104334 - DESTINO TINHOSO! - Categoria: Incesto - Votos: 11
104335 - DESTINO TINHOSO! IRREVERSÍVEL! - Categoria: Incesto - Votos: 12
104396 - UM SONHO (HOMENAGEM À TODAS AS TRANS QUE EU ADORO E VENERO) - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 7
105120 - DOCE MEMÓRIA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105121 - DOCE LEMBRANÇA - DOCE OPORTUNIDADE! - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
105122 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - VIRANDO O JOGO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
105133 - DEVASSIDÃO EM FAMÍLIA - Categoria: Incesto - Votos: 12
105654 - Uns quilinhos a mais, não faz mal! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
105707 - ONE MORE NIGHT - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
105755 - QUEM FOI QUE DISSE BERENICE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
105890 - SLAVE TO LOVE - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 3
106154 - DUPLA SURPRESA - PARTE UM - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 15
106155 - DUPLA SURPRESA - PARTE DOIS - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 13
106236 - SEM PERDÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 10
106615 - ENCONTRO CASUAL E SURPREENDENTE! - Categoria: Masturbação - Votos: 4
106938 - TRAÍDA PELA MEMÓRIA - Categoria: Incesto - Votos: 6
107169 - SUCCUBUS (DEVANEIO) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
107458 - NEM TUDO É ILUSÃO! - Categoria: Incesto - Votos: 9
107511 - NINFA - Categoria: Incesto - Votos: 14
107709 - BIG SURPRISE! - Categoria: Lésbicas - Votos: 4
108191 - SONHAR PODE SER PERIGOSO ..., OU NÃO! (FICÇÃO) - Categoria: Incesto - Votos: 11
108489 - CONTOS DRIVE THRU (PARTE 1) - Categoria: Incesto - Votos: 10
108533 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 2
108832 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 03 - Categoria: Incesto - Votos: 4
108882 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 04 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
108883 - JOGO DE SEDUÇÃO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 1
109166 - NOTURNO - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 3
109178 - CONTOS DRIVE THRU - PARTE 05 - Categoria: Incesto - Votos: 4
110874 - A ESCRAVA GREGA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 5
111135 - CABEÇA RASPADA - PARTE 01 - Categoria: Fantasias - Votos: 7
111136 - CABEÇA RASPADA - PARTE 02 - Categoria: Fantasias - Votos: 5
111360 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (01) - Categoria: Incesto - Votos: 12
111361 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (02) - Categoria: Incesto - Votos: 9
111362 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (03) - Categoria: Incesto - Votos: 8
111363 - CONTOS DRIVE THRU - TIA AMÉLIA (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 6
111745 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
111746 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (02) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111747 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (03) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
111748 - CONTOS DRIVE THRU: ROUPA USADA (FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
112315 - SAUDADES JAMAIS TEM IDADE! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
112317 - UMA NOITE EM NÁPOLES - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
112363 - PRIMEIRAS LIÇÕES - Categoria: Incesto - Votos: 7
113062 - ANTES DA BATALHA (FICÇÃO) - Categoria: Fantasias - Votos: 2
113168 - OBSERVANDO PÁSSAROS E OPORTUNIDADES! - Categoria: Coroas - Votos: 6
113169 - SUPERANDO EXPECTATIVAS! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
113451 - PRIMEIRAS LIÇÕES - PARTE DOIS (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 6
114004 - Mulheres surpreendentemente incomuns - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
114101 - ANTES DE PARTIR - Categoria: Fantasias - Votos: 5
114461 - O PRESENTE DE DESPEDIDA (FICÇÃO) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
116417 - A cobiça (1) - Categoria: Incesto - Votos: 12
116454 - A Cobiça (2) - Categoria: Gays - Votos: 2
116455 - A Cobiça (2) 2ª Parte - Categoria: Gays - Votos: 1
116513 - A COBIÇA (3) - O MUNDO DÁ VOLTAS - Categoria: Gays - Votos: 2
116747 - DIÁRIA COM SURPRESA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 16
117685 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - PARTE 01 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
117686 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - 02 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
117687 - O PREÇO DE UMA MENTIRA - 03 (FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
117866 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - PRIMEIRA PARTE - Categoria: Virgens - Votos: 10
117867 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - SEGUNDA PARTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
117868 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - TERCEIRA PARTE - Categoria: Lésbicas - Votos: 7
117869 - A PRIMEIRA VEZ A GENTE JAMAIS ESQUECE - PARTE FINAL - Categoria: Incesto - Votos: 5
117963 - PALAVRA DECIFRADA - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
119056 - VINTAGE MOMENTS - Categoria: Masturbação - Votos: 3
119067 - VINTAGE MOMENTS - PARTE DOIS - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
119068 - VINTAGE MOMENTS - PARTE FINAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
119900 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE INICIAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
119901 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE DOIS) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
119902 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE TRÊS) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
119904 - QUEM COM FERRO FERE (PARTE FINAL) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
120634 - A MULHER DA JANELA - O BRINQUEDINHO DA TIA - Categoria: Masturbação - Votos: 12
120689 - A Mulher da Janela (Parte Dois) - Categoria: Coroas - Votos: 5
120690 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE UM) - Categoria: Coroas - Votos: 7
120691 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE DOIS) - Categoria: Coroas - Votos: 7
120692 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM (PARTE TRÊS) - Categoria: Coroas - Votos: 9
120840 - ATENDENDO A UM PEDIDO INCOMUM - PARTE QUATRO - Categoria: Fantasias - Votos: 4
120889 - A MULHER DA JANELA - PARTE FINAL - Categoria: Coroas - Votos: 8
123172 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - O INÍCIO - Categoria: Fantasias - Votos: 5
123173 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - DOMINADA PELO DESEJO! - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123174 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL - DESCOBERTAS - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123308 - EXPERIÊNCIA SENSORIAL II (PARTE HUM) - Categoria: Fantasias - Votos: 4
123342 - A Órfã (Como tudo teve início) - Categoria: Incesto - Votos: 10
123591 - A ÓRFÃ - QUANDO O UNIVERSO CONSPIRA A NOSSO FAVOR - Categoria: Incesto - Votos: 11
123733 - OS DOZE CAVALEIROS - BOORS O INTRÉPIDO - Categoria: Fantasias - Votos: 1
123860 - A ÓRFÃ - SABOREANDO O GOSTO DO PECADO! - Categoria: Incesto - Votos: 8
124018 - A ÓRFÃ: AMEAÇAS! - Categoria: Incesto - Votos: 6
124043 - Entre o receio e o desejo - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 2
124137 - A ÓRFÃ - REVELAÇÕES (II) - Categoria: Incesto - Votos: 7
124148 - A ÓRFÃ - REVELAÇÕES (I) - Categoria: Incesto - Votos: 9
124332 - A ÓRFÃ - GRAN FINALE! - Categoria: Incesto - Votos: 6
124474 - REFÉM DO PRAZER ETERNO - Categoria: Fantasias - Votos: 2
124797 - REFÉM DO PRAZER - AGONIA E FÚRIA! - Categoria: Fantasias - Votos: 2
124798 - REFÉM DO PRAZER - FURIOSA TENTAÇÃO INCONTROLÁVEL - Categoria: Fantasias - Votos: 3
125526 - Deliciosa e envolvente armadilha (Parte 01) - Categoria: Fantasias - Votos: 4
125528 - Deliciosa e envolvente armadilha! (Parte 02) - Categoria: Fantasias - Votos: 3
125812 - MINHA PUTA! - Categoria: Incesto - Votos: 19
126037 - EITA! SAUDADE QUE MATA! (01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
126285 - SONHOS DELICIOSOS 01 - Categoria: Incesto - Votos: 12
126391 - SONHOS - REALIZADOS - Categoria: Incesto - Votos: 11
126623 - EITA SAUDADE QUE MATA! LORETTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
126941 - SONHOS CONCRETIZADOS (FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 13
126954 - ALGO INDISCRETO - Categoria: Incesto - Votos: 18
129859 - Inesquecíveis boquetes - Relato Selvagem - Categoria: Gays - Votos: 10
129860 - Inesquecíveis boquetes - Moeda de Troca - Categoria: Incesto - Votos: 8
129861 - Inesquecíveis boquetes - Prazer a três - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 12
129879 - Inesquecíveis boquetes - Viuvez Precoce - Categoria: Coroas - Votos: 9
130741 - INESQUECÍVEIS BOQUETES - ENCONTRO SURPRESA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 9
130786 - INESQUECÍVEIS BOQUETES - PAPAI SABE NADA! - Categoria: Incesto - Votos: 18
130802 - FELIZ ANO NOVO! - Categoria: Coroas - Votos: 9
131697 - FELIZ NOVO DIA! (CONTINUAÇÃO DE FELIZ ANO NOVO!) - Categoria: Coroas - Votos: 6
131993 - OPORTUNIDADES INESPERADAS (01) - Categoria: Coroas - Votos: 10
132238 - OPORTUNIDADES INESPERADAS - A VENDEDORA DE LIMÕES - Categoria: Coroas - Votos: 12
132322 - OPORTUNIDADES INESPERADAS - DO QUE OS DEDOS SÃO CAPAZES - Categoria: Masturbação - Votos: 3
132641 - OPORTUNIDADES INESPERADAS - DIVINAS BUNDAS! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 13
132699 - AS SAFADAS - PRIMEIRA PARTE - Categoria: Incesto - Votos: 14
133859 - AS SAFADAS - PARTE DOIS (TITIA!) - Categoria: Incesto - Votos: 15
134243 - AS SAFADAS - A PRIMINHA (PRIMEIRA PARTE) - Categoria: Incesto - Votos: 15
134244 - AS SAFADAS - A PRIMINHA - PARTE DOIS - Categoria: Incesto - Votos: 17
134569 - AS SAFADAS - A PRIMINHA 03 - Categoria: Incesto - Votos: 19
135136 - AS SAFADAS - PARTE 04 (A VIZINHA) - Categoria: Heterosexual - Votos: 6
135700 - AS SAFADAS - PARTE CINCO - CHANTAGEM - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
137437 - AS SAFADAS - PARTE SEIS (VOVÓ ROSA) - Categoria: Incesto - Votos: 6
137595 - AS SAFADAS - PARTE SETE (EMPREGADINHA) - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
138086 - AS SAFADAS - PARTE OITO (REENCONTROS) - Categoria: Incesto - Votos: 11
138240 - AVENTURAS E DESVENTURAS EM UM UNIVERSO DESCONHECIDO - Categoria: Gays - Votos: 5
138802 - AVENTURAS E DESVENTURAS EM UM UNIVERSO DESCONHECIDO - JAIR O METALÚRGICO - Categoria: Gays - Votos: 5
139307 - AVENTURAS E DESVENTURAS EM UM UNIVERSO DESCONHECIDO - JURANDIR, O PEDREIRO - Categoria: Gays - Votos: 7
139640 - Aventuras e Desventuras em um universo desconhecido - Jairo, O Devasso! - Categoria: Gays - Votos: 5
139850 - AVENTURAS E DESVENTURAS EM UM UNIVERSO DESCONHECIDO - JONAS, O CASADO CURIOSO - Categoria: Gays - Votos: 2
139891 - AS SAFADAS (O RETORNO) - FUNCIONÁRIA NOVA (1) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 17
140149 - AS SAFADAS (O RETORNO) - FUNCIONÁRIA NOVA (2) - Categoria: Heterosexual - Votos: 7
140236 - AS SAFADAS - FUNCIONÁRIA NOVA, O INEVITÁVEL - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
140334 - RAPIDINHAS - A INSACIÁVEL! - Categoria: Incesto - Votos: 17
140460 - RAPIDINHAS: A VINGANÇA! - Categoria: Incesto - Votos: 13
140832 - RAPIDINHAS - DESEJO PROIBIDO! - Categoria: Incesto - Votos: 10
141261 - RAPIDINHAS - 04: AMETISTA - Categoria: Incesto - Votos: 8
141404 - RAPIDINHAS - CARGA DUPLA! - Categoria: Incesto - Votos: 12
141436 - RAPIDINHAS - ODOR DE FÊMEA - Categoria: Incesto - Votos: 13
141725 - RAPIDINHAS - DEPOIS DO VENDAVAL - Categoria: Lésbicas - Votos: 9
141770 - AVENTURAS E DESVENTURAS - JÚLIO, O INDECISO - Categoria: Gays - Votos: 4
142016 - RAPIDINHAS: CARINHA DE ANJO COM PINTO DO DEMÔNIO! (PARTE 01) - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
142027 - RAPIDINHAS: CARINHA DE ANJO E PINTO DO DEMÔNIO! (PARTE DOIS) - Categoria: Gays - Votos: 7
142369 - RAPIDINHAS: CARINHA DE ANJO, PINTO DO DEMÔNIO! (PARTE TRÊS - FINAL) - Categoria: Incesto - Votos: 6
142501 - CLASSIFICADOS: COM FOGO NO RABO! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
142800 - CLASSIFICADOS II: ENSINANDO A FAZER DIREITO! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10
143116 - CLASSIFICADOS III: COROA CARENTE - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
143485 - CONTOS MALDITOS - O CONTRATO (1) - Categoria: Fantasias - Votos: 8
143777 - O CONTRATO - PARTE DOIS - Categoria: Fantasias - Votos: 5
143888 - O MASCATE - Categoria: Fantasias - Votos: 2
144033 - COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA (PARTE UM) - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
144092 - COM A PULGA ATRÁS DA ORELHA (PARTE DOIS) - Categoria: Incesto - Votos: 11
144537 - CLASSIFICADOS IV: A GAROTA EXEMPLAR - Categoria: Traição/Corno - Votos: 8
145446 - SEM PRISIONEIROS - Categoria: Fantasias - Votos: 2
145805 - UM PEDIDO AOS DEUSES - Categoria: Fantasias - Votos: 5
145923 - ACEITA QUE DÓI MENOS (PARTE 01) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
146034 - ACEITA QUE DÓI MENOS! (PARTE DOIS) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
146186 - GATOS! (UMA HOMENAGEM A H. P. LOVECRAFT) - Categoria: Fantasias - Votos: 3
146258 - O ZAGAIEIRO E A MENINA DO RIO - Categoria: Fantasias - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil trovão
bemamado

Nome do conto:
A ENDOCRINOLOGISTA FOFINHA!

Codigo do conto:
75157

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
05/12/2015

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
1


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay punheta onibuscontos erticos irmã de 14 transa com o irmão de 15 e a mãe pega eles no flagra na hora que ele gozava dentro dela e discobre que ela esta gravida deleIrmãzinha de shortinho azul porno em quadrinhos hentais xxxconto erotico perfil filho1000tio tarado aromba a xoxota da sobria de dez anos com forsocontos eroticos casadinha e o inquilino viuvoFotonovela erotica com estuprosmeu ex me fudeu na frente do cornoco,m fotos conto erotico mae do meu melhor amigo do trabalho trai o pai dele comigo. ele descobriu ai nos saimos na torrada na casa dela qbanda desenhado pornosexo gay em quadrinhosem cotral a mamae de seu amigo dormindo sem calisinha porntodo tipo de contos eroticos com os motoristas particularcamioneiro e carreteiro travestisconto quero outro engravidando minha esposaararashentaicasa dos contos eróticos dormiu bêbada e acordou arrombadasexo com maduro gostoso conto eroticoContoeroticoabusosfilho fode a mae contos Eroticoscasada deu pro primo roludo que saiu daprisao contotransei com mendigo do terminal conto gaycontoeroticoscontoeroticos namoradocontos arrombei uma africanacontos eroticos gays piracicabacontos eroticos travesti como me transformei numa meninaconto erotico gayRelato mae fode-se com seu filho na praia de nudesvangogrostov.rul/contocontos eróticos incesto férias c a mãecine prive na band vizinho transa com vizinho corno porno brasil videosconto erotico promotora gostosacontoseroticos de prima e seus primosjatos fortes de porra no fundo da minha bucetacontos eroticos de casadas com instaladoresnifeta virgem faz sexo na obra netcontos eroticos gay de são gonçalo rjcontos eroticos casada chantageada por candidatocontos eroticos a rainha traindo reicomi mamãe no cine porno contos eroticosContos eroticos de novinhasmulatinha noiva ninfeta precisando de dinheiro para casamento me ofereceu o cuzinho porque a bucetinha e do noivo contosconto encanador rouba calcinhascontos eroticos de incesto ladroes pegando a novinha.contos porno boadois negros fodade cornosSoca esse pauzão na minha buceta arromba contosadorei dar a buceta pro meu filho contos com fotomadrastas bebadas contosContos erótico meu pau e enorme mas a sogra quisContos incestos mae com filhinha ainda pequenacontos gay depositocontodevaginaconto acordei com meu filho chupando minha bucetacontos pornos gays de amigo da praiacontos safados genros tranzam com sogras dotadosconto erotico onibusSogro que engravida a noracontosde mulher que começoua trair p.commarido.atravez do.mensagstrippers do time de futebolconto erotico minha eu ninha irmazinha titiuolhos arregalados na pica monstroconto erotico em cochando e fudendendo a boneca trans e comedo ela dentro do coletivocontos comendo viadinhovelho com mau hálito beijando neta pornobuceta greluda e grande de coroascornogaycontoscontos eroticos faladoGeraldo o porteiro conto eróticoxupei pau no cinema contoultimos contos eroticos de coroasconto herotico bebadasnovia de 12 lerva um pau grademexendo na minha xereca contosmães+putas+brasileiras+fodendo+com+filhoscontos eroticoas a professora submissacontos herotico encoxei de pau duru a gostoza cuzudabrexei meu tio cumendo minha tiavideo porno jumento esfola sobrinhaContos de sogras gostosonasfilho fodendo a mae anime hentaicontos eroticos de menino viadinho que da a bunda para homem no mato e depois no barracãoconto erótico vovó gordacúmplices de um resgate porno50 sentimetro de pica rasgando a buseta da insestekomiks porn story cartoon momconto erotico a caronanegras gostosas arrombadas piroculdos xvideosconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofiliaConto sexo anal padrato incerto inocente muito dor ta ardendo meu paicontos gays punhetei o meu sobrinhocontos eróticos gringo casado gay me deu dinheiro pra comeu o cu dele Conto erótico d pai acordando sua filhinha d pijaminha com seus peitinhos pequeno delíciadoce nanda contos eroticosmaegravidafilhocontovideo porno mulher encoxada no onibas e enfia o pico