Minha empregada e a travesti - parte 3



Esse conto é real e representa a continuação dos dois primeiros contos ‘’Ensinando minha empregada’’ partes 1 e 2.
Como relatado nos contos anteriores, minha esposa e eu contratamos uma empregada pra cuidar dos afazeres domésticos, pois ambos trabalhamos muito e a organização da casa estava um pouco a desejar. Cristiane veio do interior para estudar, e trabalhava pra ajudar a avo, com quem morava, e custear seu curso de técnica em enfermagem.
Tornei-me intimo de Cristiane, na verdade nos tornamos amantes, como dito nos contos anteriores.
Um dia, ela me chamou, e disse que tinha que conversar uma coisa comigo. Fiquei preocupado, pois mesmo transando semanalmente com a Cristiane, não queria destruir meu casamento. Ela me disse que precisava fazer um trabalho da escola, e se eu não importava dela usar minha internet e meu notebook para fazer algumas pesquisas. Fiquei aliviado por ser uma coisa tão simples, disse a ela que não haveria problema algum, mas que gostaria de dizer minha esposa antes, para evitar qualquer mal entendido. Minha esposa, obviamente concordou e falei com Cristiane que ela poderia vir quando quisesse.
Na segunda-feira pela manha, Cristiane chega aqui em casa trazendo uma colega, me perguntou se tinha problema, pois o trabalho era em dupla, disse a ela que poderia ficar à vontade, pois já trabalhava pra nos há um tempo e era de confiança, (alem de eu estar transando com ela). O que me chamou a atenção era a amiga dela, disse que se chamava Renata, que se destacava pela simpatia e educação. Renata tinha a pele clara, cabelos lisos pretos, um belo corpo e uma beleza um tanto quanto exótica, uma coisa que mesmo reparando bem, não sabia o que era. Ao ser apresentado, senti um perfume doce, mas ao mesmo tempo suave, e confesso que senti meu pau dar um sinal dentro das calcas. Meus funcionários, que trabalham comigo ao lado de minha casa não puderam deixar de reparar que Renata era realmente encantadora, usava uma calca colada ao corpo, o que realçava suas curvas e uma blusa de alcinha que revelava pequenos seios por baixo do tecido leve.
Deixei as duas trabalhando, e fui cuidar de minhas obrigações. Ao fim da tarde elas foram embora e Cristiane me pediu se poderia terminar o trabalho no outro dia, gostei, pois poderia admirar sua amiga Renata mais um dia.
No dia seguinte, foi ainda melhor. Renata estava usando um vestido de malha, que realçava mais ainda seu belo corpo, juntamente com um lindo sorriso, que mostrava mais ainda o quanto era bonita. Fui em casa varias vezes, só pra poder ver aquela menina que exalava uma sensualidade diferente de tudo que já vi na vida. Uma das vezes ela me pegou olhando pra ela, disfarcei e fui embora. As duas foram embora à tarde, com a pesquisa pronta, deixando aquele perfume na minha mente. À noite, cheguei a pensar em Renata enquanto transava com minha esposa.
Passou toda a quarta-feira e Renata não saia da minha cabeça. Não sabia se era seu corpo, se era sua simpatia, se era o perfume, ou o sorriso, mas estava pensando muito nela. Novamente fiquei surpreso quando Renata apareceu em minha oficina na quinta feira. A principio achei que era alguma coisa referente à pesquisa que estavam fazendo, mas me pediu pra conversar em particular. Novamente usava um vestido que despertava olhares. Nesse dia, o serviço estava meio fraco, então deixei a oficina com os funcionários e fui com ela pra casa. Renata disse que percebeu meus olhares, na hora, minha reação foi de me desculpar, mas ela me calou com um beijo. Ate o beijo daquela mulher era diferente, não sabia o que era, mas gostei. Disse a ela que eu era casado, e ela me disse que sabia das minhas transas com Cristiane, e que queria também. Me beijou novamente. Eu, que estava acostumado a conduzir as coisas, estava sendo conduzido por aquela menina. Perguntou-me se eu havia gostado do beijo, e certa da minha afirmação veio mais um beijo. Meu pau estava duro. Diante de minha excitação, Renata disse que tinha que confessar uma coisa, levantou o vestido, e pude ver atravez da calcinha, um volume. Fiquei assustado, mas ela pegou minha Mao e levou ate seu pinto, que já estava duro. Nunca havia pegado em um pinto que na fosse o meu, mas aquilo tudo estava me hipnotizando. Segurei em seu pinto, e num misto me medo e desejo, coloquei minha boca. Meu Deus, estava chupando um pau. Beijei-a novamente, e pude apreciar aquele corpinho de menina, com pequenos seios de hormônios,bunda redondinha, toda lisinha, e com um pintinho duro no meio das pernas. Estava apenas de salto alto. Me levou pra cama.tirou minha roupa e chupou meu pau, que estava doendo, de tão duro. Apesar da pouca idade, Renata era experiente, tirou da bolsa um gel, e passou em seu cuzinho, veio por cima e foi sentando devagarzinho em meu pau. Como seu cuzinho era apertado!!! Enfiou tudo, e começou um vai e vem. Enquanto ela cavalgava, segurei em seu pintinho, que apesar de pequeno era muito duro. Metemos por uns vinte minutos, ate que Renata tirou meu pau de dentro dela e deitou sobre mim. Me beijava muito e sarrava aquele corpinho no meu. Parecia uma mulher. Aquele sarro estava me deixando doido e deixei rolar, e quando percebi, seu pintinho estava com a cabeça encostada no meu cu. Minha primeira reação foi de me desvencilhar, mas me rendi quando ela passou aquele gel geladinho em meu cu. Arrepiei dos pés à cabeça. Minha esposa brincava com meu cuzinho as vezes, mas aquilo era diferente. Renata colocou seu pintinho novamente na entradinha do meu cu. Foi deslizando devagar, ate o talo. Seu pinto era pequeno, tinha uns 13 cm, mas era muito duro. Meteu por uns dois minutos e gozei sem encostar no meu pau, em seguida senti um calor me inundando, era Renata gozando dentro de mim.
Era uma sensação maravilhosa, sentir a porra escorrendo pelo meu rabo. Renata se vestiu, e foi embora, me deixando com aquela vontade de quero mais, que vou revelar no próximo conto. Conto real.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario manosafo

manosafo Comentou em 22/05/2016

esses contos estão maravilhosos!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


80215 - Ensinando minha empregada- parte 1 - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
80245 - Ensinando minha empregada - parte 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico nicolashenrique21

Nome do conto:
Minha empregada e a travesti - parte 3

Codigo do conto:
83572

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
19/05/2016

Quant.de Votos:
12

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


casa dos contos eróticos de coroas maduros motoristacontos eróticos ilustradosconto com foto de entregador de gas comndo um gorotoveja sexo no carrocontos eroticos engravidando a loiraconto erotico eu casada deixei o primo do marido goza na minha bocaCravinhos porno fotosthiagoonoivocomtos erotico da novinha deu ocu proconto eroticos com padrastoconto erótico meu grlinho latejando de tesãoquadrinho erotico entao negra e mulata dando o cucontos eroticos de moz penis 30Cmadotada crescendo banho conto erótico contos de Cornos Syssi em FortalezaFodendo a forca bundona bojete sexo forteconto enrabada pelo negaoconto fudendo esposa no ano novo matando fantasiaContos eróticos trai meu marido e levei pica sem dó Eu e minha Amiga fomos fudidas pur um colega do meu irmo conto erotic conto erotico minha mulher minha mae e minha sograMinha namorada me comeu strapon contoscontos eroticos pai e filhinha dengosaconti erotico a massagista enfiou o dedo no meu cu e chupacontoseroticosvirgemcunhada abusada 2019 conto eroticolactofilia contos eróticosgordinha morta contos eroticoscontos de corno minha esposa me trocou por outroultimos conto sadoConto erotico perdi o meu cabacinho e me arrependi doeu demaismelhor dormindo eroticocontos de sexo com buceta timidacontos eroticos as amiguinhas da minha esposanao para corno to com tesaoconto erotico mostrando pau pra cobradoravídeo de pornô brasileiro eu levei meus amigos para bem minha casa eles acabaram comigo minha mulher gostosa com Deusporno conto erotico de mãe meu filho me fode e eu fijo dormiramigo do meu marido e maniaco contos eroticoo gringo e o favelado conto porno gayconto erótico Figueira chupar minha rola pela primeira vezcontos erotico tia mae e filho casetudo comedor pausudoa so de sungameu namorado me emtendeu contos eroticossabendo que minha empregada e entra dentro do quarto eu fiquei nu e de pica dura sexoConto comi velha rica cache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma cunhado cumedo a mulhe ia cunhadaconto erticos menina Larissa conto erótico sobre 69 entre gêmeos gays com fotosconto erotico gozei e depois limpei com a linguaconto erotico lesbianoconto eroticos gay dei meu cu a meu irmãocontos gay na roda de violafilha novinha do dono da fazenda olhando cavalo de pau duro no curraoporno pau vazando da bermudadark room pauzao grosso conto.gaycontoscasada com gueiporno filhinha padrasto Com peNsamentoS torridoscontos eróticos minha mãe e sua netasconto erotico desenhi despedidaContos eroticos com fotos de podolatria com a empregada dormindoconto erotico vizinha cinquentonaemrrabada na fasenda por papai contos eroticos de incestoconto erotico viado safado chora na piroca do coroa malvadaoContos erótico ano novo namoradovideos menina de pilano abucetarcontos eróticos de incestos com avó bebendo pora do neto coto erotico gay fui obrigado a fazer programa sexualsexo conto erotico ex namorada tenente iracontos eroticos minha mae de bikineConto erotico enteadaConto erotico sogra e sogrocontos eroticos de casais boqueteirosfui armá por meu padrasto sai de casa e acabei dando par ele incesto contos eróticoscontos de sexo em praia de nudismo com negaoconto erotico: moz nuaconto erotico namoradadesenho de padrasto pirocudo espiando a enteada dormindo comeuEstuprando mamae qudrinhocontossexonovinhascontos porno trios com csais bicontos eroticos "fudendo a paciente "2017ذات الرداء الأحمر سكسcontoerotico filihas sapecascontos eroticos de incesto pai encoxado a filha de shortinho curto atolado no raboContos eroticos avo e netaContos eróticos eu minha mulher e um velho contoconto incesto desabafo de uma mae capitulo xipênis grande no banheiroconto erótico réveillon com a mamãe e primaConto erotico mamando gravidaconto a xoxotinha da minha filhazoofiliabrasil.video/sexo-com-cachorro/mulher-fazendo-suruba-com-animal-no-meio-do-mato.htmlamigo negro do meu filho