Gorda adorava ser tratada como uma cadela



Ola, primeiramente vou me apresentar aqui no site, meu nome é Roberto tenho 30 anos, divorciado, moreno, de um pau bem grosso, lendo uns contos aqui a alguns meses, resolvi compartilhar minhas historias sexuais.

Essa historia aconteceu uns 3 anos atrás, eu era gerente de uma loja e ela atendente, nunca tinha conversado com ela até nos dois e mais um pessoal do trabalho irmos almoçar juntos, depois desse dia começamos a conversar, ela tinha 45 anos e era divorciada a bastante tempo, tem dois filhos adolescente. Essa mulher era gorda e só levei nosso relaçao a diante por causa dos peitoes dela que me excitavam. Em uma das nossas conversas ela tinha me dito para ir na casa dela para consertar a torneira da casa nova dela. Eu fui, chegando lá estavamos só, os filhos dela estavam em outro lugar, a vagabunda vestia uma camiseta regata que mostrava praticamente os peitos inteiros, aquilo já tinha me deixado louco, quando terminei o serviço conversamos um pouco e foi questão de tempo para comer ela naquele mesmo dia, percebi que ela estava querendo uma rola a bastante tempo e naquele dia tirei o atraso dela. A partir dai a gorda mandava os filhos para casa da mãe nos fins de semana só para dar pra mim que fazia questão de trata-la como uma puta e humilha-la na propria casa, estapeava a cara dela, cuspia nela, fazia andar de quatro, xingava, enfim, ela era a minha cadela e fazia questão de me agradar até colocou pircing no mamilo para me agradar, o lugar que ela mais adorava dar era nas camas dos filhos. Depois de algumas semanas em vez de nos encontrarmos na casa dela começamos a ir em moteis nos fins de semana e foi a partir dai que eu passei a comer somente o seu cú, todo fim de semana fazia ela voltar assada para casa, até hoje me pergunto se o seus filhos vendo ela chegar com o cu esfolado imaginavam que a mae era uma cadela. Já tinha acontecido varias vezes de ela chegar no serviço andando toda torta o melhor era ouvir as desculpas que ela dava. Sempre fiz questão de despresa-la e de faze-la lembrar que ela não passava de uma puta obesa e ela aceitava isso facilmente.

Teve um final de semana que a empresa deu uma festa e ela foi com seus filhos assim como os outros funcionarios levaram suas familias, eu observando ela de longe disse para ela me seguir, e assim ela fez, fomos para o fundo da loja, uma salinha minuscula no fim do corredor, nos trancamos lá e ela já veio chupando meu pau deixando todo babado como de costume, virei ela de costa pra mim e falei para ela abrir a bunda para comer o seu cu, ela começou a gritar quando a penetrei e mesmo que tivesse barulho da festa ainda tinha chance de nos ouvir então meti um tapa bem forte na cara gorda dela e ordenei ela para calar a boca, lembro dela me dizendo que não era para bater forte na cara dela pois iria deixar marcas, de proposito mandei mais uns tres bem mais forte que o primeiro na cara e falei pra ela que quem mandava ali era eu e que ela é apenas uma cadela gorda, comi o cu dela com força e gozei dentro do cu dela, ainda fiz ela ajoelhar e meti na boca dela como se fosse a buceta dela fazendo ela se babar inteira no vestido, quando fui gozar novamente esporrei em cima do seu vestido, ela ajeitou o vestido para sair da salinha, estava com a cara vermelha dos tapas, o vestido babado e cheio de porra marcando e o cu escorrendo gozo, dei somente o tempo de ela limpar a boca de baba e fui empurrando ela para fora da salinha, ela correu direto para o banheiro e eu voltei pra festa, passou uns minutos ela voltou arrumada mais o vestido estava manchado de porra e sua cara estava com uma leve vermelhidao, ela ficou pouco tempo na festa e foi embora.

Também teve uma vez que estavamos voltando do motel de madrugada a pé e perto da casa dela tinha uma construção, eu a levei para lá e fiz ela ficar de quatro na terra e comi seu cu lá, ela voltou pra casa cheia de terra no corpo e com porra escorrendo até o pé.

Comi ela mais algumas vezes mais sai do serviço para montar meu proprio negocio e são raras as vezes que falo com ela.

Essas fotos são as que eu achei perdidas no computador, eu tirava as fotos dizendo que iria espalhar na cidade para todo mundo ver a puta que ela é mais nunca espalhei.

Foto 1 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Foto 2 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Foto 3 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario helder

helder Comentou em 25/09/2016

gordelicia adoro gordas ainda mas as ben putas

foto perfil usuario paulopoa

paulopoa Comentou em 25/09/2016

cara que delicia de conto adorei as fotos dessa vagabunda espero ver novos contos seus com ela e novas fotos dessa putinha voto devidamente merecido

foto perfil usuario carlos cézar

carlos cézar Comentou em 25/09/2016

Votado, que gordinha gostosa, adoraria poder ter uma assim.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil roberto25
roberto25

Nome do conto:
Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Codigo do conto:
89565

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
24/09/2016

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


conto.erotico comi uma mulher toda tatuadaFotos arredou minha calcinha e me comeuseiren quadrinho eroticoCdzinha com história conto erotico cheio de tesaocontos eroticos filhinho inseminando a mamae enquanto pai dorme bebadoConto Erotico quadrinhohaaaa, que gostoso esse cúporno contos eroticos punheteirascontos eròticos sobre chantagemconto erotico com foto dividindo a esposa com amigo dotadocontos eroticos de cunhada fudendo com o tiomeu marido me ixibi pros estranhos contos efotosContos eroticos com fotos de podolatria com patroasconto erótico exibicionismocontos eroticos eu minha amiga e meu maridowww.contos eroticos quadrinhos eroticoshd.com.brmae do meu amigo nerd conto eroticoconto pornô de estrupro no consultório médicocontos comie o cuzinho.da novinha e ela me cagoContos.eroticos.minha.madrasta.bucetuda.e.peituda.dor.mindo.bebada.conto erotico roupa esposacdzinha bombomcontos gay infanciapaulocardosobroxa1966Filhos tarados fudendo maes porno em quadrinhoscontos gay gordinho obracapoeira com capoeira conto gayContos eroticos so gosto de fazer brocheContos dopei as gostosas da prefeitura e comi o cu delasSexo Eu meu marido e minha amigaQuadradinho eróticos pastorescontos pporno gay maconheirofamilia tradicional conto eroticoConto erotico primasedutoras e marrentas parte dozeconto erotico pai desviginando filhairmao gostoso conto erotico contos bucetinha pauzaovinte e dois anos gostosa peitinho pequeno bucetinha lisinha contos eroticosconcunhadacontoeroticomassagem erotica cunhada negra contosler contos de homens estrupando garotos a forçascontos eroticos lesbicas incesto primeira experienciacontos erotico chegou em casa escorrendo porra da perna mae viuContos eroticos fetichebati punheta pro meu filho contos eroticosContos d sex no restauranteO negro me estuprou conto gaypai e filho hentai gayaté que... num súbito segundo de orgasmo absoluto, César derrama em forma de líquido eeroticoitalocontos eroticos dei para os amigos de meu marido no jogo de baralhohistoria ti sogra transando com genrosexo com cartoonscontos eroticos eu dexei meu marido come nissa filhaconto erorico filha cuzinho chorou kagou no palcontos eróticos espiando minha esposa novinha em cacete GG parte 2conto erotico fudeno a baixinha gostosa chupeteira oficial contoscontos gay irmaos gemeosconto erotico rosecontos quadrinhos reaisContos sobre beijos e podolatriameninas novinhas dando a bucetinhas para seus pais e padrastos estruparen elasObrigeui mey filho me come conto eroticocontos erôticos chantagiadas pelos proprio filhosimagenrs+atrevidas++srxo+petsonasPepeca da minha vizinhaDei o cu primeira vez e chorei conto gay com fotoquadrinhos idosas no cio lesbos