Gorda adorava ser tratada como uma cadela



Ola, primeiramente vou me apresentar aqui no site, meu nome é Roberto tenho 30 anos, divorciado, moreno, de um pau bem grosso, lendo uns contos aqui a alguns meses, resolvi compartilhar minhas historias sexuais.

Essa historia aconteceu uns 3 anos atrás, eu era gerente de uma loja e ela atendente, nunca tinha conversado com ela até nos dois e mais um pessoal do trabalho irmos almoçar juntos, depois desse dia começamos a conversar, ela tinha 45 anos e era divorciada a bastante tempo, tem dois filhos adolescente. Essa mulher era gorda e só levei nosso relaçao a diante por causa dos peitoes dela que me excitavam. Em uma das nossas conversas ela tinha me dito para ir na casa dela para consertar a torneira da casa nova dela. Eu fui, chegando lá estavamos só, os filhos dela estavam em outro lugar, a vagabunda vestia uma camiseta regata que mostrava praticamente os peitos inteiros, aquilo já tinha me deixado louco, quando terminei o serviço conversamos um pouco e foi questão de tempo para comer ela naquele mesmo dia, percebi que ela estava querendo uma rola a bastante tempo e naquele dia tirei o atraso dela. A partir dai a gorda mandava os filhos para casa da mãe nos fins de semana só para dar pra mim que fazia questão de trata-la como uma puta e humilha-la na propria casa, estapeava a cara dela, cuspia nela, fazia andar de quatro, xingava, enfim, ela era a minha cadela e fazia questão de me agradar até colocou pircing no mamilo para me agradar, o lugar que ela mais adorava dar era nas camas dos filhos. Depois de algumas semanas em vez de nos encontrarmos na casa dela começamos a ir em moteis nos fins de semana e foi a partir dai que eu passei a comer somente o seu cú, todo fim de semana fazia ela voltar assada para casa, até hoje me pergunto se o seus filhos vendo ela chegar com o cu esfolado imaginavam que a mae era uma cadela. Já tinha acontecido varias vezes de ela chegar no serviço andando toda torta o melhor era ouvir as desculpas que ela dava. Sempre fiz questão de despresa-la e de faze-la lembrar que ela não passava de uma puta obesa e ela aceitava isso facilmente.

Teve um final de semana que a empresa deu uma festa e ela foi com seus filhos assim como os outros funcionarios levaram suas familias, eu observando ela de longe disse para ela me seguir, e assim ela fez, fomos para o fundo da loja, uma salinha minuscula no fim do corredor, nos trancamos lá e ela já veio chupando meu pau deixando todo babado como de costume, virei ela de costa pra mim e falei para ela abrir a bunda para comer o seu cu, ela começou a gritar quando a penetrei e mesmo que tivesse barulho da festa ainda tinha chance de nos ouvir então meti um tapa bem forte na cara gorda dela e ordenei ela para calar a boca, lembro dela me dizendo que não era para bater forte na cara dela pois iria deixar marcas, de proposito mandei mais uns tres bem mais forte que o primeiro na cara e falei pra ela que quem mandava ali era eu e que ela é apenas uma cadela gorda, comi o cu dela com força e gozei dentro do cu dela, ainda fiz ela ajoelhar e meti na boca dela como se fosse a buceta dela fazendo ela se babar inteira no vestido, quando fui gozar novamente esporrei em cima do seu vestido, ela ajeitou o vestido para sair da salinha, estava com a cara vermelha dos tapas, o vestido babado e cheio de porra marcando e o cu escorrendo gozo, dei somente o tempo de ela limpar a boca de baba e fui empurrando ela para fora da salinha, ela correu direto para o banheiro e eu voltei pra festa, passou uns minutos ela voltou arrumada mais o vestido estava manchado de porra e sua cara estava com uma leve vermelhidao, ela ficou pouco tempo na festa e foi embora.

Também teve uma vez que estavamos voltando do motel de madrugada a pé e perto da casa dela tinha uma construção, eu a levei para lá e fiz ela ficar de quatro na terra e comi seu cu lá, ela voltou pra casa cheia de terra no corpo e com porra escorrendo até o pé.

Comi ela mais algumas vezes mais sai do serviço para montar meu proprio negocio e são raras as vezes que falo com ela.

Essas fotos são as que eu achei perdidas no computador, eu tirava as fotos dizendo que iria espalhar na cidade para todo mundo ver a puta que ela é mais nunca espalhei.

Foto 1 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Foto 2 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Foto 3 do Conto erotico: Gorda adorava ser tratada como uma cadela


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario helder

helder Comentou em 25/09/2016

gordelicia adoro gordas ainda mas as ben putas

foto perfil usuario paulopoa

paulopoa Comentou em 25/09/2016

cara que delicia de conto adorei as fotos dessa vagabunda espero ver novos contos seus com ela e novas fotos dessa putinha voto devidamente merecido

foto perfil usuario carlos cézar

carlos cézar Comentou em 25/09/2016

Votado, que gordinha gostosa, adoraria poder ter uma assim.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil roberto25
roberto25

Nome do conto:
Gorda adorava ser tratada como uma cadela

Codigo do conto:
89565

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
24/09/2016

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


vidiu meninas qui viumara iscomdido sexoQuadrinho erotico familia favelaver vídeo pornô gay gay hétero tirando a virgindade do seu cunhadinho a forçaaluno mala novin comeu minha muie que e sua professora contos eroticoscontos eróticos minha mãe fez um festa de máscara em famíliaContos eróticos de menininhas inocentes com tios fazendo incestoscontos eróticos brasileiro passando potretor num travesti na praiavidio porno mãe comtezam manda o fillo come o cu e grita de dorEu fui levar minha sobrinha no meu carro n cs del minha sobrinh disse tio me leva pro motel conto eróticoconto erotico chantagemcontos eroticos mim dopou e mim levou pro cabareconto buceta filhachefe chantagem grita dor conto eróticovi o pau do meu paisaiu sangue da buceta da minha namorada quando nos estavamos trazandocontos de incesto iniciandocontos eroticos meu pai na piscina comigo na infançiaconto erótico gay meu primeiro dp analcontos uma esposa safadaconto foder caralho pequenotio tarado pega enteadanuacontos de incesto proibido sogracontos eroticos a filha do patrao e os peoessenti aquele pauzao inchar derramando muita porra dentro da minha bucetafotoamadora relato erotico de mulher 2017Ver fotos de buce tas 2contos eroticos 8aninhosprovocando o sindicogozando pelo cu conto eroticocontos eroticos amigos do meu maridocontos gay de sendo arrombado por um garoto negro de ruavirei femeacontos eroticos novinha espiando seus tios transaremhentai 3Dconto erotico promotora gostosaconto erotico gey com foto o pedreiro negãocomeu meu cuzinhoConto erótico ganhei um cucontos dona rose concunhadacontoeroticocontos veridico incesto eu e minha esposa e meu irmao fodendo e bem dotadofilme porno gay seduzindo o . pedreiro mundo bichavideo porno negao enpura arola na novinha ante ela tremercontos minha irmazinha punheteirawww.contos depois de casado virei femeaQuadrinho de porno de estuprofodendo vizinha casadaTirando a virgindade história em quadrinhocontos eroticos gay meu pai de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscomendo minha colega de escola quadrinhosconto incesto desabafo de uma mae capitulo xiconto erotico meu tio safadocontos eroticos novinha rabuda sonha com medingo fudendo ela e ela procura um medingo pauzudo na ruaconto erotico com fotos/ rabo da maecontoeroticodfnovinho fazendo sexo com barbeiro contos gayconto wrotico de casada rabuda porno perdendo o cabasofui bem comida pelo meu motorista meu marido sabe que ele tem me comido ja a anos e ate tenho três filho com ele porno contoConto erotico esposa e o.negãoconto Vontade de ser corno com o meu amigo!Contos eróticos violei minha ex namoradafui a coelinha dos chefe dei o cu contos errroticostia carente conto eróticoconto erotico mulher ricaperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto eu hetero tinha 18 anos o pedreiro me comeucontos erotics gay como me tornei gay e submisso meu primoFotos admiradores de coroas gays leitados Sexo com o pai conto erotecoConto meu filho não endurece o paucontos eroticomeu padrasto me cumeu na casa de praia na praia entiadahq sexo entre pai e filha / onde ela estácontos eróticos minha mulher pensa q eu na viporno minha madrasta toda gostosa. indo pra piscinae eu doido pra foder elanovinhas escancarando o bucetao de legcara observa a cunhada tomando banho e poem ela pra chupá seu paucontos eróticos a mulher do meu amigo se encantou com o tamanho do meu pauContos eroticos/minha sogra cavalaconto erotico meu primo e meu tio arregacaramcontos eróticos quadrinhoscontos eróticos pode ficar com raiva, vou te fuder do mesmo jeitocontos eróticos virgens fudedo com pausadomulheres bucetudas em fotos caseirascontos de bixinhas safadas peerdendo cabacoContos eróticos de orgias tripla penetraçao com os negaosdoce nanda conto eroticoContos eróticos de incesto ai mamae que chupetinha mais gostosa é essaContos de vasectomiacontos eroticos o coroa gay me fez comer ele Contos Heroticos Peladoconto erotico perdeu aposta no jogo e teve que chupar um pal e dar o cuzinhoconto erotico transparente cunhadacontos de cdzinhas na fazendamilftoon português brasileiropentelhudo conto gaycontos eroticos gemeas tomando leitinho do papaiezap de corno em friburgo