O Aluguel do Inquilino



Dois anos após meu casamento, passei por dificuldades financeiras. Então, como meu quintal tinha um grande espaço, decidi aproveitar algumas economias e fiz um pequeno puxadinho, com uma sala-cozinha e uma suíte. O objetivo era alugar o espaço e assim faturar uma grana extra.
Coloquei um anúncio e após algumas semanas um rapaz do interior me procurou para poder alugar. Ele era um carinha de vinte anos, que havia resolvido vir para a cidade procurar algo melhor e concluir os estudos. Tinha um corpo definido, os músculos do braço sempre ficavam marcando a camisa, vestia sempre uma calça mais apertada que deixava sua bunda ainda mais redonda e convidativa, tinha uns lábios carnudos e um sorriso que fazia meu coração e meu pau pulsar loucamente. Várias vezes o flagrei só de cueca pela janela da cozinha e não resistia e ia logo bater uma pensando naquele moreno delícia e sua bunda gostosa e naquele pacote...
O convívio foi bem até o final do quinto mês em que ele foi morar lá no nosso puxadinho. Minha esposa reclamava muito que ele estava com o aluguel do quinto mês atrasado, quando o do sexto mês já estava para vencer. Ele já havia pago o do quarto mês em atraso e isso para minha nulher era um verdadeiro incômodo. Além do fato de algumas vezes, ter flagrado ele se despedindo de alguma garota quando chegava do trabalho por volta das seis da noite. "Ele não está procurando emprego, não", dizia minha esposa.
Como minha mulher sai as seis da manhã para trabalhar e saio as dez ela exigiu que eu fosse até o puxadinho e cobrasse o aluguel do rapaz.
Esperei até ouvir alguma movimentação e por volta das sete, vi que ele saiu para colocar o lixo para fora. Quando vi que ele retornou para dentro, fui até o barraco, bati na porta e quase tive um troço: ele atendeu só de toalha, pelo jeito ia tomar banho. Antes de abrir a boca para falar alguma coisa, ele me convidou para entrar. Então, com um breve sorriso adentrei no barraco. Conversei com ele, mas não conseguia me concentrar direito. Enquanto ele me pedia desculpas, tentava se explicar, eu, disfarçadamente, só viajava naquele corpo delicioso.
Após termos chegado em um acordo, quando já ia abrindo a porta para sair, ele me chamou. Me virei, instantaneamente, e ele olhou nos meus olhos. Tomei um susto, ao perceber que o pau do cara estava endurecendo aos poucos. Foi quando de repente ele veio até mim, me agarrando, apertando meu corpo na porta e me dando um beijaço de tirar o fôlego. Sentir sua língua na minha, seu corpo roçando no meu, me deu tanto tesão que as minhas mãos só iam subindo e descendo por aquele corpo. Como ele ainda estava de toalha, minha mão direita desceu e pegou firme aquela bunda deliciosa. Eu a apertava sem parar. Ficamos ali, nessa sarração e beijo, durante um tempo. Até que ele se virou de costas, eu mordia a orelha dele, enquanto pegava naquele pau duro igual rocha. Ele gemia como louco.
Ele então se virou e tirou toda a minha roupa e ficamos os dois nus naquela sacanagem gostosa. Entao ele foi descendo e quando dei por mim estava recebendo uma das melhores mamadas que até então já havia tido. Fui ao delírio. Ele sabia muito bem o que fazer.
Após alguns minutos, ele veio até minha boca e pude sentir o sabor do meu pau em seus lábios. Quase engoli o cara de tanto tesão. Ele então se virou de costas novamente e com sua mão direita pegou meu pau e começou a pincelar seu rego com ele. O cara estava me deixando louco, eu não queria gozar rápido, mas aquilo estava me deixando incontrolável. Ele então direcionou a cabeça do meu pau em seu anus e aos poucos foi pressionando o rabo para trás. Esqueci de proteção, esqueci de tudo. Admito que a cabeça de baixo estava pensando sozinha. Quando dei por mim já estava dando altas bombadas no cara e ele gemia baixo e ofegante, o que me dava ainda mais tesão.
Ele me fez deitar no chão e sentou no meu pau rebolando deliciosamente. Se deitou e começou a me beijar, enquanto minhas mãos estavam em seu quadril e minhas estocadas ficaram mais frenéticas. De repente, senti um jato forte em minha barriga: ele havia gozado e isso foi a deixa para eu inundar aquele rabo gostoso com minha porra. Gozei fartamente e meu pau demorou muitos minutos para abaixar. Enquanto isso ficamos nos beijamos, aproveitando ainda mais aquele momento de prazer.
Ele ainda morou em nosso puxadinho por mais um ano e meio e todos os dias assim que minha mulher saía para o trabalho, fodíamos loucamente. Até hoje ela não sabe que eu era quem pagava o aluguel dele. E ele me pagava da melhor maneira possível.
Depois que ele se mudou perdemos contato, até um dia que recebi o convite do seu casamento...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario olavandre53

olavandre53 Comentou em 04/12/2019

Preciso de um inquilino assim. Bjs

foto perfil usuario carlaioba

carlaioba Comentou em 15/08/2017

Que maravilha! Conto votado

foto perfil usuario coroaaventura

coroaaventura Comentou em 07/05/2017

UMA DELÍCIA DE CONTO

foto perfil usuario gutoalex

gutoalex Comentou em 22/04/2017

Delícia eu queria ser seu inquilino

foto perfil usuario galudotesao

galudotesao Comentou em 22/04/2017

Que putaria gostosa cara.

foto perfil usuario oscar31

oscar31 Comentou em 22/04/2017

Cara que delicia queria achar um inquilino assim pra mim.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


99763 - Caso de Busão - Categoria: Gays - Votos: 27
99825 - O Tiozão - Categoria: Gays - Votos: 11
99887 - No Show de Axé - Categoria: Gays - Votos: 10
99957 - Outro caso de busão - Categoria: Gays - Votos: 11
100082 - Amigo da esposa - Categoria: Gays - Votos: 24
100315 - O Guardinha Municipal - Categoria: Gays - Votos: 22
100486 - O Sobrinho - Categoria: Gays - Votos: 20
100651 - O motorista do ônibus - Categoria: Gays - Votos: 18
100863 - Aliviando o patrão - Categoria: Gays - Votos: 18
101131 - O Cara do Bar - Categoria: Gays - Votos: 12
101400 - O filho da vizinha - Categoria: Gays - Votos: 19
101629 - Três no Vestiário - Categoria: Gays - Votos: 21
101934 - O Colega do Trabalho - Categoria: Gays - Votos: 13
102756 - O Guardinha Municipal - Primeira Vez - Categoria: Gays - Votos: 14
104126 - TESÃO GUARDADO I - Sonhos - Categoria: Gays - Votos: 1
104697 - O primeiro foi o marido da vizinha - Categoria: Gays - Votos: 5
107111 - O Namorado da minha Mãe - Categoria: Gays - Votos: 8

Ficha do conto

Foto Perfil cadunilo
cadunilo

Nome do conto:
O Aluguel do Inquilino

Codigo do conto:
99775

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
22/04/2017

Quant.de Votos:
34

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


contos eróticos casado sozinho com amigo gay deu gostosocontossexo menininhas na chuvaCasa dos contos cornos2017contos gay primo Abner[email protected]contos eroticos novinhos passando a rola nas coroasconto erótico ele enfiou a mão na minha buceta fiquei doloridacontos eroticos porno cu da noia de ruaconto erotico estudio fotografico do papaicontos eroticos ninfetinha de bikinicontos eroticos realizando putaria por dinheiroContos dei o cu para um roludocomic porn monsterconto erotico pai e filha no futebolnoivasputaultimos contos sadoContos eroticos duas irmas em apurosconto erotico. minha esposa gostosa fazendo top lesscontos gozei gostoso dando o cusededesexo pau na sogramaridinho bobinho contos eroticosa gp contocontos enrabei cunhada casada gorda,mas cuzudaa netinh na horta da pro vovo pornommconto erotico corno manso que adora obedecer au macho alfacontos erroticos de incertos filha amante do pai 2017conto o enfermeiro gaygosto de ser corno contossedutoras e marrentas parte dozecontos dei pro meu patrao do estagio gayfudendo cu dorprimo passando a mao no decote e chupando os peitosconto erotico tia vizinha de 50 anosviuva carente de rola gosando e rebolando muito gostosoQuadrinhos eroticos a Cu-invocante parte 14contos eroticos minha esposa e os amigos do condomíniocrentinha bunduda contosconto erotico gay viado submisso obrigado por seu dono a participar de orgiadeficirnti fotoconto erotico casada sem dinheirocontos eróticos irmã ballbustmae do meu amigo nerd conto eroticocontos eróticos lesbicos da eurapaconto eerotico menino colegaQuando do cu meu marido manda ele manda me chama puta cachorraconto quicando na rola do papaiConto erotico víadinhoquadradinhos erocticos mae de tesaoporn comic familyvovozinha safadihacontos eroticos primeira traicao esposacontos mamãe ensina filhas serem putinhasContos eroticos gays com peludocontos erot. fiz uma dp maravilhosacontos er noite friaconto erótico de marido que viu outro homem gozar dentro de sua esposatravestis pag25conto erotico travesticontos eroticos gay com vizinho casadoConto erotico nao falou nada pra proteger o maridocontos incertos tara por minha inteada cuzudaContos e foTos de calcinhas gozadas meladas mae filho filhalesbicas sexo triplodespejou tudo do saco na minha esposa contocontos eroticos de caras bêbados com garota de programaaj07 conto erótico contos eroticos chorei no cacete dele 1sedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosconto erotico meu irmao me coeContos eroticos avo e neta filmando com celularxvidio animadobuceta de cadelas ultimos contos sadozoofilia contos eroticosporno casadas dona emily quadrinhosminha nora gostosa1 conto erotico